Permitam-me, caros amigos leitores, dividir uma experiência pessoal.

Certa feita, em um começo de noite, aproveitando nosso deslocamento para as atividades do Centro Espírita em que militamos, nos dirigimos a um Hospital para visitarmos nossa genitora, que se encontrava internada para tratamento de infecção pulmonar.

O quarto hospitalar possuía acomodação para dois convalescentes, e dividia-o com nossa genitora uma senhora proveniente de uma pequena cidade próxima, o que dificultava o recebimento de visitas, deixando-a numa certa solidão afetiva.

Conversa vai, conversa vem, aquela senhora estava há alguns dias internada em situação indefinida quanto à eficácia do seu tratamento, e apresentava, na somatória geral, tristeza e apreensão diante da condição reinante.

Nossa genitora já havia antecipado à sua companheira de quarto sua fé religiosa, e assim que adentramos o aposento nos apresentou como filho trabalhador e divulgador espírita, e a partir daí tivemos a oportunidade de interagir com ela sendo muito bem acolhidos na questão religiosa.

Ao iniciarmos as despedidas para seguirmos rumo às atividades espíritas nos lembramos que portávamos, em nossa agenda manual, algumas mensagens espíritas, dessas que são distribuídas na entrada dos Centros Espíritas.

Escolhemos uma, a de maior proporção física, que trazia, como marca d’água, uma belíssima figura de Nosso Senhor Jesus Cristo, e a colocamos nas mãos daquela senhora pedindo a ela que meditasse na mensagem consoladora e incentivadora, e que tentasse elevar o nível de sua confiança na Providência Divina através da prece.

Despedimo-nos e saímos.

Qual não foi nossa surpresa, no dia seguinte, quando retornamos para ver nossa genitora, ao vermos que aquela senhora triste, acabrunhada, tivera alta logo pela manhã, em função do seu médico encontrá-la, quando de sua visita diária, animada e revigorada, prontamente restabelecida.

Nossa genitora informou que ela, quando saímos, ficou a admirar a figura meiga do Senhor Jesus enquanto lia a mensagem. Logo transformando-se em uma nova pessoa. Mudou o semblante e o comportamento, assumindo uma postura de confiança e alegria de viver, que foi suficiente para seu médico liberá-la para retornar ao lar.

Ficamos a pensar em como é possível alterarmos a vida das pessoas para melhor, e com muito pouco.

Pouco esforço, poucas palavras, pouco recurso material, pouco tempo desprendido.

É bem verdade que o inverso também pode ocorrer. Com muito pouco podemos tirar o chão das pessoas. Desanimá-las. Colocá-las para baixo.

Ficou a lição.

Tomara consigamos promover sempre o bem nas pessoas com as quais interagirmos, não nos esquecendo que em determinadas situações não é necessário nem mesmo o contato. Bastará o exemplo comportamental.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Exibições: 89

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

Artigos Espíritas

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Reflexão Biomédica na Quarta-Feira de Cinzas de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Carnaval. Atualidades psiquiátricas. Para as pessoas normais o carnaval é uma festa propícia à afetividade, pois permite e provoca uma saudável liberação de alegria e do bem estar.  Entretanto,…"
4 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento "Jesus e a Imortalidade da Alma" e Captação de Cartas Psicografadas com Nilton Sousa e com transmissão ao vivo de Carlos Pretti - SCEE
6 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento "Jesus e a Imortalidade da Alma" e Captação de Cartas Psicografadas com Nilton Sousa e com transmissão ao vivo de Carlos Pretti - SCEE
7 horas atrás
Ícone do perfilFábio Lavor Bezerra, Mauro Molina, Marcio Silva e mais 2 pessoas entraram em RAE
14 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
16 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog AMAS O BASTANTE/ de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“O amor resume a doutrina de Jesus toda inteira, visto que esse é o sentimento por excelência, e os sentimentos são os instintos elevados à altura do progresso feito. Em sua origem, o homem só tem instintos;…"
16 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

"Jesus e a Imortalidade da Alma" e Captação de Cartas Psicografadas com Nilton Sousa e com transmissão ao vivo em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

24 fevereiro 2020 de 9 a 17
"Jesus e a Imortalidade da Alma" e Captação de Cartas Psicografadas na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Será na próxima segunda-feira 24/02/2020 (segunda de carnaval), de 9 às 17h., com o professor, escritor e médium Nilton Sousa de Fortaliza-CE. Francisco Erionilton Ivo de Sousa, nascido em Fortaleza no dia 13/02/73, chamado Nilton Sousa, ou Niltinho.…Ver mais...
ontem
Ícone do perfilEva Aparecida Dias, Simone, Mariza e mais 9 pessoas entraram em RAE
ontem
Maria Ilma Batista curtiu a postagem no blog Carnaval - não há outra disposição que não seja o da abstinência espontânea do folguedo (Jorge Hessen) de os pae
sexta-feira
Maria Ilma Batista curtiu a postagem no blog Carnaval - não há outra disposição que não seja o da abstinência espontânea do folguedo (Jorge Hessen) de os pae
sexta-feira
Carlus Martel curtiram o evento LANÇAMENTO DO LIVRO SOBRE A SAGA ROUSTANGUIISTA de Carlus Martel
sexta-feira
Oscar Martins Rennó entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Artigos Espíritas

Grupo destinado a divulgação de ARTIGOS da DOUTRINA ESPÍRITA através dos nossos articulistas. Não são aceitas postagens de trechos de livros e outros textos.."Material postado nessa pagina tem autorização de seus autores para publicação na REDE AMIGO ESPÍRITA, a reprodução total ou parcial dos dados aqui publicados em outros veículos de mídia podem ser interpretados como violação de direitos autorais, e seus autores agirem conforme informa a lei"Ver mais...
sexta-feira
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão Quem são os mortos que devem enterrar os seus mortos? de Marco Túlio Ferreira Silva
quinta-feira
Joao Iudes Nodari curtiu a postagem no blog Comparação de PATRIZIA GARDONA
quinta-feira
Ori Pombal Franco curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Rogério Alencar de Carlos Pretti - SCEE
quinta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Rogério Alencar de Carlos Pretti - SCEE
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço