Comerciantes mirins, novas gerações e o mundo de regeneração (Jorge Hessen)

jorgehessen@gmail.com

Jorge Hessen

 

Novas gerações, velhas provocações diante dos atuais desafios da inteligência infanto-juvenil. Realmente observamos os pequenos (crianças e adolescentes) como exímios empreendedores que se sobressaem quais proeminentes alienígenas negociantes e habitantes da Terra.

São indicativos panoramas para uma Nova Era sob as ondas das informações ultrarrápidas e estímulos ao empreendedorismo, cujos efeitos são os surgimentos dos mirins fenomenais que nestes tempos de vida apressada hão faturado alto antes mesmo de completarem a maioridade. Quiçá estejamos diante do convite à solidariedade, inobstante o acúmulo de bens que paradoxalmente poderá diminuir a desigualdade das riquezas.

Além de Mikaila Ulmer, uma das empresárias mais jovens dos EUA , com a criação do BeeSweet Lemonade, comerciando 360 mil garrafas de sua limonada por ano em lojas sofisticadas, como a rede de supermercados Whole Foods, listamos aqui outros empreendedores mirins da Nova era .  É o caso de Pixies Bows , responsável pela loja virtual Pixies Bows, onde vende laços e tiaras, os dois acessórios mais marcantes de seu estilo. As peças estão à venda entre US$ 15 e US$ 24 (R$ 45 e R$ 72).

Lembramos de Charlis Crafty Kitchen de 8 anos que já virou uma celebridade na internet e fatura cerca de US$ 128 mil com vídeos em que ensina receitas. Outro fenômeno é o pequeno Evan que desde 2011 faz vídeos no YouTube. Atualmente, seu canal EvanTubeHD já tem mais de 1 bilhão de visualizações e 1,3 milhão de assinantes e fatura mais de US$ 1 milhão.

Outro exemplo é Rachel Zietz, de 18 anos que detém marca para vender equipamentos esportivos. A jovem lançou sua empresa, a Gladiator Lacrosse, e já faturou mais de 1 (um) milhão de dólares.

Noa Mintz tinha apenas 15 anos e já faturava cerca de US$ 500 mil por ano. Sua empresa cobra uma taxa de US$ 5 por serviço de baby-sitter arranjado e uma taxa de 15% sobre o primeiro salário das babás, que varia entre US$ 64 mil e US$ 100 mil por ano.

Seguramente teremos que aprender a conviver com a pós-modernidade considerando a presença do capital e o consumismo licenciosos, da difusão de conhecimento e tecnologia avançada apressando a automação da vida terrestre, da carência de valores morais, da extenuação dos sistemas de ideias, do desalento dos vínculos afetivos e do egocentrismo acentuado.

Eis aí algumas particularidades da Nova Era que ainda suscitam incertezas de um porvir de um planeta mais pacífico e  fraterno. Todas essas mudanças velozes de empreendimentos precoces e as crises presentes nas inquietas esferas sociais indiciam a (pré)construção do mundo de regeneração, que não poderá ser regido pelo convite  materialista ainda vigente em nosso atual estágio evolutivo.

A geração da Nova Era , encarnada ou em via de encarnar, neste período sensível de mudanças paradigmáticas , obviamente traz uma bagagem moral e intelectual  específica do mundo extrafísico  e tem ciência sobre a sua fascinante incumbência de tomar as rédeas desse patrimônio civilizacional em nome de um multiculturalismo econômico às vezes insano.

Sim, geração que deve estar comprometida com missões diferentes para o bem coletivo, com o desígnio de agenciar as transformações imprescindíveis que estão antevistas na Lei do Progresso.

Deste modo, não estamos diante de uma geração de seres perfeitos para gerar uma revolução prodigiosa na Terra, mas tão somente de Espíritos mais experientes nas diversas (re)encarnações terrestres que, mais perspicazes e ilustrados, esquadrinham um indulto na consciência com vista a edificação do amanhã brilhante, cientes de que, sem o enriquecimento moral por meio da observância da Lei de amor, justiça e caridade, será impraticável a concretização do mundo de regeneração.

Exibições: 112

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/har1ZCVdxs
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Vá aos encontros felizes" - Evangelho na Rede com Elisabete Azevedo: https://t.co/4aRQatELFP via @YouTube
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/HerVTKyPLb
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Vá aos encontros felizes" - Evangelho na Rede com Elisabete Azevedo: https://t.co/ysQQbbk8Jq via @YouTube
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Amor, alimento das almas - Artigo" : https://t.co/KiXP2iU3J0
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Desordens de comportamento e obsessão (Jorge Hessen)": https://t.co/xHqa7cSGmo
Twitter9 horas atrás · Responder · Retweet
Feeak Minas adicionou uma discussão ao grupo Artigos Espíritas
9 horas atrás
Posts no blog por Carlos Pointier
10 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/ikEQrgGaJX de Divaldo Pereira Franco em Fernandópolis-SP
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilGlaucia, Sérgio Luís Freire de Almeida, Angelita Aparecida Barroso e mais 1 pessoas entraram em RAE
10 horas atrás
ELIZABETH RUFINO curtiu o vídeo de Feeak Minas
19 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/sAHLPgdaw2
Twitter19 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/98WAAjZjrL
Twitter19 horas atrás · Responder · Retweet
ELIZABETH RUFINO curtiu o vídeo de Feeak Minas
21 horas atrás
ELIZABETH RUFINO curtiu o vídeo de Feeak Minas
21 horas atrás
ELIZABETH RUFINO curtiu o vídeo de Feeak Minas
22 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço