LIVRO: O CONSOLADOR - EMMANUEL

337- "Concilia-te depressa com o teu adversário." - essa é a palavra do Evangelho, mas se o adversário não estiver de acordo com o bom desejo de fraternidade, como efetuar semelhante conciliação?

R: Cumpra cada qual o seu dever evangélico, buscando o adversário para a reconciliação precisa, olvidando a ofensa recebida.  perseverando a atitude rancorosa daquele, seja a questão esquecida pela fraternidade sincera, porque o propósito de represália, em si mesmo, já constitui uma chaga viva para quantos o conservam no coração.

Pode-se afirmar a separação entre perdão e a conciliação, o perdão é uma das formas de libertação, tanto para si próprio como para a pessoa envolvida; entretanto, a conciliação é como uma relação de amizade, em que tudo apaga e esquece, porém precisa do perdão como o passo inicial e da compaixão, portanto, quem a pratica terá a compreensão de comportamentos anteriores sendo resultados da ignorância e das experiências iniciais do processo evolutivo, catalisando (atraindo) simpatia e saúde espiritual, sem esperar nada em troca, movimenta a fraternidade, entendimento e amizade.

É o ceder mútuo como acordo entre pessoas, exemplo disto é a famosa forma extrajudicial no mundo jurídico, nos dias atuais. Deixando passar o momento que gerou ressentimentos e ódios perturbadores com o perdão mútuo, cedendo lugar ao amor, antídoto de longa vida, restituindo as energias gastas e as esperanças fanadas, ou melhor, como Joanna de Ângelis afirma,“...é o momento de amor no desenvolvimento dos elevados valores da vida, o amor é conciliador, no entanto não se acumplicia com aquilo que é incorreto, estabelece a paz, auxiliando o incompreendido ou malsinado a conviver em harmonia com aquele que o infelicitou ou lhe gerou problemas, não os recordando, tampouco solicitando esclarecimentos e justificações, aliás, muito do agrado do egoísmo doentio, sabe onde parar, quando prosseguir e como fazê-lo...”, no livro Garimpo de Amor, capítulo 24.

Além disso, conciliação é tentar cativar mais um pouco a cada dia, conquistando um novo amigo, e não deixando para depois, porque mais tarde poderá ser pior, gerando a obsessão, sendo que a maior parte das ocorrências é motivada por vingança de espíritos que conhecemos nesta ou nas passadas, tanto na subjugação quanto na simples, como relata o capítulo XXIII, do Livro dos Médiuns, tendo antes a omissão da caridade e da indulgência ou fizemos mal, consciente ou não.

  • ·         exemplo da senhora que mancava- trabalhadora da casa com egoísmo e orgulho e do obsessor da época colonial que queria que ela pedisse perdão depois de ouvir a doutrina;

·      

Deus permite para que nós possamos aparar as arestas, reparando todo o mal contra o próximo, até o último dano causado por nós, sem que aquele que perdoou sofra qualquer vingança, como afirma o capítulo X do livro Evangelho Segundo o Espiritismo, item 5 6.

  • exemplo de Divaldo, que tinha um obsessor e que deixou o primeiro quando Divaldo acolheu a mãe do segundo e que estava deformada.

Jesus, nosso Mestre e Irmão Maior, pregava a paz no curso de todas as nossas existências, para que nós não perpetuemos mais as nossas discórdias, enquanto que fazia advertência consoladora diante da consciência individual, asseverando a conciliação, fazendo com que o amor impere diante dos sentimentos .

Fazendo a nossa parte, corrigindo os nossos erros, do passado e do atual, e persistindo na boa vontade com bondade e compreensão às faltas, alheias e as próprias, para que tenha julgamento legitimo, gerando o trabalho na harmonização, na paz e o perdão ao ofensor, desenvolvendo os elevados valores da vida, sem por manter apenas uma posição exterior, esperando com confiança a modificação moral do próximo, se o adversário desdenha os bons desejos.

  • ·         exemplo de Chico, e o cãozinho dele com a vizinha que envenenou o segundo com pena do Chico, causando tristeza nele, mas que ele retribuiu com o bem dando o que mais faltava a ela, máquina de costura, por sugestão de Emmanuel.

 Mensagens Relacionadas:

Esquece

Pelo Espírito Scheilla

 Se desejas a paz de consciência por princípio de felicidade, aprende a perdoar.

 Ressentimentos alimentados geram desequilíbrios espirituais e envenenam a organização física.

 O esquecimento da ofensa é como o rio que leva os detritos para longe, deixando pura a água onde saciamos a sede e nos revigoramos na harmonia.

Apaga da tua mente qualquer episódio menos feliz, superando-o com o esforço da vontade.

 Amanhã, surgirão novas oportunidades de progresso, e se estiveres atado ao ressentimento, não lograrás aproveitá-las.

 Segue de bem com a vida rogando ao Pai abençoe os que te ofenderam.

Lembra-te das vezes em que necessitamos do perdão alheio e oferece clemência ao agressor.

 Somos todos membros de uma só família, cuja base do progresso é a caridade, onde se inclui o perdão por regra de convivência saudável.

 

Pensar e Querer

Pelo Espírito Scheilla

O homem foi capaz de desenvolver sofisticados radares para detectar presenças estranhas a longa distância, mas ainda não conseguiu estabelecer um sistema de vigilância em torno da própria mente.

Todo pensamento estabelece uma sintonia.

 Pensando, a criatura interage sobre seus semelhantes, estabelecendo ligações, conforme o campo mental que a envolve.

 Se a situação é gerada por pensamentos infelizes, estabelecem-se as presenças indesejáveis, oriundas do plano extra físico, consolidando, assim, o início de processos obsessivos que poderão aprisionar a pessoa em dolorosos processos de subjugação.

Entretanto, cabe ressaltar que, entre a abordagem do pensamento infeliz e a sua aceitação em nosso campo mental, há uma distância a ser percorrida.

 No mundo, pensamentos infelizes nos ocorrem a todos.

 Cabe-nos, porém, a devida vigilância para rebatê-los com o escudo do bom senso, a fim de que nossa vida interior se desenvolva em bases de equilíbrio desejável.

Pensa com amor e a luz do teu pensamento te iluminará por dentro.

 

Vigia Teus Pensamentos (Pelo Espírito Scheilla)

Grande parte dos casos de obsessão espiritual se estabelece a partir do baixo padrão vibratório da criatura encarnada.

Ódio, ressentimento, rancor, orgulho, mágoa são estados psicológicos que dão às entidades perseguidoras o sinal para avançarem.

Tais Espíritos espreitam sua vítima, à espera do melhor momento para agirem.

Sempre que tais pensamentos te chegarem à mente, busca refúgio na prece.

Eleva-te a Deus, a fim de que os canais de sintonia que te ligam a entidades perseguidoras sejam desfeitos com a força do Bem, que pode brotar dentro de ti mesmo.

Vigia teus pensamentos.

Ora ao Pai.

Dedica-te ao Bem.

Assim agindo, estarás te colocando a salvo das investidas inferiores e te aproximando das esferas elevadas, cujos eflúvios te garantirão a paz interior.

 

Sinais de Alarme

Há dez sinais vermelhos, no caminho da experiência, indicando queda provável na obsessão:

 

      quando entramos na faixa da impaciência;

 

      quando acreditamos que a nossa dor é a maior;

 

      quando passamos a ver ingratidão nos amigos;

 

      quando imaginamos maldade nas atitudes dos companheiros;

 

      quando comentamos o lado menos feliz dessa ou daquela pessoa;

 

      quando reclamamos apreço e reconhecimento;

 

      quando supomos que o nosso trabalho está sendo excessivo;

 

      quando passamos o dia a exigir esforço alheio, sem prestar o mais leve serviço;

 

      quando pretendemos fugir de nós mesmos, através do álcool ou do entorpecente;

 

      quando julgamos que o dever é apenas dos outros.

 

Toda vez que um desses sinais venha a surgir no trânsito de nossas idéias, a Lei Divina está presente, recomendando-nos a prudência de amparar-nos no socorro da prece ou na luz do discernimento.

Scheilla.

Da obra: Ideal Espírita.

 

Se te propões ao convívio mais direto com as criaturas queridas domiciliadas no Mais Além, oferta a elas os teus braços a serviço da fraternidade e do entendimento.

 

Bezerra de Menezes

Exibições: 561

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Últimas atividades

Virgilio Augusto Esteves curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"1 - Não escolhemos ser tão profundamente ignorantes. Isso foi consequência da opção pelo egoísmo e não uma escolha direta. 2 - A perfeita sabedoria jamais cria a ignorância. Somente um grande…"
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"O Ego."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"De jeito nenhum."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"1 - Erra porque é livre, caso não fosse não erraria. 2 - Não é livre de quê e sim para quê. Não distorça o sentido. 3 - Examente por isso...Por se tornar egoísta."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Nasa estuda a aura de Chico Xavier.(LENDA URBANA) de Francisco Amado
"Não."
1 hora atrás
luis conforti junior respondeu à discussão Nasa estuda a aura de Chico Xavier.(LENDA URBANA) de Francisco Amado
"E logo, sendo, segundo vc  concordou com um "sim", sendo Deus o construtor das desigualdades entre os homens, é ele o responsável pelas misérias e farturas, pelas alegrias e tristezas, pelos pensamentos,…"
1 hora atrás
luis conforti junior respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Mas, se o ego, segundo o amigo, é livre, porq erra tanto? Ele é livre de quê, da sabedoria ou da ignorância? Pelo que o mundo nos mostra, o ego está algemado a ignorância, pois é ele q nos faz errar!"
1 hora atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Então, para o amigo, Paulo errou em seus ensinamentos!"
2 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Se o espírito não era ignorante, o q o fez se precipitar numa queda q o levou a misérias, tragédias e desgraças e, consequentemente, a sofrer tanto e tão desesperadamente, q milhões se suicidam devido…"
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
O Grão de Mostarda - Adriana Sarmento assista pelo youtube https://t.co/9Fl0Zpajhz https://t.co/IWLXhO6Tzl
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
O Livro dos Espíritos - Adauri Soprani assista no youtube https://t.co/MEfqHWZ2oz https://t.co/XkN3y08BOe
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Nadia Rosangela curtiu a postagem no blog “ENCONTRANDO ESPÍRITOS FAMILIARES DURANTE O SONO” de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
6 horas atrás
Nadia Rosangela curtiu a postagem no blog Charlatanismo, redes sociais e a fake new do além (Jorge Hessen) de os pae
6 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Quando Um não Quer, Dois não Brigam" : https://t.co/zRQriAZry0
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Quando Um não Quer, Dois não Brigam

Quando Um não Quer, Dois não BrigamDurante o embarque de passageiros em rodoviária de uma conhecida cidade brasileira, presenciamos um fato no interior do ônibus que nos chamou a atenção.Um senhor, aparentemente de meia idade, adentrou o veículo e assumiu, depois de conferir, a poltrona indicada em seu bilhete. Passados alguns minutos, um outro senhor, com idade aparente…Ver mais...
7 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"A felicidade não é desse mundo" - Evangelho na Rede com Americo Nunes Neto assista pelo youtube… https://t.co/vVxW8aztSR
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
O anjo do abismo - (145) Apocalipse / Carlos Alberto Braga assista pelo youtube https://t.co/W123cwdVSJ https://t.co/CwO3Yf59pz
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Celso Leonardo comentou a postagem no blog POLÊMICA RELIGIOSA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
""Enquanto muitos polemizam a respeito do bem a ser feito, o mal continua se propagando e fazendo milhares de vítimas no mundo todo."   E quanto a passagem do E.S.E. Capítulo X, item 13 " A censura de conduta…"
12 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço