Consciência , disciplina e livre arbítrio (Jorge Hessen)

Jorge Hessen
jorgehessen@gmail.com 
Se compreendêssemos melhor os mecanismos das Leis divinas, que não estão contidas nos livros nem nas instituições religiosas, mas na própria consciência, evitaríamos infortúnios, ambições e desonras que definitivamente não estariam em nosso roteiro. Precisamos refletir as Leis de Deus, a fim de nos conscientizarmos sobre seus mecanismos, que desfecha tanto reparações (reeducações), quanto bonificações surpreendentes, sempre justas, judiciosas e controladas pela própria consciência autônoma (livre arbítrio), as quais expressam a resposta da Natureza, ou da Criação, contra a desarmonia constituída ou submissões aos códigos divinos inscritos na consciência do homem em seus suaves aspectos.
Nos estatutos de Deus não há espaço para “punições”. Ninguém está sujeito ao império estranho do “castigo”, pois este também não existe. Os altivos regulamentos do Criador, que estão inscritos na própria consciência, demonstram que a semeadura rende sempre conforme os propósitos do semeador. Ora, em verdade, a cada um a vida responde conforme seus esforços ou não de autoaperfeçoamento moral; portanto, não há exceções para ninguém. Por essa razão, fazer o bem determina o bem; demorar-se no mal gera a aflição. Por isso, importa a disciplina individual e coletiva, tão necessárias ao equilíbrio e harmonia da Humanidade.
O principal meio de modificar para melhor o resultado das nossas ações reside no controle das nossas vontades, pensamentos, palavras e ações, pois à medida que nos conhecemos melhor, reduziremos ou modificaremos as desarmonias de consciência e seremos mais independentes para decidir sobre nosso destino.
Após a desencarnação permanecem os resultados de todas as imperfeições que não conseguimos melhor graduar na vida física. A Lei divina da consciência sobre si mesmo institui que felicidade e desdita sejam reflexos naturais do grau de pureza ou impureza de cada um. A maior felicidade reflete a harmonia com essas leis, enquanto a desatenção aos próprios desejos causa sofrimento e privação de alegria. Portanto, todo crescimento moral alcançado é fonte de gozo e atenuante de sofrimentos.
Toda imperfeição, assim como toda falta dela decorrente, traz consigo o próprio sofrimento, inerente natural e inevitável da Lei “interna”. Assim, a moléstia retifica os excessos e da ociosidade nasce o tédio, sem que haja imposição externa de “punição” ou condenação especial para cada falta ou indivíduo.

Exibições: 208

Comentar

Você precisa ser um membro de REDE AMIGO ESPÍRITA para adicionar comentários!

Entrar em REDE AMIGO ESPÍRITA

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Euclides respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
40 minutos atrás
Euclides curtiram o evento “Meu Grande Amor”, com Dr. Luiz Humberto Dutra ao vivo pela RAE de Carlos Pretti - SCEE
45 minutos atrás
Mozart Nunes Pereira Sobrinho curtiu o vídeo de Mozart Nunes Pereira Sobrinho
1 hora atrás
Mozart Nunes Pereira Sobrinho curtiu o vídeo de Mozart Nunes Pereira Sobrinho
1 hora atrás
Sheila Maria Rangel Marques comentou o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
Sheila Maria Rangel Marques curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
Ícone do perfil via Twitter
"O Bem Sofrer e o Mal Sofrer" - Jussemar Roce Rios - Programa Momento Espírita: https://t.co/2WU59eGKr7 via @YouTube
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Sheila Maria Rangel Marques curtiu o vídeo de Amigo Espírita
2 horas atrás
Sheila Maria Rangel Marques comentou o vídeo de Amigo Espírita
2 horas atrás
aurelio de oliveira freitas comentou a página Canal 7 de Amigo Espírita
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/jbnZVoh512
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilEvany Coelho Dutra, Vitória Regina Vieira, marcelhehe bisqui e mais 2 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
2 horas atrás
Diogo Correia Gonzaga deu um presente para Mari
3 horas atrás
Diogo Correia Gonzaga e Mari agora são amigos
3 horas atrás
NILO DAMASCENO REZENDE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
4 horas atrás
Auera do Rosario Neves curtiram o evento “Meu Grande Amor”, com Dr. Luiz Humberto Dutra ao vivo pela RAE de Carlos Pretti - SCEE
4 horas atrás
Ivete Ciscotto Silva comentou o vídeo de patricia007
6 horas atrás
Evany Coelho Dutra curtiram a página Canal 7 de Amigo Espírita
6 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/IshKPj0AGu: “Meu Grande Amor” com Dr. Luiz Humberto Dutra
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Anete Guimarães convida à inscrever-se no canal: https://t.co/OhlH5CIxGP via @YouTube
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço