Desencarnação de Stephen Hawking

Almir Del Prette/São Carlos/SEOB

Grande parte dos meios de comunicação noticiou, no dia 14 de março do ano em curso, o passamento do notável cientista, aos 76 anos de idade. Pode parecer estranho aos leitores deste instrumento de divulgação do movimento espírita, “O informando”, acostumados a leituras sobre os grandes vultos do espiritismo e conteúdos doutrinários espiritas, que nos ocupemos desse acontecimento. Afinal, trata-se de alguém que nunca explicitou de forma clara e inequívoca que aceitava a ideia de Deus. Isso tudo é verdadeiro, porém também é verdade que ele nunca se alinhou como militante de um movimento ateísta.


A vida desse cientista pende de maneira notável para uma atitude biófila e, mesmo em situação orgânica complicada, jamais perdeu a esperança e a perseverança de viver com toda plenitude que lhe era possível. O termo biofilia, aqui empregado, foi utilizado por Erich Fromm para se referir a pessoas que valorizam a vida em oposição à necrofilia que explicita tendência negativas e destrutivas. No primeiro caso temos a celebração da vida, a alegria, à sociabilidade. No segundo, o cultivo da tristeza, do isolamento e até mesmo o prazer pela dor.


Stephen superou inúmeras dificuldades a começar lutando com um diagnóstico de doença degenerativa, Esclerose lateral Amiotrófica (ELA), no final da adolescência, cujo prognóstico indicava perda gradual de movimentos e morte prematura. Entretanto, ele teve que se reinventar e afirmou em entrevista a BBC que sobreviver após os 21 anos de idade lhe soava como um bônus. Disse ainda compreender as pessoas que em situações semelhantes desejam a morte, mas que ele “gostava de viver e sentia que tinha muita coisa a fazer”. E de fato viveu intensamente!.

Costumeiramente podia ser visto na cidade de Cambridge, “pilotando” sua cadeira de rodas junto dos filhos... Além de pesquisar, dar aulas e proferir conferências encontrou tempo para participar de inúmeras outras atividades como de composições com Pink Floyd, por exemplo, keep tal king, da série cômica the big beng. theory, escreveu histórias infantis, por exemplo, “George e o segredo do universo” e popularizou a sua teoria de tempo e espaço com o livro “Breve História do Tempo”, com 10 milhões de exemplares vendidos no mundo. Sua contribuição à Física, a Astrofísica e Astronomia, o coloca junto aos grandes nomes como Newton e Einstein.
Se seu problema orgânico era prova ou expiação é uma especulação de nenhuma importância. Importa sim lhe enviarmos nossas melhores vibrações de paz e de breve refazimento com agradecimentos pelos exemplos marcantes que deixou para toda a humanidade
DE:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/MARCO/15-03-2018.htm

Exibições: 3284

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Edson Luís da Silva Macedo curtiram a página Regras de Publicação de Amigo Espírita
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"QUARENTENA. MORTE. SENTIDO DA VIDA.  Quem decidiu sobre nossa existência, sobre o seu valor? Qual o sentido do Universo e da existência humana? Que é o homem? O fato de ser portador de um diploma, de conhecimentos, leva o…"
sábado
Ícone do perfilAurora, Marco Túlio Brito e Eliana entraram em RAE
sábado
Ariel Ale Anjo curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Prêmio Nobel de Química diz que medidas de isolamento podem ter custado mais vidas do que salvo.  http://www.youtube.com/watch?v=0KfxOFsWwOk"
sexta-feira
Antonio Carlos G. Sarmento curtiram o perfil de Monica lucio
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Com precaução ninguém morre antes da hora. (1) A autópsia das pessoas que morreram em conexão com o coronavírus tinham pelo menos uma doença anterior. Todos eles teriam morrido no decorrer deste ano.…"
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
quinta-feira
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
quarta-feira
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço