DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL, PÁTRIA AMADA, BRASIL

 


(Alfredo  Zavatte)

No Brasil, teremos, neste ano, três importantes eventos, onde a população, como um todo, estará envolvida.

E não poderíamos deixar de mencioná-los.

O primeiro já aconteceu. Foi o Carnaval, festa popular, onde as pessoas dizem extravasar suas tristezas e amarguras. Mas, na quarta-feira de cinzas, tudo volta ao normal e aqueles que assim pensaram, descobrem que os problemas foram esquecidos apenas nesses três dias de folia e continuam os mesmos, apenas foram protelados e terão de ser encarados novamente, para serem resolvidos.

O segundo,  acabou de acontecer, foi a Copa do Mundo de Futebol de 2014, onde o mundo todo esteve com suas TVs ligadas, acompanhando os jogos, torcendo por seu país para a conquista da tão sonhada “taça”, pois, aquele que a detém, apresenta-se ao mundo como o melhor futebol. Será? Digo será, pois, nas finais e semi-finais, em caso de empate das duas equipes, há a prorrogação e, se o empate persistir, são os pênaltis que decidirão quem será o melhor.  É nesse momento que acontece o absurdo, pois uma equipe pode apresentar um belo espetáculo, com jogadas ensaiadas e toda uma preparação de quatro anos e acaba sendo vencida por três chutes. Assim, o jogador que for mais ardiloso, coloca a bola num canto, da mesma forma, o goleiro defende, e, embora solitário em todas as partidas, pode ganhar o jogo e (também )levar a taça para casa.

E o terceiro, é a eleição presidencial, que acontecerá em outubro, onde os brasileiros terão que escolher quem será o novo Presidente da República, com a responsabilidade de governar  o país por quatro anos.

Nesses  três  importantes  acontecimentos, o cidadão teria e terá a obrigação de mostrar respeito, seriedade, ética. Digo respeito, seriedade, ética, pois o custo com a coisa pública é imenso e quem paga, no final das contas, são aqueles que trabalham sério, pagando seus impostos , mantendo essa máquina funcionando. Ou seja, nada pode ser feito sem dinheiro e quem coloca a mão no bolso acaba sendo, sempre, o contribuinte.

Não basta somente o respeito ao dinheiro, mas é importante observar o aspecto social e humano de que o povo brasileiro tanto necessita e que estes sejam compatíveis, da mesma forma, como ocorre em outros países, que privilegiam a questão social e humana. Assim, tudo deverá ser feito com lisura  e  bom senso, para que não aconteça o “jeitinho brasileiro” e que uns sejam favorecidos e outros prejudicados.

Não estamos aqui fazendo apologia a esses  acontecimentos, nem tampouco deboche deles. O que desejamos é que seja dada a devida atenção a tudo aquilo que envolve os gastos do dinheiro alheio. Mas, apesar de tudo, não é possível ignorar a importância e a atenção de cada um deles.

O povo brasileiro traz em seu “DNA” o  carisma contagiante, recebendo com hospitalidade todos os visitantes, de todas as nações: europeus, norte-americanos, africanos, asiáticos, australianos, mexicanos, costa-riquenhos , equatorianos, hondurenhos, chilenos, uruguaios, colombianos, argentinos, toda a diversidade de bandeiras e cores, festas de torcidas, ou seja, a recepção calorosa que fez com que tudo se tornasse inesquecível,  para todos aqueles que passaram por aqui

A nação brasileira vive em situação precária em vários aspectos e, em eventos como esse, a grande massa de estrangeiros acaba por julgar nosso país como um habitat de  índios, favelados, mulatas , apesar de conhecerem muito bem a nossa abençoada Amazônia. Entretanto, pensam conhecer nossa Pátria apenas pelas  notícias distorcidas e outras nada otimistas, como se aqui só se encontrasse corrupção, crimes e desrespeito democrático.

Não podemos negar  que temos  problemas governamentais, escassez escolar e hospitalar, desemprego e violência. Entretanto, não adianta querer tapar o sol com a peneira, pois esta é a realidade que, lá fora, alguns projetam do Brasil. Mas existem, também, aqui nesta amada terra, milhões de cidadãos honrados, de jovens dignos que estudam para entrar nas universidades, nos institutos de tecnologia, e que buscam, de forma íntegra, um lugar ao sol. Há também idosos veneráveis e crianças geniais, estudiosos dos problemas humanos e lutadores que batalham por uma sociedade mais humana, mais justa e mais feliz.

Há aqueles que buscam a paz através da conciliação, da fraternidade, dos valores morais e éticos, socialmente importantes, em especial agora que nosso país(,) enfrenta crises políticas, econômicas e sociais, em quase todos os lugares.

Aqui também pode ser mostrado que é possível  brincar sem ofender, torcer sem brigar, que há a possibilidade de que todos possam participar no mundo. Homens, mulheres e crianças possam estar presentes sem que nada de mal lhes aconteça.

O mundo também pode conhecer o espírito cordial do povo brasileiro e todas as suas carências e suas alegrias, suas amarguras e sua cordialidade, as  crises e o pacifismo de um  povo gentil, embora (como sabemos) sabermos insatisfeito com a demanda social, com a falta da seriedade  e a corrupção que infestam a administração e o cenário político do nosso país, ainda jovem, e que muito tem a fazer e a mostrar, bastando, para isso, que todos ajam com honestidade.

Aqui,  toda a existência e abnegação de um povo sofrido se constituirá de uma série de relâmpagos luminosos, a banhar as faces dos fracos e dos oprimidos. Esta terra era desconhecida até o ano de 1500, e pelos patrícios portugueses, destacando-se a figura de Pero Vaz de Caminha, aqui chegando, escreveu ao Rei de Portugal, dizendo sobre esta terra maravilhosa: “aqui plantando tudo se dá”.  Assim, já não é uma terra  desconhecida e ignorada.

Esta é a terra onde o Mestre Divino conclama colaboradores para que a grande mensagem seja continuamente divulgada aos quatro cantos do mundo engrossem fileiras de  trabalhadores devotados à causa do Evangelho do Senhor. 

Jesus teve curto reinado aos olhos de muitos homens, porém permanece vivo aos olhos de muitos que continuam acreditando no que Ele disse: “tudo aquilo que eu faço, vós também podereis fazê-lo”. Esta ainda  será aquela que suportará a força ,das forças políticas, no curso dos séculos, até que o planeta possa atingir a perfeição moral. Esta ainda sofrerá com as armadilhas da  areia  movediça, instável ainda das convenções humanas, aspirando o ideal cristão, reconhecendo que o reino de Deus não é deste mundo, mas que poderemos iniciar a sua construção agora e já gozar dessa estabilidade moral e social de que carece o povo brasileiro. Esta é a terra, onde o homem, com sua esperança e seu exemplo, espiritualiza aquele que caminha ao seu lado e, juntos, espalharão, com seus labores e sacrifícios, as  sementes  produtivas na construção da sociedade ideal e merecida  a todos os trabalhadores, mesmo que sejam eles os de última hora. Assim, conhecedores dessa grande verdade, supliquemos a Jesus que derrame o orvalho de seu amor sobre todos os que aqui vivem.

Que falanges de espíritos abnegados possam, aliadas aos de boa vontade, construir uma sociedade ideal, voltadas ao bem-estar de um  povo,  reunir o material disperso e que a Pátria  ascenda, avulte e concentre suas forças e ideais ao bem do povo, irradiando a paz e a fraternidade, em cima de todas as tradições e todas as glórias do Brasil.

Esta é sim a Pátria amada Brasil, o Brasil coração do mundo e a Pátria do Evangelho.

Paz ao seu Espírito

Exibições: 133

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Então, chega para lá

Certa feita há muitos anos, conversávamos com uma das grandes figuras femininas do movimento espírita da cidade de São…Ver mais...
3 horas atrás
Hilton Cesar respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
"Médiuns somente os são, os que possuem a faculdade de sentir a influência do mundo espiritual, de forma nítida e ostensiva. O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações…"
17 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
ontem
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
ontem
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
sábado
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
sexta-feira
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago
ANDREA REGINA DE SA curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
3 Ago
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Ao tentar processar o Porta dos Fundos, por retratar Jesus como um gay, igreja teve um prejuízo de R$ 82…"
1 Ago

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço