Como ser feliz se os problemas familiares nos impedem de amar os filhos, o cônjuge e outros membros da família?

Divaldo responde: Não há problema que nos impeça de amar. Exceto se nosso amor é muito frágil. Onde qualquer perturbação esfacela. Se nós vivemos numa família desestruturada, estamos numa prova. Aí é que nosso amor deve manter a sua legitimidade. Aí é que devemos experimentar o amor, exatamente onde ele é necessário. Quando eu li o livro “HÁ 2000 MIL ANOS” meditei no calvário de Lívia Lentulus, a mulher de Emmanuel, que na época chamava-se Públius Lentulus. Ela foi vítima de uma calúnia (traição) onde ele se afastou do leito conjugal por 25 anos. 

E ela, cristã, manteve a dignidade. Isso que é o cristianismo: ela nunca reclamou; nunca lhe perguntou “por que” e nunca o hostilizou. Mas ele, (apesar de não estar no livro), permitiu-se licenças com outras companhias (saía com outras mulheres). Mas ela manteve-se fiel até o dia que ela trocou de roupa com Ana, a escrava que estava presa no circo romano, e mandou que se fosse para morrer na arena no lugar da escrava para testemunhar Jesus. Públius estava sentado ao lado do imperador e quando as feras (leões) avançaram pela a arena ela olha para ele e ele a reconhece. 

Era tarde. Então, ele gastou alguns séculos para reconquistá-la renascendo após algumas provações. No livro “50 ANOS DEPOIS” ele narra uma; em “AVE-CRISTO” ele narra outra; depois em “RENÚNCIA”; até quando ele reencarna no Brasil como Manuel da Nóbrega. E na Bahia, ao lado de Anchieta ele dá a vida pelos povos silvícolas (os índios) e morre de beribéri para mais tarde assumir esta tarefa grandiosa do missionário do Evangelho. Ninguém desbravou o Evangelho com tanta beleza como Emmanuel pela psicografia do apóstolo Chico Xavier.

Um dia, Emmanuel contou a Chico Xavier que aos domingos ele reservava-se para visitar Lívia que estava num plano muito elevado e também para desintoxicar-se dos fluidos da Terra. Por que Lívia nunca mais reencarnou. Então, valeram os 25 anos. As nossas resistências são muito frágeis. Qualquer coisa nos desequilibra, mas a nossa fé deve ser robusta para nos tornar resistentes à todos os desafios e problemas.

Observação de Rudymara: Vemos muitos cristãos, mas poucas atitudes cristãs. No primeiro deslize do cônjuge ou de alguém de sua convivência “revida” ou “paga com a mesma moeda”. Isto não é uma atitude cristã. O Cristo pediu que perdoássemos sempre e o revide é sinal que ainda não aprendemos a perdoar. O Cristo também ensinou a dar a outra face quando alguém ferir uma delas, ou seja, quando alguém mostrar a face da violência, do orgulho ferido, da vaidade mesquinha, da promiscuidade, do vício, oferece-lhe a face da paz, da confiança no bem, da vitória do amor, do equilíbrio, da dignidade. O Cristo pediu que retribuíssemos o mal que nos fazem com o bem. Porque, um deslize perante as leis divinas pode acarretar séculos de reparação como aconteceu com Emmanuel.



Fonte: GRUPO DE ESTUDO ALLAN KARDEC

Exibições: 1696

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Adão de Araujo em 21 fevereiro 2018 às 8:43

Amor, sublime sentimento! Grato pela postagem Ana Maria. Muita paz.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/0YdItbPtyP
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
luis conforti junior comentou a postagem no blog Deus não pune, logo a nossa dor não é uma “reação” a nada (Jorge Hessen) de os pae
4 horas atrás
luis conforti junior comentou a postagem no blog Deus não pune, logo a nossa dor não é uma “reação” a nada (Jorge Hessen) de os pae
6 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
7 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Palestra do GEAM - Grupo Espírita de Assistência Mediúnica: https://t.co/SkQvVenpdG via @YouTube
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Raimundo Nonato Soares comentou a página Colabore com a Rede Amigo Espírita de Amigo Espírita
9 horas atrás
Celso Leonardo curtiu a postagem no blog Dos Desvios e das Distorções Doutrinárias – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
9 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/ydGbe8t0Oz
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/YcqT9C1838
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/Ir7Nv56gAU
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/wRU1B5G96T
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Rosana Andrade curtiu a postagem no blog MUDANÇA DE SEXO - Joanna de Ângelis de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
12 horas atrás
ARI DE SOUSA LIMA curtiu a postagem no blog Deus não pune, logo a nossa dor não é uma “reação” a nada (Jorge Hessen) de os pae
21 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog A Criança – Uma visão espírita de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
22 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/au78AtDgiq
Twitter23 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/EVuLoI04q2
Twitterontem · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço