FALANDO DE OBSESSÃO (29) - Mediunidade em crianças, o que fazer? Parte I

FALANDO DE OBSESSÃO (29)

Mediunidade em crianças, o que fazer?

Parte I

A criança merece um estudo à parte nesse tema que vamos desenvolver, uma vez que o reencarnante tem necessidade de acompanhamento constante dos pais, por se tratar de um espírito milenar. A família, como um todo, precisa estabelecer um ambiente tranquilo para que todos possam viver em harmonia com as leis divinas.

 

Não são raros os casos em que pais trazem seus filhos, ainda em idade infantil, à Casa Espírita, relatando sintomas como visão e comunicação com espíritos. 

Obviamente, um caso é diferente do outro, sendo necessária uma melhor observação para que se possa verificar o que está realmente acontecendo com aquela criança. É comum, e do conhecimento de todos, que as crianças têm amiguinhos espirituais e passam longas horas falando e brincando com eles.

 

Os pais sempre perguntam o que fazer quando a mediunidade se manifesta em crianças.

O Livro dos Médiuns, obra que todos os espíritas deveriam conhecer com mais profundidade, nos traz informações preciosas sobre esse assunto.

 

Nele, temos a orientação clara dos Espíritos Superiores a Allan Kardec, que diz que não se deve desenvolver a mediunidade em crianças, devido à fragilidade de seu organismo e à sua excessiva suscetibilidade, como a imaginação muito fértil. As crianças não possuem, ainda, bases sólidas do raciocínio para lidar com as manifestações mediúnicas, por isso não devem ser estimuladas a desenvolver essa faculdade.

Os pais devem esclarecer rapidamente e, superficialmente, evangelizar pois não podemos descartar a possibilidade de estarem sendo vítimas de uma obsessão.

 

Não podemos nos esquecer de que a idade cronológica da criança não é a mesma idade do espírito, que traz muitas memórias pretéritas.

 

É sabido que as crianças não vêm com manuais de instrução, elaborados com explicações  minuciosas de como funcionam e de como seus pais devem agir. Os filhos não nascem prontos.

 

Também não trazem certificado de garantia que possa ser apresentado em caso de algum defeito de fabricação.

A primeira coisa que temos que aprender com relação às crianças é de que elas não herdam características psicológicas, como inteligência, dotes artísticos, temperamento, bom ou mau gosto, simpatia ou antipatia, doçura ou agressividade. Cada indivíduo é único em sua estrutura psicológica, com sua personalidade, preferências e inclinações.

 

Diríamos que somente as características físicas são genéticas: os olhos, os cabelos, a cor da pele, a predisposição a certas enfermidades, enfim coisas dessa ordem.

 

Estamos falando apenas do aspecto material, imaginem os leitores sob o ponto de vista espiritual: quantas nuances não devem ser consideradas para essa avaliação.

 

Convém lembrarmos de que não somos um corpo físico passando por uma experiência espiritual, mas um espírito passando por uma experiência no corpo físico. Assim, esses pequeninos, espíritos já embalados no corpo físico e gerados por nós, já têm um passado e uma história, eles já existiam e cada um tem sua própria biografia pessoal, trazendo vivências e experiências, aportando aqui em nosso planeta para reviver novas oportunidades. Uns trazem saldos positivos, outros negativos,  outros com muitos débitos pesados a ressarcir e, dentro desse contexto, muitos pais, por não entenderem a lei do retorno, ou causa e efeito, consideram essa criança como uma coitada, que já sofre desde pequena.

 

Ledo engano. Se esses pais tivessem um mínimo conhecimento das leis divinas e de que somos caminhantes no tempo, entenderiam, com maior facilidade, que todos somos devedores dessas leis, não importando a fase cronológica em que nos encontremos. As crianças são espíritos milenares como qualquer outro ser.

 

É necessário muita cautela no trabalho de “auxilio fraterno”, quando os pais vêm falar sobre os problemas de seus filhos. A criança pode estar passando por problemas obsessivos, o que merece toda atenção, para que possa ser tratada com muito cuidado, ainda maior em relação àquele dispensado a um adulto.

 

É muito simples de explicar como é esse “cuidado“ a que nos referimos.

 

A infância é muito propícia à assimilação dos princípios educativos até os sete anos. Nessa fase, o  Espírito se encontra em fase de adaptação para a nova existência, tanto no lar quanto na companhia daqueles com quem terá que conviver, não havendo, ainda, integração adequada e perfeita para essa nova existência.

 

Outro fator a ser considerado é a integração à nova matéria orgânica, com as recordações do plano espiritual que são, por si só, mais nítidas.

 

Será necessário renovar o caráter, os caminhos a serem estabelecidos e consolidar princípios de responsabilidades, além da possibilidade, também, do novo reencarnante nascer num lar onde antigas desavenças tenham que ser acertadas para a harmonia perfeita de todos que viverão sob o mesmo teto.

 

Desnecessário, porém importante frisar, que o equilíbrio dos pais, para formar esse convívio harmonioso, é extremamente necessário perante as Lei Divinas.

 

Paz a seu espírito.

(Continua na próxima Edição)

Exibições: 255

Comentar

Você precisa ser um membro de REDE AMIGO ESPÍRITA para adicionar comentários!

Entrar em REDE AMIGO ESPÍRITA

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Aline Esnarriaga e Fábio Lavor Bezerra agora são amigos
1 hora atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Pablo Júnior De Borba Velho Fern
4 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Rogério
4 horas atrás
Ícone do perfilRogério, Aline Esnarriaga, Pablo Júnior De Borba Velho Fern e mais 2 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
4 horas atrás
Amigo Espírita postou um vídeo

Seminário: Mediunidade e Obsessão com André Sobreiro

Seminário: Mediunidade e Obsessão com André Sobreiro transmitido ao vivo 20.05.2018 na SEAK - Sociedade Espírita Allan Kardec em Jales-SP. Obs: Proibida a có...
4 horas atrás
Elvira da Silva Ferreira e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
4 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/O8zdY2tlmO
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/5Gud85MPWd
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/U1PNqKATRF
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/W1kx7PqSKe"Perturbações Espirituais e seus Tratamentos" - Programa Momento
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
ANA MARIA TEODORO MASSUCI curtiu a postagem no blog Crueldade contra Animais – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
16 horas atrás
ANA MARIA TEODORO MASSUCI curtiu a postagem no blog INSTINTO E INTELIGÊNCIA de Nilton Cardoso Moreira
16 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog IMPRUDÊNCIA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
17 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog O CÂNCER - BREVES REFLEXÕES SOBRE O IMPACTO DO PENSAMENTO NO PROCESSO TERAPÊUTICO (Jorge Hessen) de os pae
17 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/LrbanbCFE4
Twitter18 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/02xuYdC4lU
Twitter18 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/X1d1HYAMO4
Twitter20 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/sHPin7DL5V
Twitter22 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/iHm5JEuk7F
Twitter22 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/DrtjtoV7rp
Twitterontem · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço