Toda vez em que se aborda o tema da reencarnação, os mais ferrenhos estudiosos dos Evangelhos, que se detêm na forma da mensagem antes que no seu conteúdo, opõem à necessidade do nascer de novo na carne, a que se referiu Jesus, a concessão da “graça”, como mecanismo de salvação, em decorrência da divina misericórdia do Pai.
A salvação pela graça, sem dúvida, constitui uma dádiva arbitrária, que viola as leis do equilíbrio universal, a uns beneficiando, em detrimento de outros, em flagrante injustiça por parte do Soberano Criador.
Igualmente, o conceito apresentado, em referência ao “ao sangue de Cristo” salvando as criaturas, deve ser entendido como a lição preciosa que o Mestre nos deu, demonstrando que, mesmo Ele, sendo puro, não se furtou ao holocausto da própria vida, num extremo ato de amor, a fim de que nos não evadamos à doação plena e total, quando chegado o momento do sacrifício pessoal.
Ensejar-se a um endividado revel a oportunidade de resgatar os débitos, constitui-lhe uma graça.
Conceder-se, ao trânsfuga do dever, o ensejo de reabilitação, torna-se para ele uma graça imerecida.
Facultar-se, ao enfermo, recursos de renovação e saúde é-lhe uma graça auspiciosa.
Proporcionar-lhe, ao delinqüente, o afastamento da sociedade, a reeducação e o retorno à comunidade, torna-se-lhe uma graça bendita.
Agraciar-se, porém, o agressor esquecendo-lhe a vítima é um ato de injustiça.
Liberar-se o algoz, sem facultar o mesmo a quem lhe padeceu a perversidade, faz-se uma forma de estimular o crime.
O amor e a justiça cooperam em favor da reabilitação do devedor, que libera a consciência da engrenagem do erro, encontrando a felicidade anelada.
O amor verdadeiro não beneficia uns, olvidando outros.
“Nenhuma das ovelhas que o Pai me confiou se perderá” – disse Jesus. Isto equivale a afirmar que todos se salvarão mediante as conquistas realizadas durante as sucessivas existências.
A reencarnação é a graça que o Pai concede aos que se comprazem no erro e na delinqüência, a fim de desfrutarem a salvação, essa conquista que nos cumpre lograr a esforço próprio e com sacrifício pessoal.
A vida é única, no seu processo de crescimento e perfeição, em que o berço e o túmulo representam portas de entrada e de saída para cada existência física.
A carne nasce, morre e renasce inúmeras vezes, inclusive numa mesma existência corporal, mas a vida não cessa nunca.
Utiliza-te, portanto, da concessão feliz dos renascimentos físicos, a fim de cresceres em direção ao bem e à liberdade que o Mestre te acena, enquanto te aguarda, reabilitando-te dos erros cometidos, evitando incidir em outros e edificando-te no bem para o bem de todos.
Livro: Oferenda – pelo espírito Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Pereira Franco

Exibições: 72

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

ASSISTA AO VIVO

Clique no título para acessar o vídeo

"Os Nossos Desafios" - Programa Momento Espírita com Luiz Carlos Borges

11/08 - 19:00 as 20:00h

Palestra: "Benefícios da água" - Márcia Guissi

11/08 - 19:30 as 21:00h

Artigos Espíritas

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se…

Reflexões sobre ações e críticas

            Você já se perguntou o que é a verdade? Jesus ao ser indagado por P Pilatos, na descrição do Evangelho segundo João, capítulo XVIII, respondeu com o maior silêncio que a humanidade já ouviu. Tenho me perguntado por que Ele adotou tal postura?   

            Neste…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Anália Franco-"A Grande Dama da Educação Brasileira". de Liudmila Carla Pinheiro
"Anália Franco. Gratidão O lar Anália Franco, Rio de Janeiro (1, 2) foi fundado em 22 de outubro de 1922. Em 2017 a direção programou o Seminário Anália Franco, o Evangelho Aplicado à…"
7 horas atrás
Armando Jorge Pereira Carvalho curtiram o perfil de Georgia
16 horas atrás
Sergio Bini curtiram a discussão Chorando para realizar de Maria Luci Sales Marques
16 horas atrás
Sergio Bini curtiram a discussão DIAS DE SOMBRA - JOANNA DE ÂNGELIS E DIVALDO PEREIRA FRANCO de Maria Luci Sales Marques
18 horas atrás
Ícone do perfilAna Mafalda Candy, Shirley Cristiane Amaral, Augusto Cesar Sousa e mais 3 pessoas entraram em RAE
ontem
Shirley Cristiane Amaral curtiu a postagem no blog SABER SOFRER - Richard Simonetti ::: de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Shirley Cristiane Amaral curtiu a postagem no blog SABER SOFRER - Richard Simonetti ::: de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Posts no blog por LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA

“Dia dos Pais”

Alguns podem pensar e admitir que a lei  é exageradamente generosa. (1) Tremembé, São Paulo, possui pais famosos. (2) Mesmo condenado pela Justiça após ter matado uma filha, o detento paradoxalmente poderá deixar a Penitenciária devido ao “benefício da saída temporária de Dias dos Pais”.“No projeto de lei anticrime, consta a vedação de saídas temporárias da prisão para condenados por crimes hediondos”. (3) O texto final poderá apresentar alterações advindas da Câmara dos deputados e do…Ver mais...
ontem
Elmira Vaz Malheiros comentou a página Colabore com a Rede Amigo Espírita de Amigo Espírita
"CANCELAR MEU NOME IMEDIATAMENTE. DESISTO DO RAE. obrigada !"
ontem
Fernanda de Moraes Cippiciani entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
ontem
Fernanda de Moraes Cippiciani curtiram o evento Joanna de Ângelis e Divaldo Franco de Amigo Espírita
ontem
Fernanda de Moraes Cippiciani curtiram o perfil de Fernanda de Moraes Cippiciani
ontem
Fernanda de Moraes Cippiciani curtiram o perfil de Fernanda de Moraes Cippiciani
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Ondas do Pensamento

A questão de número oitenta e oito de O Livro dos Espíritos nos esclarece que o Espírito pode ser comparado a um clarão, uma fagulha, uma centelha etérea.Na questão seguinte, oitenta e oito “a”, o Emérito Codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec, pergunta se o espírito tem cor, e a resposta dos Orientadores Espirituais diz que sim, e que essa cor pode variar do escuro…Ver mais...
domingo
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog O aforismo “Fora da caridade não há salvação” de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sábado
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sábado
Valéria Fernandes curtiu a postagem no blog SAIR PELA MESMA PORTA. SUPERSTIÇÕES. de Nilton Cardoso Moreira
sábado
Valéria Fernandes curtiu a postagem no blog FALANDO DE  OBSESSÃO 36 e 37 de Alfredo Zavatte
sábado
Valéria Fernandes comentou a postagem no blog FELIZ NATAL... de Maria Silvana da Silva Vieira
"O link para meu texto Neste Natal: https://losciganos.blogspot.com/search?q=Neste+Natal ; Agradeço se removê-lo imediatamente! "
sábado
Valéria Fernandes comentou a postagem no blog FELIZ NATAL... de Maria Silvana da Silva Vieira
"Olá Maria Silvana, boa noite! O texto "Neste Natal..." é de minha autoria, por gentileza, coloque meu nome e link que o direcione para o original. Caso prefira, delete, será melhor…"
sábado

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço