Somos atrelados ao tempo. O relógio, mesmo que não exista em nosso bolso ou pulso está presente em nosso biológico, e as pessoas mais disciplinadas até nem precisam dele para acordar-se pela manhã, pois no momento costumeiro estão prontas antes que desperte.

            Nosso horário na Terra obedece a parâmetros de acordo com cada região planetária, e o chefe de cada nação tem o poder de adiantar ou retardar o relógio, influenciando assim os seres vivos.

            Em alguns períodos tivemos horário de verão, e quem vive em regiões interioranas onde dispõe de criação de animais, procura sempre não diferenciar o horário em razão dos bichos uns estarem atrelados à contagem biológica e outros a luz solar. É comum notar-se que os pássaros, por exemplo, iniciam a cantoria logo que a luz do dia se apresenta, e recolhem-se ao cair da noite.

            O tempo também conta no plano espiritual, mas não segue o mesmo cronograma que o nosso. Apenas os benfeitores espirituais que desenvolvem atividades junto aos encarnados e que trabalham nas tarefas redentoras nos mesmos momentos, tem relação de horário, embora tenha alguns que tem também atividade durante a noite, quando procedem a esclarecimentos a nós quando estamos no desprendimento físico pelo sono, ou atuando também em cirurgias astrais e curas.

            Mas o horário da Terra embora seja fixado oficialmente pelo homem, somos manipulados pela espiritualidade quanto a acontecimentos que estão vinculados ao tempo de cada um, isto para que situações que devem acontecer, tanto boas como as desagradáveis, possa se concretizar no momento preciso.

            Muitas vezes não conseguimos entender o motivo pelo qual nos atrasamos em razão de pequenos acontecimentos. É uma chave que não achamos; um sapato que está em desacordo; uma visita inesperada; um problema no veículo; o ônibus que atrasa; um filho que tem súbito mal estar; o elevador que demora; o trânsito que flui mais demoradamente que outros dias, e assim por diante. Certamente essas demoras acontecem sem darmos causa.

            Às vezes vemos no noticiário alguns acontecimentos, como por exemplo, acidentes e que se estivéssemos no horário teríamos nos envolvido com grave ou não consequência. Quantos perecem pela chamada “bala perdida”, e dizemos que podia ter sido um de nós, pois que naquele horário normalmente passaríamos pelo local, e naquele dia exatamente nos atrasamos, ou uma obra que desaba e atinge a calçada por onde passamos regularmente.

            Dizemos que tudo está dentro de uma previsão de ocorrer, e embora tenhamos dificuldades em compreender estes acontecimentos, todas as situações estão ligadas a lei de causa e efeito, que faz parte da Justiça Divina, cuja razão encontra-se nesta ou em vidas pretéritas.

            Tenham todos muita energia nesta semana.

Exibições: 91

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão VIROSES - Conheça a melhor terapia para vencê-las por Divaldo Franco de Amigo Espírita no grupo Joanna de Ângelis e Divaldo Franco
"“PsicoImunologia”.  Soluções Mágicas e Problemas Psicológicos https://juli.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=7032117"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Então, chega para lá

Certa feita há muitos anos, conversávamos com uma das grandes figuras femininas do movimento espírita da cidade de São…Ver mais...
ontem
Hilton Cesar respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
"Médiuns somente os são, os que possuem a faculdade de sentir a influência do mundo espiritual, de forma nítida e ostensiva. O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações…"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
segunda-feira
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
segunda-feira
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
sábado
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
sexta-feira
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço