Sidney Fernandes | 1948@uol.com.br

Confundem-no com Kardec, pensam que ambos tinham a mesma idade, que um foi o professor e o outro o aluno, que viviam na mesma cidade e que seus contatos eram constantes.

Pensar que fossem a mesma pessoa deve-se aos nomes. Amélie-Gabrielle Boudet, a doce Gaby, esposa do Professor Hippolyte-Léon-Denizard Rivail — que assumiu o pseudônimo de Allan Kardec quando se tornou escritor espírita — chamava Rivail de Léon.

Aluno? Talvez discípulo. Segundo as palavras do próprio Denis, teria havido colaboração entre dois servos de uma única causa. Em seguida ele mesmo faz o reparo:

— Que estou dizendo, colaboração? É ainda melhor. É mais a comunhão de duas almas perseguindo um objetivo comum.

Eram contemporâneos? Não exatamente, pois Denis nasceu em 1846, em Foug, na região francesa da Lorena, a aproximadamente 400 quilômetros de Lyon, onde, como se sabe, nasceu em 1804, mas não morou Rivail, que estudou na Suíça e viveu até o fim da vida em Paris.

Denis conheceu o Espiritismo em 1864, portanto com pouco menos de vinte anos de idade e esteve com Kardec apenas três vezes: em Tours, em Benneval e em Paris, quando o visitou para ter conversas doutrinárias.

Em 1867 ocorreu um fato que chamou a atenção dos biógrafos: Kardec foi convidado a proferir em Tours uma palestra. Esta, contudo, não pôde ser realizada na sala de conferências alugada, em virtude de proibição do Segundo Império da França. Acabaram por reunir-se na casa de um amigo, sob a luz das estrelas. Léon Denis ficou encarregado de avisar os convidados do novo endereço da reunião. Espremidas no jardim do anfitrião, aproximadamente trezentas pessoas ficaram em pé, porém felizes, de poder ver e ouvir Allan Kardec.

No dia seguinte, quando Léon Denis voltou à mesma casa, presenciou uma cena bucólica, que atestou a coerência entre o que o codificador escrevia e pregava e a sua prática, sobretudo no âmbito familiar. Em pé sobre um pequeno banco, Rivail colhia cerejas e as entregava à esposa Gaby.

E quanto às posições social e financeira de Rivail e de Denis? Havia alguma semelhança? De forma alguma. Aproximar-se do Espiritismo, para o consagrado professor de Lyon, foi um péssimo negócio, sob o aspecto econômico. Se houvesse guardado prudente distância dos fenômenos espíritas e não se tivesse transformado na personagem de seu pseudônimo, Allan Kardec poderia ter vivido tranquilamente de seus ganhos como professor, tradutor e contabilista. Preferiu, entretanto, renunciar àqueles ganhos em prol de sua contribuição à humanidade como codificador do Espiritismo.

Já para Léon Denis, desde o nascimento sua vida foi pautada por enormes dificuldades financeiras. Por várias vezes precisou interromper os estudos, para auxiliar o pai. Ainda jovem, foi obrigado a assumir a responsabilidade da manutenção da família.

Não obstante, Léon Denis teve importância fundamental, ao lado de Alexandre e Gabriel Delanne — pai e filho — e de Amélie Boudet, ao resgatar o verdadeiro conteúdo do Espiritismo, através de palestras, distribuição gratuita de obras básicas e na manutenção do periódico Le Spiritisme, após o desencarne de Allan Kardec.

Léon Denis seguiu o caminho aberto por Allan Kardec e lutou com todas as suas forças para a continuidade da difusão da Doutrina Espírita, mesmo com as defecções e os problemas causados por alguns equivocados sucessores do codificador.

A exemplo do mestre lionês, Léon Denis sempre caminhou firmemente — mesmo com sérios problemas nos olhos, que culminaram com sua cegueira, ao final da vida —, sem desfalecer nem desanimar. A proteção e a assistência dos bons espíritos jamais lhe faltaram.

Diante de todas as dificuldades por que passou, muito semelhantes, em vários aspectos, às asperezas vividas por Allan Kardec e sua esposa Gaby, rendamos nosso respeito e homenagem a esse verdadeiro continuador da obra da codificação.

Exibições: 63

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

Douglas Alves Moreira curtiram a discussão FUNÇÃO DO DOUTRINADOR de Amigo Espírita
1 hora atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog ENCONTRAMOS EXPLICAÇÕES de Nilton Cardoso Moreira
4 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Postura Altamente Humanitária – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
4 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog Implicações da culpa (Jorge Hessen) de os pae
16 horas atrás
os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
16 horas atrás
Jacimara Vieira dos Santos curtiram a discussão Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação. de Wellington Balbo
19 horas atrás
Jacimara Vieira dos Santos curtiu a postagem no blog O MAU HUMOR MATINAL de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
19 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento “O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco de Carlos Pretti - SCEE
22 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco de Carlos Pretti - SCEE
23 horas atrás
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

ENCONTRAMOS EXPLICAÇÕES

           É comum para todos os eventos que acontecem em nossa vida querermos achar explicações. É da natureza humana o ato investigativo, pois que todos nós temos anseios de querer saber o motivo pelo qual determinado fato aconteceu, mesmo que o evento tenha sido com outra pessoa.           Existem situações na vida que embora procuremos esclarecimentos a respeito, não…Ver mais...
ontem
os pae curtiu a postagem no blog Implicações da culpa (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Postura Altamente Humanitária – Orson Peter Carrara

Toda cidade tem seu vulto histórico de destaque ou vários, a depender de sua história e origens no tempo. É comum que todos recordemos fatos da infância ou ainda que não tenhamos tido contato direto, até por questão cronológica, mas tenhamos conhecimento das ações e legado deixado por esses homens e mulheres que marcaram época, projetando suas ações no futuro.Vim de…Ver mais...
ontem
O evento de Carlos Pretti - SCEE foi destacado
Miniatura

“O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

22 setembro 2019 de 9 a 10:15
“O Talento Perdido!”, este será o tema da palestra do fotógrafo, pesquisador e orador espírita Rafael Brocco, de Colatina-ES, no próximo domingo 22 de setembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Rafael é um jovem talento da oratória espírita aqui de Colatina. Ele é evangelizador de juventude, estudante e trabalhador na área da…Ver mais...
ontem
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“O Talento Perdido!”, com Rafael Brocco em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

22 setembro 2019 de 9 a 10:15
“O Talento Perdido!”, este será o tema da palestra do fotógrafo, pesquisador e orador espírita Rafael Brocco, de Colatina-ES, no próximo domingo 22 de setembro de 2019, de 09 às 10h. da manhã, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Rafael é um jovem talento da oratória espírita aqui de Colatina. Ele é evangelizador de juventude, estudante e trabalhador na área da…Ver mais...
ontem
Posts no blog por os pae

Implicações da culpa (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília-DFMuitas crianças são induzidas a agir de forma sempre “correta”, conforme o padrão do seu meio ambiente, dos valores éticos, das pressões existentes. Quando a criança é obrigada a fazer as coisas dessa ou daquela maneira, todas as vezes que faz de forma diferente desenvolve a culpa. A…Ver mais...
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Procura-se urgentemente quem ouça. E ouça com atenção! de PATRIZIA GARDONA
sexta-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Dolorosa advertência de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O MAU HUMOR MATINAL de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
sexta-feira
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão O Homem que fizer estas coisas viverás por elas - Estudo (67) Cartas de Paulo de Feeak Minas
quinta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de luciane Duarte de souza
quarta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço