Queridos amigos de estudos doutrinários, Jesus começa sua mais famosa parábola dizendo que um homem descia de Jerusalém para Jericó?. Naturalmente, como em todas as parábolas, há um componente simbólico nesta construção, à espera de uma melhor compreensão por parte do exegeta das Escrituras Sagradas.

As cidades utilizadas e o movimento de descida não englobam dados apenas geográficos,  em que pese haver acentuado desnível entre elas – Jericó situa-se a cerca de 1200 metros abaixo de Jerusalém cumpridos em um trajeto de aproximadamente 27 quilômetros.

Uma boa parte dos intérpretes bíblicos cita a peculiaridade de Jerusalém ser a cidade santa dos judeus enquanto Jericó havia sido amaldiçoada por Josué?, de tal maneira que “descer de Jerusalém para Jericó” poderia significar ceder aos nossos impulsos mais primitivos em detrimento dos ideais espiritualizados.

Curioso notar, em que pese tal interpretação seja compreensível e aceitável, há um contrassenso doutrinário aí, pois que o movimento evolutivo do espírito se faz no sentido inverso ao do trajeto da parábola, ou seja, saímos da Jericó dos instintos animalizados e caminhamos na direção da Jerusalém da sublimação dos sentimentos espiritualizados, na poética definição de Lázaro?. Neste mesmo sentido nos informam os Espíritos da Codificação, quando afirmam que nenhum espírito é criado bom ou mau?, que todos se tornarão um dia perfeitos? mediante seu esforço pessoal? e que jamais degeneram ou retrogradam?, no máximo permanecem estacionários?.

Então ao dizer que um homem descia de uma posição mais espiritualizada para outra que lhe seria inferior, uma compreensão da figura parabólica mais condizente com o arcabouço filosófico-doutrinário talvez nos remeta ao entendimento da própria reencarnação! Sim, pois, ao reencarnamos saímos da Jerusalém do mundo espiritual para percorrer, mais uma vez, os caminhos e descaminhos da Jericó na carne, numa estrada perigosa e descensional em que nos sujeitamos aos assaltos e sobressaltos típicos de nossa própria e provisória inferioridade.

Em “queda” na carne, aí sim, assaltados e espancados pelos nossos instintos mais primitivos, corremos o risco de nos tornarmos como aquele homem que descia, ladeira abaixo, de Jerusalém para Jericó e que se vê, subitamente, despojado da própria identidade, deixado à beira da estrada inconsciente e semimorto, à espera de um representante legítimo de Deus que nos acolha e nos coloque de volta no bom caminho da Vida.

Paulo Lara

Bibliografia

1- A parábola do Bom Samaritano, Lucas 10, 30-35;

2- Josué 6,26

3- O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capt. XI, item 8;

4- O Livro dos Espíritos, questão 115;

5- Idem, questão 116;

6- Idem, questão 117;

7- Idem, questão 118;

8 – Idem, questão 178,a.

Originally posted 2017-10-06 08:40:08.

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Últimas atividades

Ícone do perfilJosé Leonil Marques da Silva, André Goes e Alexandre Guilherme Martins Soar entraram no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Artigos Espíritas

Grupo destinado a divulgação de ARTIGOS da DOUTRINA ESPÍRITA através dos nossos articulistas. Não são aceitas postagens de trechos de livros e outros textos.."Material postado nessa pagina tem autorização de seus autores para publicação na REDE AMIGO ESPÍRITA, a reprodução total ou parcial dos dados aqui publicados em outros veículos de mídia podem ser interpretados como violação de direitos autorais, e seus autores agirem conforme informa a lei"Ver mais...
11 horas atrás
José Leonil Marques da Silva respondeu à discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
"Excelente o artigo da culta Simoni Privato Goidanich. Porém, peço licença para acrescentar que, posteriormente, AK reconheceu ser médium intuitivo em nota ao artigo "Caracteres da Revelação…"
11 horas atrás
José Leonil Marques da Silva curtiram a discussão Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich de Amigo Espírita
11 horas atrás
Elciene Maria Tigre Galindo curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
13 horas atrás
Maria Isabel Januário curtiram o evento Músicas de Paz de EvandroOlivah
14 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
15 horas atrás
Ícone do perfilCassia Garcia, Décio Luiz Rosa Eugênio, Wendell Fridman de Vasconcelos e mais 13 pessoas entraram em RAE
16 horas atrás
Valéria curtiram o perfil de Valéria
18 horas atrás
Valéria curtiram o perfil de Maristela Santos
18 horas atrás
Valéria curtiram o perfil de Maristela Santos
18 horas atrás
Rafaela Bernardelli Penna curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
19 horas atrás
Rafaela Bernardelli Penna curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
19 horas atrás
José Leonil Marques da Silva curtiu a postagem no blog AURA E CLARIVIDÊNCIA de Suely dos Anjos
20 horas atrás
Sylia Rehder curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
20 horas atrás
Rosangela Silva curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
20 horas atrás
André Goes respondeu à discussão Kardec sofre... de Wellington Balbo no grupo Artigos Espíritas
"Faço das palavras de Allan Kardec as minhas palavras. Se temos o mesmo mestre e as mesmas diretrizes, por qual ou quais razões não nos entendemos? R= Porque continuam fazendo tudo diferente do que jesus fez. O primeiro erro foi…"
22 horas atrás
André Goes respondeu à discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo no grupo Artigos Espíritas
"Há muitas variáveis que estão fora deste contexto. Nem tudo é questão espiritual, mas sim da própria natureza. Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…"
23 horas atrás
José Leonil Marques da Silva curtiram a discussão Chico Xavier - O servidor de Feeak Minas
23 horas atrás
Josué Mattos curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
23 horas atrás
FLAVIO LUIZ FONSECA curtiram a discussão Por que nos sentimos mal em determinados ambientes? de Wellington Balbo
23 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço