Resultado de imagem para fotos de crianças abandonadas

Divaldo Franco conta a história de um garoto, que foi abandonado aos 6 meses de idade, na instituição Mansão do Caminho, onde ele dirige. Este garoto, aos 4 anos de idade, fazia faquinhas e ameaçava as voluntárias que ajudavam Divaldo a tomar conta das crianças. Ele dizia que queria enfiar a faca em alguém para sentir o sangue quente escorrer em suas mãos. Divaldo perguntava como ele sabia que o sangue era quente, e ele respondia que não sabia como, mas ele tinha certeza que era quente.

Quando este garoto completou 12 anos, as voluntárias que auxiliavam Divaldo tinham medo dele. Divaldo então, fez uma terapia de choque. Chamou o garoto e disse que ele teria que ir embora da instituição. O garoto assustou, pediu desculpas e prometeu não ameaçar mais. Estudou e foi evangelizado pela instituição espírita Mansão do Caminho.

Aos 18 anos, o menino pediu a emancipação. Divaldo disse:
- Dou sua emancipação com uma condição: quando você desejar matar alguém, você vem aqui e me mata.
- Mas, tio? - disse o garoto assustado.
- Sim, porque eu falhei. A sociedade me entregou você com 6 meses, a sociedade nos dá tudo, você não tem nada contra a sociedade, espero, porque a sociedade é a humanidade. Se você matar alguém, é porque eu falhei. Antes me mate, por causa do meu fracasso em relação a você.

O garoto concordou, e foi embora. Após 10 anos, eles se reencontraram. Divaldo então, aproveitou e perguntou se ele sentiu vontade de matar. O garoto disse que sim, mas que toda vez que sentiu essa vontade, ele via o rosto de Divaldo na sua frente dizendo: "Venha e me mate primeiro", então, ele se desarmava. Ele agradeceu dizendo que, se não fosse Divaldo e o Espiritismo, ele estaria num cárcere. Divaldo, então, esclareceu:

- Agradeça a sua consciência, que assimilou toda a educação moral evangélica que recebeu na Mansão do Caminho. Você fez bom uso do livre arbítrio. Hoje, você pode entender, por isso vou lhe contar que, os bons espíritos me disseram que você foi um criminoso na encarnação anterior, meu filho. Você trazia no inconsciente a lembrança do sangue jorrando em sua mão quando esfaqueava alguém. Estava tão dentro de você, que explodia na sua memória atual, eram flashes do passado.

Fonte: Resumo de uma história verídica vivenciada pelo médium espírita Divaldo P. Franco.
Retirado do livro "Conversa Fraterna"

Exibições: 1032

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se…

Reflexões sobre ações e críticas

            Você já se perguntou o que é a verdade? Jesus ao ser indagado por P Pilatos, na descrição do Evangelho segundo João, capítulo XVIII, respondeu com o maior silêncio que a humanidade já ouviu. Tenho me perguntado por que Ele adotou tal postura?   

            Neste…

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crise

Por Jane Maiolo

 

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis…

Últimas atividades

Elias Vieira Araujo curtiram o perfil de Elias Vieira Araujo
3 horas atrás
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
7 horas atrás
edina aparecida da silva curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
edina aparecida da silva curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
edina aparecida da silva curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
ARI DE SOUSA LIMA curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
9 horas atrás
ARI DE SOUSA LIMA curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
ARI DE SOUSA LIMA curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiram o evento “Mediunidade e Obsessão”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Mediunidade e Obsessão”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
10 horas atrás
Joao Iudes Nodari respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Se não buscarmos alternativas filosóficas e teológicas de conhecimento e evolução e teorias de sabedoria mais refinadas de nossos princípios crísticos repetiremos os fatos acorridos e certamente o…"
12 horas atrás
SIMONE CRISTINA PEIXOTO curtiram a discussão O que fazer diante da perda, pela morte, de alguém querido? de Amigo Espírita
12 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço