Facilmente observável é o fato de que os trabalhos desenvolvidos pelos Centros Espíritas no campo da cura dos males físicos têm procura mais acentuada que a busca pelos estudos, e até mesmo pelas palestras públicas que os Centros desenvolvem.

Isso acontece porque a nossa tendência maior ainda é buscar o socorro imediato, para recuperarmos a sensação de bem estar produzida pelo corpo físico.

Porém, é preciso dilatar nosso entendimento a respeito do assunto.

O corpo físico é benefício Divino concedido para a evolução do Espírito imortal, para que este consiga alcançar a perfeição, e traduz, em sua estrutura funcional a somatória de vários fatores, quais sejam, as provas e expiações inclusas no planejamento reencarnatório, e quando encarnado, o comportamento vicioso, seja mental, seja físico, ou ainda o desequilíbrio emocional de grande monta.

No Evangelho do Senhor Jesus  podemos observar a quantidade de doentes do corpo que O procuravam, e que após serem curados de seus males, em sua maioria, nem mesmo agradeciam a benção conseguida.

Também no Evangelho encontramos, tanto na passagem em que Jesus cura um jovem cego de nascença (1), quanto na do paralítico no Tanque de Betesda (2), a informação de que os erros morais cometidos pelo Espírito são revertidos em problemáticas debilitantes fisiológicas.

Mais modernamente, nas lições que o Consolador prometido por Jesus nos traz, o Benfeitor André Luiz esclarece:

“Toda queda moral nos seres responsáveis opera certa lesão no hemisfério psicossomático ou perispírito, a refletir-se em desarmonia no hemisfério somático ou veículo carnal, provocando determinada causa de sofrimento.” (3)

A imaturidade espiritual mantém o Espírito preso ao imediatismo terreno, atrelando-o a círculo vicioso de ações e reações negativas devido à ignorância sobre sua natureza e finalidade da vida física, fazendo-o agir sem pensar nas consequências para si mesmo ou para outrem.

Somente o esclarecimento espiritual e a consequente renovação moral permitirão que se adoeça menos, e em menor intensidade, em função da eliminação dos erros mentais e comportamentais e da aplicação da Lei de Amor nos menores atos da vida.

É evidente que podemos buscar soluções espirituais para nossas enfermidades, mas não nos iludamos, também é evidente que devemos nos esforçar para dilatar o entendimento de que a causa de nossos sofrimentos, sejam físicos ou espirituais, iniciam-se sempre na consciência do ser pensante que somos, já em nível de responsabilidade bastante acentuada pelo conhecimento que temos.

Os Benfeitores Espirituais, conquanto praticantes ativos da caridade, também têm seus afazeres pessoais, e se nós outros nos tornarmos “clientes de carteirinha” deles, mais não estaremos fazendo do que sobrecarregá-los desnecessariamente, o que, por si só, é falta de caridade de nossa parte para com eles.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Exibições: 62

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Kardec sofre...

Kardec sofre...

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Não tenho dúvidas que Allan Kardec sofre ao verificar como as coisas andam no seio do movimento espírita atual com brigas, discussões…

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

Aprendemos com o Espiritismo a ter relações mais leves.

 

Marcelo Henrique – Florianópolis SC

Wellington Balbo – Salvador BA

 

O Espiritismo nos fornece uma visão bem legal da…

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

Ao orar por alguém eu atraio seus obsessores?

 

Há, para uma boa parcela de gente, até para aqueles que conhecem um pouco mais os Espíritos e a sua natureza, uma espécie de medo do que eles – os Espíritos – podem fazer…

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog É Admissível o Aborto em caso de Estupro? de PATRIZIA GARDONA
"Legalização do aborto “o mais rápido possível” O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, disse que pretende fazer “sair o mais rápido possível” a…"
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Os Cinco Pilares da Doutrina Espírita de PATRIZIA GARDONA
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Talismãs e Amuletos, e o que kardec diz sobre a força desses objetos? de PATRIZIA GARDONA
ontem
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
ontem
os pae postou um evento

CONVITE AOS AMIGOS DO PAE-TAGUATINGA-DF em QNM 40 ÁREA ESPECIAL NUMERO 2

16 novembro 2019 de 18 a 19
ontem
Angela Smanio curtiram o perfil de Adriano Moraes
sábado
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Cesar Fontes Gerhard
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ana Paula D Aquino
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de José Maria Ramalho Pinto Júnior
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de katia maria brinco
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Robson Carlos Rocha Chicarino
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Carmen Angela Guimarães Leal
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Marcelo Myrrha
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Neldalia Silva Fort Bastos
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Elisangela Vargas da Silveira
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Maria Helena
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Olimpia Maria dos Santos
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Conceição A. Fernandes dos Anjos
sexta-feira
Cesar Fontes Gerhard curtiram o perfil de Ane Elise de Freitas Farias
sexta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço