''O criminoso reencarnado'' (Divaldo Pereira Franco)



A MÁ INCLINAÇÃO - história para reflexão


O médium espírita Divaldo P. Franco, conta a história de um garoto, que foi abandonado aos 6 meses de idade, na instituição Mansão do Caminho, onde ele dirige (www.mansaodocaminho.com.br). Este garoto, aos 4 anos de idade, fazia faquinhas e ameaçava as voluntárias que ajudavam Divaldo a tomar conta das crianças. Ele dizia que queria enfiar a faca em alguém para sentir o sangue quente escorrer em suas mãos. Divaldo perguntava como ele sabia que o sangue era quente, e ele respondia que não sabia como, mas ele tinha certeza que era quente.

Quando este garoto completou 12 anos, as voluntárias que auxiliavam Divaldo tinham medo dele. Divaldo então, fez uma terapia de choque. Chamou o garoto e disse que ele teria que ir embora da instituição. O garoto assustou, pediu desculpas e prometeu não ameaçar mais. Estudou e foi evangelizado pela instituição espírita Mansão do Caminho.

Aos 18 anos, o menino pediu a emancipação. Divaldo disse:

- Dou sua emancipação com uma condição: quando você desejar matar alguém, você vem aqui e me mata.

- Mas, tio? . . . - disse o garoto assustado.

- Sim porque eu falhei. A sociedade me entregou você com 6 meses, a sociedade nos dá tudo, você não tem nada contra a sociedade, espero, porque a sociedade é a humanidade. Se você matar alguém, é porque eu falhei. Antes me mate, por causa do meu fracasso em relação a você.

O garoto concordou, e foi embora. Após 10 anos, eles se reencontraram. Divaldo então, aproveitou e perguntou se ele sentiu vontade de matar. O garoto disse que sim, mas que toda vez que sentiu essa vontade, ele via o rosto de Divaldo na sua frente dizendo: "Venha e me mate primeiro", então, ele se desarmava. Ele agradeceu dizendo que, se não fosse Divaldo e o Espiritismo, ele estaria num cárcere. Divaldo, então, esclareceu:

- Agradeça a sua consciência, que assimilou toda a educação moral evangélica que recebeu na Mansão do Caminho. Você fez bom uso do livre arbítrio. Hoje, você pode entender, por isso vou lhe contar que, os bons espíritos me disseram que você foi um criminoso na encarnação anterior, meu filho. Você trazia no inconsciente a lembrança do sangue jorrando em sua mão quando esfaqueava alguém. Estava tão dentro de você, que explodia na sua memória atual, eram flashes do passado.


Resumo de uma história verídica vivenciada pelo médium espírita Divaldo P. Franco.

Do Livro: Conversa Fraterna

*************************************************



OBSERVAÇÃO: Como vemos, o espírito necessita passar pelo estado de infância, com o objetivo de se aperfeiçoar, porque durante esse período, é mais fácil assimilar a educação que recebe, e que poderão lhe auxiliar o adiantamento.

As crianças são seres que Deus manda para novas existências, são espíritos velhos em corpos novos.

E a frase "pau que nasce torto morre torto" não existe para os espíritas. O espírito que nasce com más inclinações, más tendências, pode se modificar. Desde que se predisponha a vivenciar o Bem, sufocando o Mal. Nascemos para evoluir.
Todos nós ao reencarnarmos com certeza boa coisa não fomos, mas Deus nos dá muitas oportunidades de mudanças e evoluções, precisamos aproveitar nossa oportunidade e melhorarmos a cada dia!
Más inclinaçoes e más tendências, não é desculpa para seguirmos o caminho errado!
A semente da bondade está em nossos coraçôes,basta cultivarmos com muito amor e carinho!
Para que ela cresça e floresça....

Exibições: 671

Tags: criminoso, reencarnado

Comentar

Você precisa ser um membro de REDE AMIGO ESPÍRITA para adicionar comentários!

Entrar em REDE AMIGO ESPÍRITA

Comentário de Isabel Neves em 2 setembro 2012 às 19:39

Essa história é linda e está publicada na íntegra no livro "Conversa Fraterna" do Divaldo Franco, apenas aqui e em um blog espírita na internet a encontrei publicada, muito obrigada por compartilhar.

Um grande abraço

Comentário de DEDÉ E ELISANGELA. em 5 março 2011 às 9:29
O casal 20(brincadeiras) sempre nos proporciona boas reflexoes.Suas difusões sao edificantes e isso é bom,lardeia o nosso pensar.Tudo que nos traduz é salutar, que sensibilidade no querer compartilhar com nós.Muito luz,serenidade e arquescencia no júbilo da BOA NOVA, que cubra de muito amor na adoçicada e justa DOUTRINA ESPIRITA. A minha paz. FORT/CE 05.3.11

COLABORE

Parceiros

TWITTER AMIGO

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Siga-nos

Artigos

A força da informação espírita

Sempre que visito os centros espíritas em palestras tenho o costume de olhar nas prateleiras em busca de um tesouro que, não raro, está escondido. Um tesouro de valor incalculável e que pode salvar vidas, alimentar almas, dar ânimo para aqueles que encontram-se com o coração em desalento em…

O PORÃO INTERIOR

É comum termos receio de descer até o porão de nossa consciência, porque lá vamos nos deparar com muitos espelhos a refletir as nossas imagens – Sim, nossas imagens!

 

A verdade é…

© 2014   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço