Um dia, um médico materialista resolveu questionar um de seus pacientes, que sabia ser espírita.

Quando ele chegou para a consulta, foi logo perguntando, durante o exame:

Você tenta ajudar os Espíritos com a sua doutrina?

Sim! Foi a resposta.

Você já viu um Espírito?

Não! Disse o paciente.

Você já ouviu um Espírito falando?

Não! Falou o espírita.

Você já sentiu algum Espírito?

Não!

Pois bem, completou triunfante o médico, temos aí três argumentos contra e um a favor da existência do Espírito ou da alma. Logo se conclui que, segundo a lógica, não existe nem um, nem outra.

O paciente espírita perguntou então ao médico:

Você, como médico, já viu uma dor?

Claro que não! Respondeu rápido.

Você já provou uma dor?

Não!

Você já cheirou uma dor?

Não!

Você já sentiu uma dor?

Sim! Disse, finalmente, o médico.

Pois bem, concluiu o paciente, temos aí três argumentos contra e um a favor da existência da dor. Apesar disso, você sabe que existe a dor. E eu sei que existem Espíritos!

* * *

Somos feitos de sombra e luz. Somos seres materiais, sujeitos a todas as mudanças da matéria e Espíritos, com as suas riquezas latentes, as suas esperanças radiosas.

Cada alma humana é uma projeção do grande foco eterno. Temos em nós os instintos dos animais mais ou menos comprimidos pelo trabalho longo e pelas provas das existências passadas.

Temos também em nós a crisálida do anjo, do ser radioso e puro, que podemos vir a ser pelas aspirações do coração e pelo sacrifício constante do eu.

Somos seres que tocamos as profundezas sombrias do abismo com os pés, e com a fronte, as alturas fulgurantes do céu. Quanto mais se eleva o Espírito, se purifica, tanto mais se torna acessível às vozes do Alto.

Tudo o que vem da matéria é instável. Tudo passa. Tudo foge. Os montes a pouco e pouco vão sendo abatidos pela ação dos elementos.

As maiores cidades se convertem em ruínas. Os astros se acendem, resplandecem. Depois apagam-se e morrem.

Só a alma é imperecível, imortal.

Acima das civilizações extintas, sobrevivem as almas.

Através dos tempos, a alma caminha, adquirindo conhecimento. Vê sempre se abrirem novos campos de estudos e descobertas.

Paulatinamente, vai descobrindo que por toda a parte reinam a ordem, a sabedoria, a Providência e seu entusiasmo e sua confiança aumentam cada vez mais.

Seu destino é a perfeição. À medida que vai adquirindo virtudes, ela saboreia de maneira mais intensa as felicidades da vida espiritual.

* * *

Deus conhece todas as almas, que formou com o Seu pensamento e o Seu amor.

Ele as deixa percorrer vagarosamente as vias sinuosas, subir os sombrios desfiladeiros das vidas terrestres, acumular pouco a pouco em si os tesouros de paciência, de virtude, de saber, que se adquirem, na escola do sofrimento.

Mais tarde, amadurecidas pelos raios do sol Divino, saem da sombra dos tempos e suas faculdades desabrocham em feixes deslumbrantes.

Daí em diante são luz que irradia e se revela em obras que são como o reflexo do próprio Criador.



Redação do Momento Espírita, com base em texto de 
autoria ignorada e no cap. IX, do l

Exibições: 191

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
14 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Procura-se urgentemente quem ouça. E ouça com atenção!

Este seria um cartaz que procura ansiosamente pessoas dispostas a doar sua atenção à quem precise desabafar.Espero que ele nunca seja divulgado, espero mesmo que nunca precisemos chegar a este ponto.Mas o fato é que realmente estamos carecendo de quem possa doar um pouquinho mais de seus ouvidos.Isso é caridade pura.Disse Allan Kardec que “Fora da caridade não há salvação”, e…Ver mais...
14 horas atrás
Auera do Rosario Neves curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
15 horas atrás
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog No Umbral de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Não podemos sequer começar uma investigação a partir de prova ilícita”. O desembargador Victor Laus, presidente do…"
domingo
Ícone do perfilluciane Duarte de souza, André M, Alberto Neto e mais 3 pessoas entraram em RAE
domingo
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Fé em meio à Novela

Até gostei do início de uma das novelas de determinado canal aberto de TV. Narrou sobre troca de exames de análise clínica de pacientes, coisa comum de acontecer, sendo que um dos diagnósticos demonstra estado grave de saúde, que não sendo tratado imediatamente pode ensejar o óbito do doente.Também mostra que a rede pública…Ver mais...
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Suicídio. Quando ... de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"QUE TAL SAIR POR AÍ SEMEANDO ESPERANÇA?   Título questão convite espírita (1). O Centro Espírita poderia formar um grupo pequeno, cinco pessoas, para elaborar um projeto para divulgar o Espiritismo aos…"
sábado
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Somos Responsáveis de PATRIZIA GARDONA
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Conceição Valadares curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Rosângela Felicio curtiu a postagem no blog Preparação de Trabalhadores Espíritas - O Trabalho de Feeak Minas
sexta-feira
Rosângela Felicio curtiram a discussão Ridículo silêncio de Feeak Minas
sexta-feira
Rosângela Felicio curtiram a discussão 21º ESDE - Retorno da vida corporal - Infância de Feeak Minas
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Suicídio. Quando ... de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
quinta-feira
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

15 setembro 2019 de 9 a 10:15
Palestra no próximo domingo 15 de setembro de 2019, de 09h às 10h da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com o tema “Alegria de Viver”, será ministrada pela militar e conferencista Valmia Ferrari de Guarapari-ES. Valmia é natural de Nova Venécia-ES, é trabalhadora e uma das fundadoras do Lar Espírita Cristão, em Guarapari. Muita saúde, paz e alegrias!…Ver mais...
quinta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Suicídio. Quando ... de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
quinta-feira
Gabriele Riccardo Giacomo Carlet e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço