1-Que é um ser humano?

- Um ser composto de uma alma e de um corpo, isto é, de espírito e carne.

2-Que é, então, a alma?

- É o princípio de vida em nós. A alma do homem é um Espírito encarnado; é o princípio da inteligência, da vontade, do amor, a sede da consciência e da personalidade.

3-Que é o corpo?

- O corpo é um envoltório de carne, composto de elementos materiais, sujeitos à mudança, à dissolução e à morte.

4-O corpo é, então, inferior à alma?

- Sim, porque ele é apenas sua vestimenta.

5-É necessário então desprezar o corpo, já que ele é inferior à alma?

- De maneira alguma: nada é desprezível. O corpo é o instrumento de que a alma tem necessidade para realizar seu destino; o operário não deve desprezar o instrumento com o qual ganha seu sustento.

6-A alma está encerrada no corpo ou é o corpo que está contido na alma?

- Nem uma nem outra coisa. A alma, que é espírito, não pode ficar encerrada num corpo; ela irradia por fora, como a luz através do cristal da lâmpada. Nenhum corpo pode mantê-la materialmente cativo; ela pode exteriorizar-se.

7-Como está unida a alma ao corpo, o espírito à carne?

- Por meio de um elemento intermediário, chamado corpo fluídico ou perispírito, que participa, ao mesmo tempo, da alma e do corpo, do espírito e da carne e os vincula, de alguma forma, um ao outro.

8-Que quer dizer a palavra perispírito?

- Esta palavra quer dizer: o que está em torno do Espírito. Da mesma forma que o fruto está contido num envoltório muito delgado chamado perisperma, o Espírito está envolvido por um corpo muito sutil denominado perispírito.

9-Como o perispírito pode unir a carne ao Espírito?

- Penetrando-os e permitindo se interpenetrarem. O perispírito comunica-se com a alma através de correntes magnéticas e com o corpo por meio do fluido vital e do sistema nervoso, que lhe serve, de certa forma, de transmissor.

10-Então, o homem é, na realidade, composto de três elementos constitutivos?

- Sim, esses três elementos são: o corpo, o espírito e o perispírito.

11-Quando e onde começa essa união da alma e do corpo?

- No momento da concepção, e se torna definitiva e completa por ocasião do nascimento.

12-A alma se separa do perispírito, quando se separa do corpo?

- Nunca. O perispírito é sua vestimenta fluídica indispensável. O perispírito precede a vida presente e sobrevive à morte. É ele que permite aos Espíritos desencarnados materializar-se, isto é, aparecer aos vivos, falar-lhes, como acontece por vezes nas reuniões espíritas.

13-O perispírito é então um corpo fluídico semelhante a nosso corpo material?

- Sim. É um organismo fluídico completo; é o verdadeiro corpo, as verdadeiras formas humanas, a que não muda em sua essência. Nosso corpo material se renova a cada instante; seus átomos se sucedem e se reformam; nosso rosto se transforma com a idade; o corpo fluídico propriamente dito não se modifica materialmente; ele é nossa verdadeira fisionomia espiritual, o princípio permanente de nossa identidade e de nossa estabilidade pessoal.

14-Onde, então, o perispírito encontrou seu fluido?

- No fluido universal, isto é, na força primordial, etérea. Cada mundo tem seus fluidos especiais, tomados ao fluido universal; cada Espírito tem seu fluido pessoal, em harmonia com o do mundo que ele habita e seu próprio estado de adiantamento.

Retirado do livro 'Síntese Doutrinária' – Léon Denis

Exibições: 659

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog No Umbral de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Não podemos sequer começar uma investigação a partir de prova ilícita”. O desembargador Victor Laus, presidente do…"
18 horas atrás
Ícone do perfilluciane Duarte de souza, André M, Alberto Neto e mais 3 pessoas entraram em RAE
21 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Fé em meio à Novela

Até gostei do início de uma das novelas de determinado canal aberto de TV. Narrou sobre troca de exames de análise clínica de pacientes, coisa comum de acontecer, sendo que um dos diagnósticos demonstra estado grave de saúde, que não sendo tratado imediatamente pode ensejar o óbito do doente.Também mostra que a rede pública…Ver mais...
22 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Suicídio. Quando ... de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"QUE TAL SAIR POR AÍ SEMEANDO ESPERANÇA?   Título questão convite espírita (1). O Centro Espírita poderia formar um grupo pequeno, cinco pessoas, para elaborar um projeto para divulgar o Espiritismo aos…"
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Somos Responsáveis de PATRIZIA GARDONA
sexta-feira
Ori Pombal Franco curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Conceição Valadares curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari de Carlos Pretti - SCEE
sexta-feira
Rosângela Felicio curtiu a postagem no blog Preparação de Trabalhadores Espíritas - O Trabalho de Feeak Minas
sexta-feira
Rosângela Felicio curtiram a discussão Ridículo silêncio de Feeak Minas
sexta-feira
Rosângela Felicio curtiram a discussão 21º ESDE - Retorno da vida corporal - Infância de Feeak Minas
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Suicídio. Quando ... de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
quinta-feira
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“Alegria de Viver”, com Valmia Ferrari em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

15 setembro 2019 de 9 a 10:15
Palestra no próximo domingo 15 de setembro de 2019, de 09h às 10h da manhã na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas, com o tema “Alegria de Viver”, será ministrada pela militar e conferencista Valmia Ferrari de Guarapari-ES. Valmia é natural de Nova Venécia-ES, é trabalhadora e uma das fundadoras do Lar Espírita Cristão, em Guarapari. Muita saúde, paz e alegrias!…Ver mais...
quinta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Suicídio. Quando ... de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
quinta-feira
Gabriele Riccardo Giacomo Carlet e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
quinta-feira
Cláudia de Jesus curtiu a postagem no blog O HOMEM: CORPO, ALMA E PERISPÍRITO de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
quarta-feira
Cláudia de Jesus curtiu a postagem no blog O HOMEM: CORPO, ALMA E PERISPÍRITO de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
quarta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Luciana Morales Leite
quarta-feira
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Saul Alves de Souza
quarta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço