O que você acha da idolatria no Movimento Espírita? Idolatramos Espíritos, Médiuns e Expositores? Emmanuel responde...

O que você acha da idolatria no Movimento Espírita? Idolatramos Espíritos, Médiuns e Expositores?     

                                                                                                                            

Emmanuel através do médium Francisco Cândido Xavier nos responde.    

                       

Sem idolatria

Cap. XXI. ESSE. Item 8.

“Não vos façais, pois, idólatras...” – Paulo. ( I Cor.,10:7.)

Núcleos religiosos de todos os tempos e mesmo certas práticas, estranhas à religião, tem usado a idolatria como tradição fundamental para manter sempre viva a chama da fé e o calor do ideal.

O hábito vinculou-se tão profundamente ao espírito popular que, em plena atualidade, nos arraiais do Espiritismo Cristão, a desfraldar a bandeira da fé raciocinada, às vezes ainda encontramos criaturas tentando a substituição dos ídolos inertes pelos companheiros de carne e osso da experiência comum, quando chamamos ao desempenho da responsabilidade mediúnica.

Urge, desse modo, compreendermos a impropriedade da idolatria de qualquer natureza, fugindo, entretanto, à iconoclastia e à violência, no cultivo do respeito e da compreensão diante das convicções alheias, de modo a servirmos na libertação mental dos outros, na esfera do bom exemplo.

A advertência apostólica vem comprovar que a Doutrina Cristã, em sua pureza de fundamentos, surgiu no clima da Galileia, dispensando a adoração indébita, em todas as circunstancias, devendo-se exclusivamente à interferência humana os excedentes que lhe foram impostos ao exercício simples e natural.

Assim, proscreve de teu caminho qualquer prurido idolátrico em torno de objetos e pessoas, reafirmando a própria emancipação das algemas seculares que vem cerceando o intercambio das criaturas encarnadas com o Reino do Espírito, através da legítima confiança.

Recebemos hoje a incumbência de aplicar, na edificação do bem desinteressado, o tempo e a energia que desperdiçávamos, outrora, à frente dos ídolos mortos, de maneira a substancializarmos o ideal religioso, no progresso e na educação, prelibando as realidades da Vida Gloriosa.

Emmanuel – F. C. Xavier. Espírito da Verdade. FEB.

Editorial RAE

Exibições: 2570

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Ana Laura Rezende Coura em 27 outubro 2015 às 9:25

Bom dia a todos!

Na humilde opinião, são muitos séculos de idolatria, isso não vai passar de uma hora para outra. A maioria dos Espíritas que eu conheço, inclusive eu mesma, vieram do catolicismo, e haja imagem para se idolatrar... Ainda não consigo deixar de olhar para uma imagem como a de Maria por exemplo e não sentir uma grande emoção, e uma vontade de "tocá-la" assim como fazemos numa fotografia de um ente muito querido que se foi... enfim... não acho que seja um grande problema, se não há exageros é claro. 

Comentário de José Carlos Januário em 26 outubro 2015 às 15:48

Meu ídolo e Jesus Cristo mas não tenho nem uma imagem dele carrego ele no Coração!

Comentário de Mari Piva em 26 outubro 2015 às 13:32

Triste realidade acontecendo cada vez mais nas Casas Espiritas.

Comentário de Antonio Olinda Cavalcante Filho em 26 outubro 2015 às 12:42

     Iconoclastia, proscreve, prelibando... Um tema importante mas que perde em essência, quando sendo usado termos que não são comuns nos dias atuais. A simplicidade falaria mais forte aos nossos corações.

Comentário de José Muniz de Souza em 26 outubro 2015 às 8:23

Quando ingressei no Espiritismo há 33 anos, logo notei uma grande idolatria no meio espírita. Estranhei, mas de nada adiantava falar, as pessoas amam ídolos, mesmo esclarecidas e praticantes da nova doutrina, o Espiritismo. Aqui em Belém do Pará, quase todos os Espíritas continuam acompanhando o Círio e beijando A imagem da Santa. E estes mesmos adoram idolatrar palestrantes, médiuns, videntes, etc. Ocorre que a idolatria é o desejo de se dar bem, de se aproximar do ídolo para ganhar algo fácil. Êta povo...fazer o que, quanto mais se esclarece mais se adora ídolos, mesmo dentro do Espiritismo.

É um tal de elogiar muito Kardec, de elogiar muito Jesus, de elogiar muito Emmanuel, etc., etc.,

Devemos reverenciar os grandes trabalhadores, a Jesus, a Kardec, a Emmanuel, ao Chico, mas isso significa que devemos dar-lhes o devido valor, porém, bajulação, como fazem aos ídolos, é uma lástima.

Vamos raciocinar - Se cada um fez o seu papel, cumpriu sua obrigação, portanto, merece respeito nunca bajulação.

É o que penso.

Comentário de Sheila Maria Rangel Marques em 25 outubro 2015 às 22:33

Meu ídolo eterno: JESUS

Comentário de Humberto Spina em 25 outubro 2015 às 18:28

É muito oportuna a visita à mensagem de Emmanuel. É certo que a Doutrina Espírita deve possuir uma porosidade na qual se dá essas "inserções", entretanto minha visão crítica se situa na qualidade da pedagogia aplicada nas casas espíritas, orientada mais para um ensino pela obediência e medo do que pela libertação. A preocupação deve ser direcionada a um processo de autonomia do que ao medo dos ditos "falsos profetas".

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
9 horas atrás
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
10 horas atrás
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
ontem
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
sexta-feira
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago
ANDREA REGINA DE SA curtiram a discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
3 Ago
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Ao tentar processar o Porta dos Fundos, por retratar Jesus como um gay, igreja teve um prejuízo de R$ 82…"
1 Ago
Madelon Fonseca curtiram a discussão Reflexões sobre as Leis Naturais. de Wellington Balbo
31 Jul
Joao Iudes Nodari respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"A Marlene apresentou uma realidade constatada diariamente no processo de palestras ministradas nos centros e unidades espíritas. Está-se chegando numa fase onde a ênfase oratória pergaminha atitudes emocionais e…"
31 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço