REDE AMIGO ESPÍRITA

Divulgando, Instruindo e Unificando!!!


Emmanuel

Recorres à oração, junto ou daquele enfermo, e sofres, quando a restauração parece tardia.
Entretanto, reflete na Lei Divina a que todos, obrigatoriamente, nos entrosamos. Isso, não quer dizer que devamos ignorar o martírio silencioso dos companheiros em calamidade no campo físico.
Para tanto, seria preciso não haver sentimento.
Sabemos, sim, quanto dói seguir, noite a noite, a provação dos familiares, em moléstias irreversíveis; conhecemos, de perto, a angustia dos pais que recolhem no coração o suplicio dos filhinhos torturados no berço; partilhamos a dor dos que gemem nos hospitais como sentenciados à pena última, e assinalamos o tormento recôndito dos que fitam, inquietos, em doente amados, os olhos que embaciam...
Observa, porém, o quadro escuro das transgressões humanas que nos rodeiam. Pensa nos crimes perfeitos que injuriam a Terra; na insubmissão dos que se rendem às sugestões do suicídio, prejudicando os planos da Eterna Sabedoria e criando aflitivas expiações para si mesmos; nos processos inconfessáveis dos que usam a inteligência para agravar as necessidades dos semelhantes e na ingratidão dos que convertem o próprio lar em reduto do desespero e da morte...
Medita nos torvos compromissos dos que se acumpliciam agora com os domínios do mal, e perceberás que a enfermidade é quase sempre o bem exprimindo reajuste, sustando-nos à queda em delitos maiores.

* * *

Organizemos, assim, o socorro da oração junto de todos os que padecem no corpo dilacerado, mas se a cura demora, jamais nos aflijamos.
Seja o leito de linho, de seda, palha ou pedra, a dor é sempre a mesma e a prece, em toda parte, é bênção, reconforto, amparo, luz e vida.
Lembremos-nos, no entanto de que lesões e chagas, frustrações e defeitos, em nossa forma externa, são remédios da alma que nós mesmos pedimos à farmácia de Deus.


Do livro À Luz da Oração. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Exibições: 1674

Comentar

Você precisa ser um membro de REDE AMIGO ESPÍRITA para adicionar comentários!

Entrar em REDE AMIGO ESPÍRITA

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

vilson roberto filisbino curtiram o evento XIX CONFERÊNCIA ESTADUAL ESPÍRITA AO VIVO NA RAE de Amigo Espírita
1 hora atrás
Ícone do perfilLiliane, Carlos , Denyse M G Costa e mais 15 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
2 horas atrás
Ícone do perfilRede Amigo Espírita via Facebook
Facebook2 horas atrás · Responder
Rita de Cassia Almeida curtiu o vídeo de Carla Porto Fabres
3 horas atrás
Rita de Cassia Almeida curtiu o vídeo de Canal Amigos da Luz
3 horas atrás
Rosangela Araujo Pereira respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
4 horas atrás
Rosangela Araujo Pereira respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
4 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves compartilhou o post do blog de Antonio Carlos Navarro em Facebook
4 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog A Carne é fraca de Antonio Carlos Navarro
4 horas atrás
Virgilio Augusto Esteves curtiu o vídeo de Amigo Espírita
4 horas atrás
M Elisa R S Viegas curtiu o vídeo de Canal Amigos da Luz
6 horas atrás
Mara Cristina S. Mori curtiu a postagem no blog CORDÃO DE PRATA de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
6 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
6 horas atrás
Maria Isabel Martins Borges curtiu o vídeo de Canal Amigos da Luz
6 horas atrás
Maria do Carmo Freitas Paes Barr curtiram a página Rádio Mundo Maior de Amigo Espírita
7 horas atrás
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
7 horas atrás
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
7 horas atrás
sidney cespeda curtiram o evento Palestras e Estudos em PPS de Graça Maciel
7 horas atrás
Josue Oliveira comentou o vídeo de Canal Amigos da Luz
7 horas atrás
Rita De Franco curtiu o vídeo de Canal Amigos da Luz
8 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2017   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço