Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade

No Brasil existe a violência religiosa? A violência religiosa simbólica permite a liberdade de prática, mas desconstrói a base da crença, fazendo-a parecer inócua, retrógrada e ultrapassada?

No Brasil encontramos elevado índice de violência simbólica. Como o Cristianismo é predominante é o mais atacado?

Existe no Brasil e no exterior um trabalho bem articulado para ridicularizar a fé cristã, minando os valores do Cristianismo?

A mídia liberal e as instituições aparelhadas lutam diariamente pela desmoralização da visão judaico-cristã?

No Brasil a desconstrução dos valores Cristãos é promovida principalmente no ambiente acadêmico?

Nossos jovens chegam despreparados, sem noção do ambiente materialista que irão enfrentar na universidade?

Jovens de formação cristã deficiente conseguem sustentar sua fé perante o discurso acadêmico de docentes relativistas?

Na universidade, jovens podem abandonar a fé. Convencidos pelo sistema profano pensam que foram anteriormente enganados. Podem se tornar céticos e até ateus?

Essas questões se tornaram mais pertinentes nos dias de 2020, depois que alguns  profissionais materialistas resolveram abusar da liberdade de expressão, correndo o risco do vilipêndio.

Um líder religioso relembra que a fé sem obras é morta e que nesse embate de princípios, as obras nada mais são que os argumentos. Aí aponta a solução.

Menos congressos e mais seminários. Diz que é necessário priorizar o estudo, em sala de aula, com mais estudos, colocando os jovens no ambiente da academia, apresentando-lhes as objeções ateístas à fé, e ensinando-lhes os contra-argumentos.

Quais temas não podem ser esquecidos nos púlpitos, encontros e seminários?

Como combater a violência simbólica sem argumentos científicos?

O jovem acadêmico fortalecerá sua fé dominando argumentos filosóficos e científicos. São esses argumentos que confrontarão nosso jovem na academia.

Jesus sempre esteve em situação difícil, diante da crise, fase difícil, grave, onde todos estavam tensos, no conflito, queriam justiça com as próprias mãos, mas a mulher encontrou Nele o argumento que evitou o apedrejamento.

A Ciência e a Religião são as duas alavancas da inteligência humana: uma revela as leis do mundo material e a outra as leis do mundo moral.” (1)

Divaldo Pereira Franco diz: O meu silêncio diante das ofensas propositais e patológicas ao Mestre venerado (...) será anuência à perversão e indignidade. (2)

Não existem direitos fundamentais absolutos, neles encontramos a liberdade de expressão, com semeadura aparentemente livre. (3)

Um jornalista sugere agora que a coisa pode ser pior.  (4)

E agora? Pode acontecer coisa pior que tremer vendo a cabeça a prêmio?

Só a anuência do espírita à perversão e indignidade, como referiu Divaldo.

Leia mais

  1. http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores_FORMIGA_Luiz_t...
  2. http://blogdobeck.com/2020/01/09/opiniao-principal-lider-do-espirit...
  3. http://www.redeamigoespirita.com.br/profiles/blogs/especial-de-nata...
  4. https://www.tercalivre.com.br/porta-dos-fundos-pode-ter-acertado-ra...

 

Exibições: 257

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 23 fevereiro 2020 às 17:47

Intolerância Religiosa em fevereiro de 2020, no Rio de Janeiro. Nenhuma nota de repúdio!

“Cinquenta Anos Depois” é um romance. Emmanuel conta-nos uma história ligada ao Cristianismo do século II. Nele, o senador Públio Lentulus apresenta-se com uma nova roupagem, reencarnado como um escravo.

Esse escravo, Nestório, mostra uma postura mais humilde, agora numa categoria que seu coração orgulhoso havia espezinhado na existência anterior. A misericórdia divina permite-lhe reparar, como Nestório, os desmandos e as arbitrariedades cometidas no passado, quando, investido do poder público, supunha, em sua vaidade, guardar todos os direitos e poderes em suas mãos.

https://www.amazon.com.br/Cinquenta-Anos-Depois-Emmanuel/dp/857328367X

Certa vez um espírito que se apresentava como escravo, mas que revelava
grande conhecimento doutrinário, informou ao farmacêutico Cairbar Schutel, que
havia sido um médico holandês, em reencarnação anterior. Porém foi como
negro-escravo que aprendera a desenvolver a virtude da humildade e desta forma
preferia manifestar-se como tal.

Outro disse à médium Yvonne Pereira que não gostaria de apresentar-se como bandoleiro, assaltante, assassino, que tinha sido nas civilizações ditas refinadas.

Umbanda e Candomblé, Torres Gêmeas Brasileiras, foram atacadas neste fevereiro de 2020, no Rio de Janeiro. Tudo quebrado pela intolerância religiosa.

Onde estão as notas de repúdio dos Espiritualistas que já sofreram o mesmo no passado?

http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores_FORMIGA_Luiz_t...

 

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 29 janeiro 2020 às 10:47
Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 28 janeiro 2020 às 10:57

 Evolução da Inteligência. Neuroplasticidade,

https://www.facebook.com/groups/1499993836709886/permalink/27475722...

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 28 janeiro 2020 às 10:40

 

SENADO FEDERAL. Sessão para homenagear Allan Kardec.

https://www25.senado.leg.br/web/atividade/notas-taquigraficas/-/not...

Então, com a palavra, Haroldo Dutra Dias. Muita honra e alegria passar a palavra para V. Exa. (Palmas.)

O SR. HAROLDO DUTRA DIAS –  Trecho (...) Se você deseja, com toda a força do seu coração, homenagear Allan Kardec, seja um ser humano de bem, mas desses que têm a suficiente ousadia de fazer o bem, porque hoje é preciso muita coragem para fazer o bem, é preciso muita ousadia para defender a paz, porque a violência é uma solução muito rasteira. A paz é que exige inteligência.

Para ser pacificador, você precisa, por exemplo, aprender com Marshall comunicação não violenta. Você precisa estudar. Para exercer a diplomacia, você tem que estudar anos e anos a fio; para ser violento, você não precisa fazer nada, basta dar vazão aos instintos animais. Por isso que a paz é difícil. Por isso que é difícil construir o bem. Nós precisamos reunir todo o patrimônio de inteligência, de boa vontade, de bondade e de talento para que o bem se instale.(...)

(...) Chegou a hora de as pessoas de bem terem consciência de por que elas estão nos lugares em que elas estão ou, o mais difícil ainda, elas terem consciência de por que elas ainda não estão onde elas deveriam estar.(...)

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 26 janeiro 2020 às 9:21

Afastemo-nos, das nossas inibições e aprendamos com o Cristo a “sair para semear”.

Fonte Viva, 64. Emmanuel/Chico Xavier

http://bibliadocaminho.com/ocaminho/txavieriano/livros/Fv/Fv64.htm

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 25 janeiro 2020 às 23:18

 Nós temos uma missão nesta Terra, nesta vida, temos que cumpri-la e fazer com que esses ensinamentos possam ser cada vez mais divulgados e propagados nas nossas atividades para a nossa sociedade como um todo. Homenageio aqui Allan Kardec pela passagem dos 150 anos do seu falecimento e registro a minha satisfação e a minha emoção de poder falar da tribuna desta Casa da importância que têm, no coração de cada um, o sentimento espírita e o sentimento cristão.

Senador Nelsinho Trad. Sessão de: 13/05/2019. Homenagem a Allan Kardec.

http://legis.senado.leg.br/escriba-servicosweb/sessao/pdf/23673

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 25 janeiro 2020 às 10:54

Eusébio, “No Mundo Maior”. André Luiz/Chico Xavier, cap.2.

Sejamos instrumentos do bem, acima de expectantes da graça. A tarefa demanda coragem e suprema devoção a Deus. Sem que nos convertamos em luz, no círculo em que estivermos, em vão acometeremos a sombra, aos nossos próprios pés”. Em síntese, é o exemplo que arrasta.

http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores_FORMIGA_Luiz_t...

 

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 24 janeiro 2020 às 21:33

Sessão Especial. Homenagem a Allan Kardec.

(...)  Das mais de mil perguntas de O Livro dos Espíritos, a obra básica do Allan Kardec, há duas que me tocam muito fortemente e que me inspiram diariamente aqui: as questões 642 e 932, respondidas através de uma pesquisa científica pelos espíritos superiores.

Questão 642 – olha que primor, olha que primor! –: para agradar a Deus, basta não fazer o mal? (...)

E há outra questão, para encerrar, que é a 932, já no final de O Livro dos Espíritos. Por que o mal prepondera sobre a Terra?

Olha só essa pergunta!

Por que o mal prepondera sobre a Terra?

Aí eu faço um complemento, explicando para vocês. Poxa, realmente que pergunta inteligente. Se a maioria das pessoas do mundo, do Planeta são pessoas boas, íntegras – e a gente sabe que é –, trabalhadoras, por que o mal ainda prepondera sobre a Terra? A resposta é como um telegrama, objetiva, direta: "Porque os bons são tímidos. Os maus são audaciosos, intrigantes, mas, quando os bons quiserem, eles dominarão a Terra".

Que Deus abençoe a todos nós e nos ilumine na construção do coração do mundo e da pátria do Evangelho!

Senador Eduardo Girão.

SENADO FEDERAL SECRETARIA-GERAL DA MESA SECRETARIA DE REGISTRO E REDAÇÃO PARLAMENTAR

1ª SESSÃO LEGISLATIVA ORDINÁRIA DA 56ª LEGISLATURA

Em: 13 de maio de 2019 (segunda-feira)

Às 10 horas 70 ª Sessão Especial – para homenagear um grande pacifista e humanista do mundo inteiro, Allan Kardec.

https://www25.senado.leg.br/web/atividade/notas-taquigraficas/-/not...

Senado Federal  13 maio 2019 Requerimento Homenagem Allan Kardec

https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/136432

Foto. 

https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/05/13/em-sessao-...

Notas taquigráficas

http://legis.senado.leg.br/escriba-servicosweb/sessao/pdf/23673

https://www25.senado.leg.br/web/atividade/notas-taquigraficas/-/not...

 

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 22 janeiro 2020 às 19:32

Espiritismo é Cultura?

http://www.oconsolador.com.br/ano10/464/especial2.html

A Cultura é um Campo de Batalha?

http://www.puggina.org/artigo/puggina/a-cultura-e-um-campo-de-batal...

Batalha Sangrenta?

Vlado contou que eles ”enlouqueceram sua esposa doente aplicando-lhe injeções no hospital e conseguiram produzir-lhe o ódio, contra o marido. Em seguida a obrigaram a denunciá-lo, destruindo seu casamento e a família.”

http://www.oconsolador.com.br/ano10/508/ca7.html

Vereza, com indescritível elegância, passa “pito” histórico em Zé de Abreu: “Respeite a Regina Duarte”

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/18395/vereza-com-i...

 

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 18 janeiro 2020 às 8:21

Provando o que dissera, Jesus surgiu no recinto fechado e sua voz ecoou:  “A paz seja convosco!” Mostrou as chagas e os discípulos encheram-se de alegria e esperança.  Mas, Tomé não estava com eles! Pobre Tomé!

No dia seguinte quando chega, é recebido com gritos de alegria: Tomé, Tomé, Jesus voltou!  Atordoado, recebe mais uma punhalada no coração: Perdera a oportunidade de ver Jesus de novo.

 A reação foi imediata: Vocês estão loucos. Fechou-se em si mesmo. Seu senso de realismo cristalizou-se e ele, então, explode:  “Se eu não vir em suas mãos o lugar dos cravos e se não puser meu dedo no lugar dos cravos e minha mão do seu lado, não crerei.” Muitos perdem a oportunidade de ver um espírito materializado realizar uma cirurgia cardíaca. As oportunidades das subjetividades dependem de “crédito” moral.

Leia mais - http://orebate-jorgehessen.blogspot.com.br/2015/04/jesus-tome-e-nos...

 

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
14 horas atrás
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
ontem
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
ontem
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
ontem
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
ontem
Elton Santos da Costa comentou a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
"Gratidao por essa mensagem tão esclarecedora."
ontem
jose carlos neofiti curtiu a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
segunda-feira
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
segunda-feira
os pae curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
segunda-feira
Posts no blog por Nilton Cardoso Moreira

Não temos para onde fugir

            Neste momento de dificuldade que estamos todos passando e que o maior atingido na insegurança é o rico, pois que…Ver mais...
segunda-feira
Amigo Espírita agora é amigo de WAGNER RICARDO FERNANDES, Val Sousa, Marlene Costa e Tania Maria Fonseca
segunda-feira
Posts no blog por os pae

Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen)

Jorge Hessenjorgehessen@gmail.comBrasília/DF Ora, quando refletimos sobre Deus e pensamos nele como “existente”, e ainda…Ver mais...
domingo

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço