Que vivemos em um mundo cujos espíritos a ele vinculados trazem a marca da imperfeição, não padece dúvidas. Todos somos Espíritos imperfeitos, em maior ou menor grau.

Mundo de Expiação e Provas, o Planeta Terra apresenta uma variedade enorme de entendimento moral que também se reflete nas instituições humanas.

Vivendo ombro a ombro com o erro, torna-se difícil não se deixar envolver pelo senso crítico e a consequente emissão de juízo.

Em O Livro dos Espíritos, Allan Kardec trata do assunto:

É errado estudar os defeitos dos outros?
– Se é para divulgação e crítica há grande erro, porque é faltar com a caridade. Porém, se a análise resultar em seu proveito pessoal evitando-os para si mesmo, isso pode algumas vezes ser útil. Mas é preciso não esquecer que a indulgência com os defeitos dos outros é uma das virtudes contidas na caridade. Antes de censurar os outros pelas imperfeições, vede se não se pode dizer o mesmo de vós. Empenhai-vos em ter as qualidades opostas aos defeitos que criticais nos outros, esse é o meio de vos tornardes superiores; se os censurais por serem mesquinhos, sede generosos; por serem orgulhosos, sede humildes e modestos; por serem duros, sede dóceis; por agirem com baixeza, sede grandes em todas as ações. Em uma palavra, fazei de maneira que não se possa aplicar a vós estas palavras de Jesus: “Vê um cisco no olho de seu vizinho e não vê uma trave no seu”. (1)

De claridade ímpar, que não reclama maiores comentários, a resposta dos Benfeitores Espirituais remete-nos ao exame de nossa própria consciência.

Em sentido mais amplo, ainda em direção aos erros cometidos pelo próximo no que diz respeito às instituições humanas, pergunta Kardec:

É errado investigar e revelar os males da sociedade?
– Depende do sentimento com que se faz; se o escritor quer apenas produzir escândalo, é um prazer pessoal que procura, apresentando quadros que mostram antes um mau do que bom exemplo. Apesar de ter feito uma avaliação, como Espírito, pode ser punido por essa espécie de prazer que tem em revelar o mal. (2)

Insiste o Codificador:
Como, nesse caso, julgar a pureza das intenções e a sinceridade do escritor?
– Isso nem sempre é útil mas, se escreve coisas boas, aproveitai-as. Se forem más, ignorai-as. É uma questão de consciência dele. Afinal, se deseja provar sua sinceridade, deve apoiar o que escreve com seu próprio exemplo.

Em Seu Evangelho de amor e luz, Nosso Senhor Jesus Cristo, adverte-nos sobre o julgamento dos erros alheios ao dizer, entre outras coisas, que a fórmula de julgamento aplicada aos outros será a mesma aplicada a nós mesmos, sem nos esquecer da regra de ouro que diz para fazermos aos outros, aquilo que gostaríamos que nos fosse feito.

É preciso, pois, muito cuidado com comentários e divulgação de erros alheios, porque, além de expor ao ridículo dos homens aquele ou aqueles que erram, ao fazê-lo tornamo-nos ainda mais responsáveis diante da Lei Divina, com a obrigação natural de não cairmos no mesmo erro.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Referências Bibliográficas:
(1) O Livro dos Espíritos; item 903;
(2) O Livro dos Espíritos; item 904;
(3) O Livro dos Espíritos; item 904 a.

Exibições: 64

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Por que apenas em setembro?

Por que apenas em setembro? 

 

O tema suicídio sempre me chamou atenção, tanto que, no ano de 2011, junto com dois amigos…

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

Espíritos de pessoas vivas: uma história de reconciliação.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Um tempo atrás, quando saía do centro espírita, um senhor me abordou para narrar curioso fato.

Aspas pra…

Por que ideias não espíritas são ensinadas nos centros espíritas?

Pode ser que ao ler o título deste texto você imagine que se trata de uma espécie de censura ou proibição a alguma ideia veiculada no centro espírita. Por isso, faço o convite para que prossiga na leitura, pois, adianto, não se trata de censura ou proibição de qualquer…

Ridículo silêncio

                                                             RIDÍCULO SILÊNCIO

Há muitas espécies de provação para a dignidade pessoal e numerosos gêneros de defesa.
Há feridas que atingem a honorabilidade de família, golpes que vibram sobre a realização individual, calúnias que envolvem o nome, acusações gratuitas, comentários desairosos à…

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Últimas atividades

Ícone do perfilFranz Hippler Neto, José Maria Silva, Pedro Luiz Gianoto e mais 3 pessoas entraram em RAE
19 minutos atrás
Casa de Jaco - Lar do idoso curtiu a postagem no blog O arrependimento como um convite à extração da pureza íntima para reparação do erro (Jorge Hessen) de os pae
1 hora atrás
os pae curtiu a postagem no blog O arrependimento como um convite à extração da pureza íntima para reparação do erro (Jorge Hessen) de os pae
10 horas atrás
Joao Iudes Nodari curtiu a postagem no blog Culpa e consciência (Jorge Hessen) de os pae
17 horas atrás
Joao Iudes Nodari curtiu a postagem no blog Culpa e consciência (Jorge Hessen) de os pae
17 horas atrás
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

FÉ SEM OBRAS É MORTA

Certa vez, Chico Xavier chegou ao Centro Espírita e viu uma multidão na porta. Ele perguntou:- O que estas pessoas querem?- Eles vieram buscar passe. - respondeu um trabalhador da casa.Chico respondeu:- Eles não precisam de passe, precisam de "pá".Os ensinamentos de Jesus pedem "pá", ou seja, trabalho no campo do espírito: sacrifício, renúncia, esforço, força de vontade, transformação moral, atitude no bem comum.Precisamos aprender a não olhar para Deus, Jesus e outros espíritos iluminados…Ver mais...
18 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
18 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Lembretes para a Vida de PATRIZIA GARDONA
19 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog SILENCIO MENTAL de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
20 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O Poder e Sua Força Corruptora de PATRIZIA GARDONA
20 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog O Poder e Sua Força Corruptora de PATRIZIA GARDONA
20 horas atrás
Posts no blog por os pae
23 horas atrás
os pae curtiu a postagem no blog O arrependimento como um convite à extração da pureza íntima para reparação do erro (Jorge Hessen) de os pae
ontem
os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem
constancia mello de carvalho sou curtiram a discussão Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei) de Amigo Espírita
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Aparando as próprias rebarbas — Sidney Fernandes de PATRIZIA GARDONA
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Um materialista cristão de PATRIZIA GARDONA
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog As Drogas e suas Implicações Espirituais de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
"O que diz o psiquiatra Jorge Andréa em “Drogas, Mediunidade e Chico…"
ontem
ALJACYRO FIRMINO DE SOUZA talvez participe do evento de Carlos Pretti - SCEE
Miniatura

“GRATIDÃO”, com Stela Maris Sâncio Gonçalves em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

20 outubro 2019 de 9 a 10:15
“GRATIDÃO”, este será o tema da palestra da pedagoga e professora de língua italiana Stela Maris Sâncio Gonçalves de Santa Teresa-ES, no próximo domingo 20 de outubro de 2019, na Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas. Stela Maris é uma das fundadoras e está como dirigente da Casa Espírita Cristã Mensageiros de Luz, localizada no Centro de Santa Teresa. Se possível…Ver mais...
ontem
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Como Atuam os Médicos Espirituais? de PATRIZIA GARDONA
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço