Pão nosso , capítulo 100, Rendemos Graça

Diante do atual estágio da Terra ainda nos é comum os sofrimentos, surgindo como provas ou como expiações, para que nós possamos despertar para seguir o caminho da evolução. Como parte das nossas más inclinações e gerando dores espirituais e corporais.

 Persistimos no desequilíbrio espiritual, de modo consciente ou não, e refletimos de alguma forma em nossas vidas, com isso, podemos falar que são erros, de antes ou de agora, se tornando dividas em forma de aflições, tendo que ser necessariamente pagas pelos próprios causadores, ou seja, nós mesmos, como estabelece a lei de causa e efeito, ou ação e reação.

No entanto, Joanna de Ângelis nos diz, no livro Plenitude, psicografado por Divaldo Pereira Franco, que o nosso sofrimento é “um mecanismo da vida a serviço da própria vida”, como o amor, e para amenizar esse mal, é preciso examiná-lo e enfrentá-lo, tendo o conhecimento da nossa condição de espíritos imortais em processo evolutivo através de experiências reencarnatórias, proporcionador da paz em nossa harmonia interior.

Enquanto que no livro Evangelho Segundo o Espiritismo, em seu capítulo V, do item de 12 a 13, nos traz a percepção de que Deus, nosso Pai Maior, sempre reduz nossas dividas causadoras de nossas aflições, podendo ser pagas às prestações, durante as existências que nos cabe na caminhada rumo à felicidade.

Contudo, nos cabe ter resignação e agir na busca pela amenização do sofrimento do próximo, sendo familiar ou não, para que se tenha esperança de um futuro melhor e conquistar o equilíbrio e a saúde do corpo e da alma.

 Não podemos, contudo, confundir a resignação, geradora da paz, com o conformismo, causa de estagnação espiritual. A primeira é uma consciência de nossos erros e tentar nos reformar intimamente, melhorarmos, para que não ocorra novamente, com a certeza de que nosso Pai Maior, com o amor que nos é dado continuamente e sempre, nos beneficiou com uma nova existência para aprender a enfrentar esse nosso desafio, simplesmente para a nossa evolução espiritual.

Já o segundo, junto às reclamações, nos faz acumular nossos débitos e, como consequência, gera uma intensidade maior em nosso sofrimento. Exemplificando alguns momentos comuns:

·         a fila não se encontrar no andamento esperado quando, intencionalmente, se quer que o nosso serviço seja prestado corretamente não importando quanto tempo passe ou um aborrecimento por alguém ‘cortar’ a tal quando essa pessoa provavelmente está resolvendo um problema que talvez seja mais rápida a solução do que do nosso (referências na conquista da paciência);

·         a perda de um dedo enquanto deveria perder um braço ou uma dificuldade em algum assunto ( referências em caso de planejamento espiritual e o mérito adquirido);

·         a perda de um veículo ou o atraso dele ao destino quando se livrou de algum mal (referência em controlar a vibração, emanações, do pensamento para o bem maior);

·         a despedida de alguém que nos é tão amado, ou não, quando se vai encontrar com essa, do outro lado da vida, por mérito, ou na outra existência, ou ainda há culpa de um ato falho nosso quando encarnamos para sermos felizes e aprender com os erros ( referência em auto perdão e consolo em nova encarnação) , entre outros sofrimentos.

Portanto, não podemos dar a entender que o nosso sofrimento é maior com relação ao do próximo, isso causa, mais uma vez citando, a estagnação no progresso espiritual. Relatando a nossa vida ‘tão sofrida’ e acrescentando o mais conhecido ‘além disso’, e sinônimos, diante do outro, tornamos o momento difícil que passamos em mais um obstáculo de muros reforçados e nos cansamos facilmente, deixando para a próxima reencarnação tudo o que ficou para trás.

Existem vários exemplos de pessoas encarnadas ou em espírito, anônimas ou de conhecimento público, que mesmo em sofrimento aliviaram suas dores procurando dar atenção e consolo ao sofrimento do próximo e, por isso, merece o nosso aprendizado, podemos citar, o nosso Irmão Maior que é Guia e Modelo para toda a humanidade, Jesus, irmã Dulce, madre Teresa de Calcutá, Chico Xavier, Gandhi, Jerônimo Mendonça (gigante deitado), e tantos outros espíritos que conhecemos, também.      

Obs.: Ler o capítulo 31, de tema “A razão da dor”, do livro Jesus no Lar, de Neio Lúcio, psicografado por Chico Xavier.

Exibições: 732

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Adão de Araujo em 23 junho 2013 às 11:13

Excelente texto para nosso estudo e meditação. Parabéns Cecy Bragança. Muita paz para você.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Marco AurelioToledo Rodrigues curtiram a discussão Fogueiras modernas: o testemunho de Jan Hus. de Amigo Espírita
2 horas atrás
NANCY UZE respondeu à discussão Não precisamos terceirizar a fé - João de Deus não é um milagreiro! de Amigo Espírita no grupo Artigos Espíritas
2 horas atrás
NANCY UZE entrou no grupo de Amigo Espírita
2 horas atrás
NANCY UZE curtiram a discussão Não precisamos terceirizar a fé - João de Deus não é um milagreiro! de Amigo Espírita
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Teus Encargos - Evangelho na Rede com Carla Fabres: https://t.co/pwNqOGELMr via @YouTube
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Carlos Pretti - SCEE curtiram o evento “Perdoe e Perdoe-se”, com Dr. Aldeniz Leite de Carlos Pretti - SCEE
8 horas atrás
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
9 horas atrás
Ícone do perfilDavid, Regiana Lucia de Oliveira e Vinicius Claudino Ferraz entraram em RAE
10 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE postou um evento
Miniatura

“Perdoe e Perdoe-se”, com Dr. Aldeniz Leite em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

27 janeiro 2019 de 9 a 10:15
10 horas atrás
João Carlos dos Reis de Souza respondeu à discussão O reino dos céus está dentro de Vós(Lc 17,20-21) de Marco Túlio Ferreira Silva
18 horas atrás
Carlos Pretti - SCEE curtiu o vídeo de ROBERTO JOSÉ DAMASCENO
19 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Palestra A escada de Jacó - Orlando Ribeiro: https://t.co/u94JDs3wSB via @YouTube
Twitter20 horas atrás · Responder · Retweet
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Dever Negligenciado – Orson Peter Carrara de PATRIZIA GARDONA
21 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/4L624X8CoD
Twitter21 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/fqVIuPPtf7
Twitter21 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/gbIlBQQzAn
Twitter22 horas atrás · Responder · Retweet
luis carlos souza silva junior curtiram o perfil de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
luis carlos souza silva junior comentou a postagem no blog Sintomas da mediunidade de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
luis carlos souza silva junior curtiu a postagem no blog Sintomas da mediunidade de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/MaVwXd1kho
Twitterontem · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço