Quem vai mudar todas as coisas

Por menos estejamos informados a cerca dos acontecimentos que envolvem a humanidade, todos nós temos certa percepção daqueles que são mais vultosos e que se instalam mundialmente.

Temos visto, diariamente, notícias sobre atentados terroristas, agressões ao meio ambiente, disputas geográficas e políticas, disputas por poder e também por notoriedade. Algumas dessas disputas ceifam vidas, provocando a destruição moral e material.

Há certa ambigüidade se instalando entre nós.

Se por um lado nos chocamos, por outro nos acostumamos, conduzindo-nos para o sentimento de que tudo isso é normal. E como não temos forças para mudar todas essas coisas, vai se tocando a vida como “Deus quer”, com o sentimento que está tudo perdido mesmo.

Nada está perdido.

O Mal não é criação Divina; O Mal é a ausência do Bem; Não é coisa de Deus, mas sim coisa do Homem, e será o Homem quem deverá mudar todas as coisas.

Se o Senhor Jesus nos alertou que a cada um será dado segundo suas próprias obras, e que no Mundo teríamos sofrimento, é porque somos nós os artífices das condições planetárias que experimentamos na atual encarnação, e sua proposta para mudarmos o panorama atual é clara e objetiva:

“Meu Pai trabalha até hoje e Eu trabalho também; A Seara é grande; É preciso usar os Talentos segundo a capacidade de cada um; Toda vez que fizermos algo aos necessitados é a Ele que o faremos; Somos a luz do mundo; É preciso acender nossa própria luz; Tudo o que quiserdes fazei isso ao teu próximo.”

O trabalho de “reforma” do Mundo está planejado, pois se trata de objetivo Divino, e está sendo conduzido pelo Senhor Jesus, que conta com uma infinidade de Espíritos de boa vontade a partir do plano espiritual. Mas somos nós, os encarnados, que deveremos mudar todas as coisas. Faz parte de nossa proposta de desenvolvimento espiritual crescer e fazer crescer, pelo trabalho e exemplo. Pela coragem de sermos bons.

Para que isso se dê o Senhor empenhou sua palavra junto de nós outros ao afirmar que não estaríamos órfãos Dele, e que Ele permaneceria ao nosso lado por todo o tempo.

Não estamos sozinhos nessa situação, e também não estamos desamparados, mas temos nas mãos o dever de agirmos segundo nossas possibilidades, que sempre poderão ser dilatadas, se desenvolvermos a confiança e o esforço através da vontade, que é atributo espiritual presente em nós.

Por menor que seja nossa possibilidade de ação, temos sempre a possibilidade de orar e agir, de demonstrar confiança e de amar, e o amor muda todas as coisas por ser expressão Divina em todos os cantos da Criação.

A Doutrina Espírita nos conduz, racionalmente, ao entendimento de que só há uma fatalidade: a Perfeição. E que compete a cada um de nós dar a sua contribuição para que o conjunto humano se estabilize o mais breve possível para felicidade de todos nós.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Nota do editor:
Imagem em destaque ilustrativa e disponível em
https://goodheartextremescience.files.wordpress.com/2009/12/world-i...;.

Exibições: 109

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crise

Por Jane Maiolo

 

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis…

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Últimas atividades

Angela Nardelli e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
4 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
7 horas atrás
André Goes respondeu à discussão É lícito pedir para não deixar-nos cair em tentação, mas livrar-nos do mal? de Marcelo Pimentel
"Amigo Luis, As escolhas são diferentes porque somos diferentes. Mesmo sendo gêmeos, o ser e a mente são individuais.O fato da doutrina dizer que somos criados perfeitamente iguais é somente um teoria adotada por ela. Mas…"
15 horas atrás
suely I B Melo curtiram a discussão Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
ontem
Diógenes Francisco Pelegrini postou eventos
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Márcia Rosane Soares
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Silvia Helena Canella Mantoan
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Frederico Afonso Fragoso
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Ellen
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Claudio Wichr
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Marcelo Bizzi
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Kary Magalhães
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de ODILON FAGUNDES DA SILVA
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de MARLON DA PAIXAO DOS SANTOS
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Alice de Paula
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Sabrina
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Éder Galúcio
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de JOISANE FLOR
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de suely I B Melo
ontem
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Vera da Silva
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço