Semana Santa e a Doutrina Espírita


          Não existe páscoa na doutrina espírita, a qual não mantém a prática de cultos, rituais ou adoração de imagens. A Páscoa é uma festa católica, culminância da chamada Semana Santa (que deve ser vista com apreço, pelos espíritas, em respeito aos nossos irmãos católicos e de outras religiões cristãs). Nesta data algumas religiões comemoram a morte e a ressurreição de Jesus.

          Na Doutrina, sabemos que a morte é consequência do processo reencarnatório, que não tem nenhuma conotação especial a não ser a volta para o mundo espiritual, e, portanto, não há necessidade de se relembrar sempre com tristeza a data na Terra, e ao cumpri-la retornou a pátria espiritual, e, para isso, passou pelo processo desencarnatório chamado de morte (vide o cap. XV de “A Gênese”, de Allan Kardec).

          Na Páscoa é comemorada a ressurreição de Jesus por algumas religiões, mas sabemos que isso é impossível. O corpo carnal uma vez morto, jamais retorna à vida. Desde que haja o desligamento do períspirito e consequentemente do espírito, a matéria se torna inerte e não mais adquire vida. Jesus aparece a seus apóstolos após a sua morte em um fenômeno chamado materialização, onde seu períspirito se tornou visível para todos que estavam presentes.

          Nesses dias de festas materiais deve-se a lembrança de Jesus, que despojado de envoltório corporal, pôde retornar ao Plano Espiritual para lá, continuar “coordenando” o processo depurativo de nosso planeta. Longe de exaltar o sofrimento de Jesus, possa ele ser encarada por nós espíritas, como a vitória real da vida sobre a morte, pela certeza da imortalidade e da reencarnação, porque a vida, em essência, só pode ser conceituada como o amor, calcado no grande exemplo da própria existência de Jesus, de amor ao próximo e valorização da própria vida.

          Nesta Páscoa, quando estiveres junto aos teus mais caros, lembra-te de reverenciar os belos exemplos de Jesus, que o imortalizam e que nos guiam para, um dia, também estarmos na condição experimentada por ele, qual seja a de “sermos deuses”, “fazendo brilhar a nossa luz”. Comemore, então, meu amigo, uma “outra” Páscoa. A sua Páscoa, a da sua transformação, rumo a uma vida plena.

Trecho do artigo de Marcelo Henrique, Diretor de Política e Metodologias de Comunicação, da Abrade: Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo, e, Delegado da CEPA: Coordenação Espírita Pan-Americana. Fonte: site Terra Espiritual. 

Semana Santa e a Doutrina Espírita

Exibições: 241

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se…

Reflexões sobre ações e críticas

            Você já se perguntou o que é a verdade? Jesus ao ser indagado por P Pilatos, na descrição do Evangelho segundo João, capítulo XVIII, respondeu com o maior silêncio que a humanidade já ouviu. Tenho me perguntado por que Ele adotou tal postura?   

            Neste…

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crise

Por Jane Maiolo

 

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis…

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

Últimas atividades

Antonio Carlos Navarro e Adriana Carvalho agora são amigos
10 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog ERROS PEQUENINOS de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
16 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog CHICO XAVIER RESPONDE: de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
16 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"O ego."
19 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Aproveitando a oportunidade oferecida pela msg acima, e em se tratando de "aprendizado", pergunto: porq teria o mestre Jesus dito que "ninguém vem a mim, se o Pai que me enviou não o mandar a mim", e "...…"
22 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão É lícito pedir para não deixar-nos cair em tentação, mas livrar-nos do mal? de Marcelo Pimentel
"Olá, Marcelo, vamos lá: a base da afirmação desses conceitos q apresento está na constatação, pela observação da vida, de que todos eles representam a realidade; tanto q ninguém…"
22 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Sim, se a causa de sermos egoístas está no fato de nos entregarmos às tendências egoístas, qual é a causa que nos leva a nos entregarmos a tais tendências? "
23 horas atrás
Conceição Valadares curtiram a discussão É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
ontem
Raphael Laurencio do Nascimento curtiram a discussão É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo) de Amigo Espírita
ontem
Toshinori e Carlos Pretti - SCEE agora são amigos
ontem
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
ontem
Elisa Tordato curtiram o perfil de Elisa Tordato
ontem
Marcelo Pimentel respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Olá. Em se tratando de aprendizado, gostaria de deixar uma frase de Khalil Gibran, que pode dar uma outra conotação ao que normalmente repetimos acerca do aprendizado espírita. Fica para reflexão! Abraços a…"
ontem
Marcelo Pimentel respondeu à discussão É lícito pedir para não deixar-nos cair em tentação, mas livrar-nos do mal? de Marcelo Pimentel
"Olá Luis! Para voltarmos a conversar com maior objetividade, gostaria de compreender a base conceitual a partir da qual conjectura suas idéias. Desse modo, gostaria que apresentasse (preferencialmente de forma objetiva) o conceito que…"
ontem
Caroline Maria Batista curtiram o perfil de Margarida Maria Madruga
ontem
Maria Fernanda Franco A.Pessanha curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Aurora Faustina Mila Falchi
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Roseana Mendes Marques
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Débora Guerra
domingo
Carlos Pretti - SCEE curtiram o perfil de Elmira Vaz Malheiros
domingo

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço