TENHA PACIÊNCIA, MEU FILHO! (Mãe do Chico Xavier)

Quando Dona Maria João de Deus desencarnou, em 29 de setembro de 1915, Chico Xavier, um de seus nove filhos, foi entregue aos cuidados de Dona Rita de Cássia, velha amiga e madrinha da criança.

Dona Rita, porém, era obsidiada e, por qualquer bagatela, se destemperava, irritadiça.

Assim é que o Chico passou a suportar, por dia, várias surras de varas de marmeleiro, recebendo, ainda, a penetração de pontas de garfos no ventre, porque a neurastênica e perversa senhora inventara esse estranho processo de torturar.

O garoto chorava muito, permanecendo horas e horas, com os garfos dependurados na carne sanguinolenta e corria para o quintal, a fim de desabafar e, porque a madrinha repetia, nervosa:

-Este menino tem o diabo no corpo.

Um dia, lembrou-se a criança de que a Mãezinha orava sempre, todos os dias, ensinando­-o a elevar o pensamento a Jesus e sentiu falta da prece que não encontrava em seu novo lar.

Ajoelhou­-se sob velhas bananeiras e pronunciou as palavras do Pai Nosso que aprendera dos lábios maternais.

Quando terminou, oh! Maravilha! Sua progenitora, Dona Maria João de Deus, estava perfeitamente viva ao seu lado.

Chico, que ainda não lidara com as negações e dúvidas dos homens, nem por um instante pensou que a Mãezinha tivesse partido para as sombras da morte.

Abraçou-a, feliz, e gritou:
-Mamãe, não me deixe aqui... Carregue­-me com a senhora...

— Não posso, — disse a entidade, triste.

- Estou apanhando muito, mamãe!

Dona Maria acariciou­-o e explicou:

- Tenha paciência, meu filho. Você precisa crescer mais forte para o trabalho. E quem não sofre não aprende a lutar.

-Mas, — tornou a criança — minha madrinha diz que eu estou com o diabo no corpo.

- Que tem isso? Não se incomode. Tudo passa e se você não mais reclamar, se você tiver paciência, Jesus ajudará para que estejamos sempre juntos.

Em seguida, desapareceu.

O pequeno, aflito, chamou­-a em vão.

Desde esse dia, no entanto, passou a receber o contato de varas e garfos sem revolta e sem lágrimas.

- Chico é tão cínico — dizia Dona Rita, exasperada, — que não chora, nem mesmo a pescoção.

Porque a criança explicava ter a alegria de ver sua mãe, sempre que recebia as surras, sem chorar, o pessoal doméstico passou a dizer que ele era um “menino aluado”.

E, diariamente, à tarde, com os vergões na pele e com o sangue a correr­-lhe em pequeninos filetes do ventre o pequeno seguia, de olhos enxutos e brilhantes, para o quintal, a fim de reencontrar a mãezinha querida, sob as velhas árvores, vendo­-a e ouvindo­-a, depois da oração.

Assim começou a luta espiritual do médium extraordinário que conhecemos.

Lindos Casos de Chico Xavier
Ramiro Gama

Exibições: 272

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de luis carlos souza silva junior em 3 fevereiro 2019 às 4:51
Amém!

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

ARI DE SOUSA LIMA curtiu o vídeo de os pae
41 minutos atrás
Ícone do perfil via Twitter
A Dimensão da Influência - com Iris Ribeiro https://t.co/XKhA3RPGjr
Twitter45 minutos atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Palestra: "Lei de Destruição" - André Sobreiro https://t.co/HnrDTrQkX7
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
As curas de Jesus: uma proposta de auto iluminação - Sergio Huallas https://t.co/Gs7j8hGu9r
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Palestra: "Lei de Destruição" - André Sobreiro https://t.co/Yylm8It237
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
O que acontece após a morte? - Livro dos Espíritos, Qs 283 a 287 - Carlos Alberto Braga https://t.co/6fdhetduvK
Twitter3 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
38º Estudo Impermanência e Imortalidade - Capítulo 14 "Incerteza" 3ª parte Mauro Guimarães https://t.co/3l5mGku9M1
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
38º Estudo Impermanência e Imortalidade - Capítulo 14 "Incerteza" 3ª parte Mauro Guimarães https://t.co/BskiKOXg2r
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
29º “Reconstruindo paradigmas: Introdução XI” com André Sobreiro https://t.co/LhLHtH7Gri
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
29º “Reconstruindo paradigmas: Introdução XI” com André Sobreiro https://t.co/1jZpKzOSng
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
Jaqueline Casado Carpigiani curtiu o vídeo de ROBERTO JOSÉ DAMASCENO
5 horas atrás
Jaqueline Casado Carpigiani curtiu o vídeo de ROBERTO JOSÉ DAMASCENO
5 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Carnaval. Bom, Bonito e Barato. Valores São Caros. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
5 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
29º “Reconstruindo paradigmas: Introdução XI” com André Sobreiro https://t.co/WdyrXkbA2x
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Aos quase suicidas" : https://t.co/HdeyUgsjRl
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
7 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"PAIS E FILHOS" : https://t.co/KVhyCA6nYc
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Reconstrução Após uma Tragedia - Vivências com Jesus - Yasmin Madeira https://t.co/W50Lrf7bAR
Twitter10 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Deus não Castiga": https://t.co/0F78xafSYx
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA
14 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço