Nenhuma descrição de foto disponível.
1 – Enfatiza-se no meio espírita o fato de que estamos em plena transição na sociedade planetária, de Mundo de Provas e Expiações para Mundo de Regeneração. É isso mesmo?

Depende do ponto de vista. Imaginemos que façamos uma viagem de São Paulo ao Rio de Janeiro como andarilhos. Desde a saída estaremos em trânsito a caminho do Rio, mas ainda longe de nosso destino. Imagino que o fato de estarmos em transição para o Mundo de Regeneração não significa que estejamos às suas portas.

2 – No que você se baseia?

Basta observar o panorama desolador da sociedade humana, onde grassam as desigualdades sociais, os preconceitos, as guerras, a violência urbana, os vícios, cidades transformadas em selvas cheias de perigos e tentações. Uma sociedade onde prevalece o egoísmo, tanto no sentido individual, promovendo as desigualdades sociais, quanto no sentido coletivo, promovendo guerras, conflitos variados entre as nações não pode caracterizar um Mundo de Regeneração.

3 – Há algum respaldo doutrinário para essa conclusão?

Basta observar o que diz Kardec, em O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo III, sobre mundos de regeneração: Sem dúvida, em tais mundos o homem ainda se acha sujeito às leis que regem a matéria; a Humanidade experimenta as vossas sensações e desejos, mas liberta das paixões desordenadas de que sois escravos, isenta do orgulho que impõe silêncio ao coração, da inveja que a tortura, do ódio que a sufoca. Em todas as frontes, vê-se inscrita a palavra amor; perfeita equidade preside às relações sociais, todos reconhecem Deus e tentam caminhar para Ele, cumprindo-lhe as leis. Pergunto: Porventura estamos perto desse cenário?

4 – E quanto ao Novo Testamento?

Em O Sermão da Montanha, quando trata das bem-aventuranças, Jesus diz: bem aventurados os mansos, porque herdarão a Terra. Parece-me que Jesus estava afirmando que quando houver a promoção de nosso planeta, aqui permanecerão os que houverem conquistado a mansuetude, o que significa que, se acontecer a tempo breve, nosso planeta ficará deserto. O vocábulo manso está tão longe do comportamento humano que usá-lo soa como xingamento. 

5 – Por que Jesus situa a mansuetude como a senha para o mundo de regeneração?

A agressividade, filha dileta do egoísmo, é o elemento gerador de todos os males. Agressividade em pensamentos, gestos, palavras, ações. É por ela que os lares se desfazem, que as pessoas se desentendem, os povos entram em conflitos, as guerras dizimam populações. 

6 – É uma visão pessimista.

Estou com Albert Schweitzer, o grande missionário alemão, quando diz: A quem me pergunta se sou pessimista ou otimista, respondo que o meu conhecimento é de pessimista, mas a minha vontade e a minha esperança são de otimista. A maldade humana faz o presente; a bondade divina está construindo o futuro de bênçãos.

7 – Na sua opinião, a “viagem” pode demorar um pouco mais do que se concebe, mas chegaremos lá. É isso?

Exatamente. A esse propósito lembro uma observação de Chico Xavier, na euforia dos anos 2.000, como se estivéssemos às portas da civilização cristianizada do Terceiro Milênio: não podemos esquecer que um milênio tem mil anos. Creio que muita água rolará no rio do tempo, até que respiremos ares de regeneração na Terra.

8 – Resumindo: estamos um tanto longe ainda do Mundo de Regeneração.

Coletivamente, sim, mas individualmente nada nos impede de realizar a regeneração em nós. Basta que combatamos a agressividade, a partir do ensinamento básico de Jesus – fazer ao próximo todo o bem que gostaríamos nos fosse feito. Trabalhando pelo próximo, realizaremos o bem em nós e seremos felizes, mesmo vivendo num mundo de provas e expiações.


Richard Simonetti

Exibições: 343

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Marco Antonio Serra curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
3 horas atrás
Edson Luís da Silva Macedo curtiram a página Regras de Publicação de Amigo Espírita
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"QUARENTENA. MORTE. SENTIDO DA VIDA.  Quem decidiu sobre nossa existência, sobre o seu valor? Qual o sentido do Universo e da existência humana? Que é o homem? O fato de ser portador de um diploma, de conhecimentos, leva o…"
sábado
Ícone do perfilAurora, Marco Túlio Brito e Eliana entraram em RAE
sábado
Ariel Ale Anjo curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Prêmio Nobel de Química diz que medidas de isolamento podem ter custado mais vidas do que salvo.  http://www.youtube.com/watch?v=0KfxOFsWwOk"
sexta-feira
Antonio Carlos G. Sarmento curtiram o perfil de Monica lucio
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Com precaução ninguém morre antes da hora. (1) A autópsia das pessoas que morreram em conexão com o coronavírus tinham pelo menos uma doença anterior. Todos eles teriam morrido no decorrer deste ano.…"
sexta-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
quinta-feira
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
27 Maio
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
26 Maio
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
26 Maio

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço