Allan Kardec, o Codificador da Doutrina Espírita, naquela triste manhã de abril de 1860, estava exausto, acabrunhado.
Fazia frio.
Muito embora a consolidação da Sociedade Espírita de Paris e a promissora venda de livros, escasseava o dinheiro para a obra gigantesca que os Espíritos Superiores lhe haviam colocado nas mãos.
A pressão aumentava...
Missivas sarcásticas avolumavam-se à mesa.
Quando mais desalentado se mostrava, chega a paciente esposa, Madame Rivail - a doce Gabi -, a entregar-lhe certa encomenda, cuidadosamente apresentada.
O professor abriu o embrulho, encontrando uma carta singela. E leu.

"Sr. Allan Kardec:
Respeitoso abraço.
Com a minha gratidão, remeto-lhe o livro anexo, bem como a sua história, rogando-lhe, antes de tudo, prosseguir em suas tarefas de esclarecimento da Humanidade, pois tenho fortes razões para isso.
Sou encadernador desde a meninice, trabalhando em grande casa desta capital.
Há cerca de dois anos casei-me com aquela que se revelou minha companheira ideal. Nossa vida corria normalmente e tudo era alegria e esperança, quando, no início deste ano, de modo inesperado, minha Antoinette partiu desta vida, levada por sorrateira moléstia.
Meu desespero foi indescritível e julguei-me condenado ao desamparo extremo.
Sem confiança em Deus, sentindo as necessidades do homem do mundo e vivendo com as dúvidas aflitivas de nosso século, resolvera seguir o caminho de tantos outros, ante a fatalidade...
A prova da separação vencera-me, e eu não passava, agora, de trapo humano.
Faltava ao trabalho e meu chefe, reto e ríspido, ameaçava-me com a dispensa.
Minhas forças fugiam.
Namorara diversas vezes o Sena e acabei planeando o suicídio. "Seria fácil, não sei nadar"- pensava.
Sucediam-se noites de insônia e dias de angústia. Em madrugada fria, quando as preocupações e o desânimo me dominaram mais fortemente, busquei a ponte Marie.
Olhei em torno, contemplando a corrente... E, ao fixar a mão direita para atirar-me, toquei um objeto algo molhado que se deslocou da amurada, caindo-me aos pés.
Surpreendido, distingui um livro que o orvalho umedecera.
Tomei o volume nas mãos e, procurando a luz mortiça do poste vizinho, pude ler, logo no frontispício, entre irritado e curioso:
"Esta obra salvou-me a vida. Leia-a com atenção e tenha bom proveito. - A. Laurent."
Estupefato, li a obra - "O Livro dos Espíritos" - ao qual acrescentei breve mensagem, volume esse que passo às suas mãos abnegadas, autorizando o distinto amigo a fazer dele o que lhe aprouver."
Ainda constava da mensagem agradecimentos finais, a assinatura, a data e o endereço do remetente.
O Codificador desempacotou, então, um exemplar de "O Livro dos Espíritos" ricamente encadernado, em cuja capa viu as iniciais do seu pseudônimo e na página do frontispício, levemente manchada, leu com emoção não somente a observação a que o missivista se referira, mas também outra, em letra firme:
"Salvou-me também. Deus abençoe as almas que cooperaram em sua publicação. - Joseph Perrier."

Após a leitura da carta providencial, o Professor Rivail experimentou nova luz a banhá-lo por dentro...
Aconchegando o livro ao peito, raciocinava, não mais em termos de desânimo ou sofrimento, mas sim na pauta de radiosa esperança.
Era preciso continuar, desculpar as injúrias, abraçar o sacrifício e desconhecer as pedradas...
Diante de seu espírito turbilhonava o mundo necessitado de renovação e consolo.
Allan Kardec levantou-se da velha poltrona, abriu a janela à sua frente, contemplando a via pública, onde passavam operários e mulheres do povo, crianças e velhinhos...
O notável obreiro da Grande Revelação respirou a longos haustos, e, antes de retomar a caneta para o serviço costumeiro, levou o lenço aos olhos e limpou uma lágrima..." 

(Hilário Silva - O Espírito da Verdade, 52, FEB)

Exibições: 430

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Últimas atividades

os pae compartilhou o post do blog deles em Facebook
19 minutos atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Não. As Identidades são únicas e livres e por isso são responsáveis. Caso contrário seriam autômatos e sem identidade e também sem responsabilidade."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Sim, foi Deus quem nos deu o ego mas as decisões à partir desse ponto não mais responsabilidade de Deus. Do contrário não precisaríamos de ego. Poderíamos ser autômatos e aí sim Deus…"
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Criados perfeitamente iguais em essência e não em identidade."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Porque preterimos o absoluto onde o egoísmo não pode ser vivenciado."
1 hora atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Nasa estuda a aura de Chico Xavier.(LENDA URBANA) de Francisco Amado
"Não o que Deus faz, mas o que fez, como um pai humano que fez os seus filhos e os mesmos, agora crescidos, são responsáveis pelos seus atos e não o seu pai."
1 hora atrás
Ícone do perfil via Twitter
Parábola da Festa de Núpcias - Evangelho na Rede com Oceander Veschi e Stela Onishi assista pelo youtube… https://t.co/m5dvhn7z4X
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Estudo 4 - Cap. 5 - A Gália (Livro Depois da Morte / Léon Denis) com Vinicius Lara assista no youtube… https://t.co/2hTP2WZJnN
Twitter11 horas atrás · Responder · Retweet
Angela Smanio curtiu a postagem no blog KARDEC NO FOCO DAS CÂMERAS de Antonio Cesar Perri de Carvalho
12 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Entre a Terra e o Céu" #24 - Cap 28 "Retorno" - Mauro M Guimarães assista no youtube https://t.co/XoPNbpXiii https://t.co/uyCPhbtjny
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Entre a Terra e o Céu" #24 - Cap 28 "Retorno" - Mauro M Guimarães assista no youtube https://t.co/XoPNbpXiii https://t.co/lt6J1oVVEw
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
luis conforti junior respondeu à discussão Nasa estuda a aura de Chico Xavier.(LENDA URBANA) de Francisco Amado
"Se não é Deus o responsável, quem é, se todos somos exatamente o q Deus faz de cada um de nós?"
13 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Se Deus nos criou a todos fora da dualidade, porq todos nós, humanos e não-humanos, sem exceção de um só, vivemos dentro da dualidade?"
13 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Se Deus nos deu a lei, e a decisão, a escolha de segui-la, é de cada um de nós, porq uns a seguem e outros não, se somos, segundo a codificação, criados perfeitamente iguais?"
13 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Situações controversas em medicina, uma visão médico-espírita - Fernando Sant`Anna https://t.co/Gl1aQlN0Ab
Twitter13 horas atrás · Responder · Retweet
luis conforti junior respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Pois é, se o ego é a resposta para o fato de uns serem bons e outros serem maus, é Ele mesmo, Deus, o responsável por haverem seres bons e maus, pois o ego é, pelo Criador, colocado em cada um de nós, tanto…"
13 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Sendo assim, Deus é o responsável pelo q as essências e, consequentemente, as identidades ser tornam."
13 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Situações controversas em medicina, uma visão médico-espírita - Fernando Sant`Anna https://t.co/DjLWvB1iJb
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Peça e receba, o universo conspira a seu favor" - José Lázaro Boberg assista pelo youtube https://t.co/HKJz9FJDEk https://t.co/3gPM4nhLyn
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Peça e receba, o universo conspira a seu favor" - José Lázaro Boberg assista pelo youtube https://t.co/HKJz9FJDEk https://t.co/rUy66V1JNM
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço