Uma década após Chico Xavier

*Antonio Cesar Perri de Carvalho

 

Há dez anos, no dia 30 de junho, partia para o mundo espiritual o médium espírita Francisco Cândido Xavier. Com a idade de 92 anos, dos quais 75 anos dedicados a tarefas espíritas, Chico Xavier completou uma existência de dedicação ao bem.


Até o ano de 1959, labutou na sua terra natal, a pequena Pedro Leopoldo, próxima à capital de Minas Gerais. Em seguida, atuou até o final de sua existência física em Uberaba. Nas duas cidades, fundou centros espíritas e empreendeu inúmeras tarefas de assistência à população carente e o diuturno atendimento espiritual às pessoas que o procuravam sedentas de consolo, esclarecimento e orientação espiritual.
Entre aqueles que buscavam acolhimento junto a Chico estavam milhares de famílias carregando a dor da perda de familiares. Um número imenso delas foi beneficiado com as mensagens de autoria do "morto" querido, dando origem às chamadas cartas familiares. Centenas delas foram agrupadas em livros.

Por meio de sua mediunidade de escrita (chamada psicografia), Chico Xavier foi intermediário para a elaboração de 450 livros, sendo autores ou coautores milhares de espíritos. Entre eles, se destacam as obras assinadas pelo seu mentor espiritual Emmanuel e as de autoria do espírito André Luiz.

Neste mês de julho, transcorrem efemérides significativas relacionadas com a vida de Chico Xavier e com a história do Espiritismo. No dia 8 de julho, completam-se os 85 anos da primeira psicografia do então jovem médium, pois contava apenas 17 anos de idade.

No mesmo mês, transcorrem aniversários de lançamentos de duas importantes obras psicográficas: 80 anos da obra inaugural "Parnaso de Além Túmulo" (primeiro dentre os 450) e 70 anos do romance histórico "Paulo e Estêvão". Este seu primeiro livro, com poemas de conhecidos autores portugueses e brasileiros, suscitou manifestações favoráveis de membros da Academia Brasileira de Letras e da imprensa da época. O Conselho Espírita Internacional tem editado livros mediúnicos de Chico Xavier em sete idiomas.

A vida e obra de Chico Xavier já foram transformadas em filmes, como os recentes "Chico Xavier", "Nosso Lar" e "As Mães de Chico Xavier". No ano de 2010, os dois primeiros filmes levaram quase 8 milhões de espectadores às salas de cinema. "Nosso Lar" está sendo lançado - formato de DVD - em dezenas de países de todos os continentes.

Um novo filme será lançado no dia 31 de agosto, em cinemas de todo o Brasil. "E a Vida Continua..." é baseado em livro de mesmo título, de autoria do espírito André Luiz. Aliás, o livro já foi adaptado para novela (“A Viagem"), que foi exibida duas vezes: na antiga TV Tupi e com nova produção na TV Globo.
Chico Xavier, mesmo com toda a projeção de sua mediunidade e de sua obra, sempre se manteve simples, humilde, atencioso e desprendido. No ano de 1977, quando se comemorava os 50 anos de seus labores mediúnicos, ele declarou em uma das entrevistas: "Sou sempre um Chico Xavier lutando para criar um Chico Xavier renovado em Jesus e, pelo que vejo, está muito longe de aparecer, como espero e preciso".

No próximo dia 30 de junho, a Federação Espírita Brasileira promove evento em sua sede - transmitido ao vivo por www.tvcei.com  - com lançamento de livros e a realização de seminário alusivo a uma de suas significativas produções mediúnicas, que é considerada sua obra-prima: "Os trabalhadores espíritas e os primeiros cristãos, à luz da obra Paulo e Estêvão".

Uma década após a desencarnação, Chico Xavier é uma referência nacional, como exemplo de dedicação ao bem, à paz e ao esclarecimento espiritual.


*Antonio Cesar Perri de Carvalho é araçatubense, vice-presidente da FEB (Federação Espírita Brasileira), membro da CEI (Comissão Executiva do Conselho Espírita Internacional) 
 

Exibições: 1499

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Margarida Maria Madruga em 30 junho 2012 às 18:45

Excelente texto. Aprende-se só em falar de Chico Xavier.

A sua constante dádiva da humildade muito nos ensina.

Eu imagino, se Chico Xavier precisava criar um Chico Xavier renovado, imagine NÓS?

Parafraseando o Wellington Balbo... Pensemos nisso!

Comentário de cristina goulart de menezes em 29 junho 2012 às 18:32

Que saudade, que falta ele nos faz! Quantas coisas boas deixou ....

Comentário de Genilton Gomes Borba em 29 junho 2012 às 17:50

Grande Chico, discípulo de Jesus...

Comentário de Douglas Rômulo Sampaio Mendes em 28 junho 2012 às 22:40

O Chico,que aprendi a amar,está aqui,está ali e acolar,O Chico,que aprendi a amar,estará sempre conosco,porque   esta vivo.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Ariel Ale Anjo curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
30 minutos atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Prêmio Nobel de Química diz que medidas de isolamento podem ter custado mais vidas do que salvo.  http://www.youtube.com/watch?v=0KfxOFsWwOk"
1 hora atrás
Ícone do perfilMarco Túlio Brito e Eliana entraram em RAE
1 hora atrás
Antonio Carlos G. Sarmento curtiram o perfil de Monica lucio
18 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Com precaução ninguém morre antes da hora. (1) A autópsia das pessoas que morreram em conexão com o coronavírus tinham pelo menos uma doença anterior. Todos eles teriam morrido no decorrer deste ano.…"
21 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Medo da Morte? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Confiança em Deus. Há sempre um amanhã, diz o poeta. Você pode esperar. Um lindo amanhã há chegar. Há sempre um amanhã, pra quem vive a sofrer, não custa esperar, você vai ver. E…"
ontem
Nilton Cardoso Moreira comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Muito bem colocado amigo Virgilio. Obrigado pelo comentário."
quarta-feira
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves comentou a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
"Nem a folha da árvore cai sem a permissão de Deus Pai. Acaso é termo Materialista"
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Virgilio Augusto Esteves curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Elton Santos da Costa comentou a postagem no blog Na Escola Terrestre - (Mensagem psicografada por Wagner Paixão, em 18 abril de 2020) de Amigo Espírita
"Gratidao por essa mensagem tão esclarecedora."
terça-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço