“…mas seu coração está longe de mim”

Jesus (Mt 15:8)

 

A proximidade do Natal, para a maioria de nós, é oportunidade para “amolecermos” o coração. Nessa época somos bombardeados, no bom sentido, através de mensagens áudio visuais de todo tipo, pelo ideal de fraternidade, de companheirismo e de prática de valores fundamentados no amor ao próximo.

No terreno da mídia comercial, excessivamente mercantilista, as propagandas fazem uso desse sentimento, o de amor ao próximo, para nos induzir ao consumo, mas, em parte, acaba por nos fazer exercitar o sentimento fraterno, mesmo que com superficialidade e por curto espaço de tempo.

Também as mídias sociais nos bombardeiam com mensagens diversas, inclusive com as que nos dedicam positivos votos pessoais, quase sempre mexendo com nossos sentimentos e valores mais íntimos.

Porém, passado o chamado período das festas de fim de ano, quase sempre retornamos para nossas rotinas, embrenhando-nos novamente no “terra a terra” diário, esfriando nosso calor humano ao nível anterior ao clima natalício.

Isso acontece porque o nosso coração ainda não está, de nossa parte, jungido ao Senhor Jesus, definitivamente.

A identidade do nosso coração com o Senhor Jesus virá, naturalmente, com o entendimento de Sua mensagem esclarecedora e, por isso mesmo, libertadora, como Ele mesmo afirmou:

“Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará”. (1)

O Senhor, ao dizer “na minha palavra”, estava, evidentemente, falando do ensino moral nelas contidas, e conhecedor de nossa ignorância, e também da “dureza de nossos corações”, nos informou que haveria, para nos elucidar, uma nova mensagem em tempos futuros:

“Mas o Paracleto, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos lembrará todas as coisas que vos disse.” (2)

Allan Kardec, a respeito do moral evangélica, comenta:

“Poucos, no entanto, a conhecem a fundo e menos ainda são os que a compreendem e lhe sabem deduzir as consequências. A razão está, por muito, na dificuldade que apresenta o entendimento do Evangelho que, para o maior número dos seus leitores, é ininteligível.” (3)

Eis uma das tarefas do Espiritismo, como o próprio Senhor Jesus anunciou, fazer-nos entender a moral contida nos Seus ensinos, para que, compreendendo-a, possamos colocá-la em prática, e ela se baseia, segundo Jesus, em:

“Assim, tudo quanto quereis que os homens vos façam, assim também fazeis vós a eles; pois esta é a Lei e os Profetas”. (4)

Mas, segundo Jesus, para praticar a orientação acima há uma condição:

“Misericórdia quero, e não oferendas”. (5)

Ou seja, com o coração, e não com cultos exteriores.

Desta forma, o estudo sistemático da Doutrina Espírita nos leva ao entendimento de que a solidariedade que o “clima do Natal” nos traz deve ser compreendida como um hábito a ser desenvolvido e mantido por todos nós, momento a momento e ininterruptamente, para com todos e por todo o sempre.

Só assim o nosso coração nos aproximará do Senhor,

 “para que todos sejam um. E assim como tu, Pai, estás em mim, e eu em ti, que também eles estejam em nós.” (6)

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Referências:

(1) João 8:31,32;

(2) João 14:26;

(3) O Evangelho segundo o Espiritismo, Introdução, I – Objetivo desta obra;

(4) Mateus 7:12;

(5) Mateus 9:13;

(6) João 17:21.

 

Obs. As citações evangélicas foram tiradas de O Novo Testamento, tradução de Haroldo Dutra Dias, 1ª edição, 2010.

Exibições: 100

Comentar

Você precisa ser um membro de . para adicionar comentários!

Entrar em .

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

Conceição Valadares curtiram o evento “Livre Arbítrio e Fatalidade”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
14 minutos atrás
Ícone do perfilDennis Dunn, Rachel Andrade Peixoto, Mírian e mais 4 pessoas entraram em .
29 minutos atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/ntzIALYJsx
Twitter49 minutos atrás · Responder · Retweet
Elciene Maria Tigre Galindo está participando do evento de Carlos Pretti - SCEE
Miniatura

“Livre Arbítrio e Fatalidade”, com Eliomar Borgo Cypriano em Sociedade Colatinense de Estudos Espíritas

19 agosto 2018 de 9 a 10:15
1 hora atrás
Elciene Maria Tigre Galindo curtiram o evento “Livre Arbítrio e Fatalidade”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
Elciene Maria Tigre Galindo curtiram o evento “Livre Arbítrio e Fatalidade”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
Jaqueline Meire Palma Casado curtiram o evento “Livre Arbítrio e Fatalidade”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
1 hora atrás
geralda lucia dias do prado curtiram o evento “Livre Arbítrio e Fatalidade”, com Eliomar Borgo Cypriano de Carlos Pretti - SCEE
4 horas atrás
LuziaMartins curtiram o evento Reforma Intima de Ari Carrasco Silveira
4 horas atrás
Margarida Maria Madruga comentou a postagem no blog MENSAGEM AOS PAIS.(Emmanuel) de Fernando Gomes de Souza
6 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Bem e mal sofrer" - Evangelho na Rede com Américo Nunes: https://t.co/rUdoX8kHJw via @YouTube
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"EM FAMÍLIA" : https://t.co/DGKaJd93fx
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"Bem e mal sofrer" - Evangelho na Rede com Américo Nunes: https://t.co/kLtVlEsIyF via @YouTube
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
10 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Sobre o Aborto de Antonio Carlos Navarro
16 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Estou fazendo uma transmissão ao vivo no @YouTube. Venha assistir: https://t.co/xLmCTzm46m
Twitter19 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2018   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço