Vacina contra a Obsessão – por Sidney Fernandes

Vacina contra a Obsessão – por Sidney Fernandes

Finalmente Jerônimo encontrou seu velho inimigo, Fabrício, depois de décadas de procura, e agora iria se vingar do mal que ele causara, em vida anterior.

Lembrava-se muito bem dos longos anos que passara na prisão, determinada por Fabrício, ao decretar a longa pena, oriunda de processo criminal.

De nada adiantaram os esclarecimentos prestados pelos mentores espirituais que o acolheram, depois da sua morte, e lhe asseguraram que, como juiz de direito, aquele que considerava seu desafeto tão somente cumprira seu dever jurídico.

Em seu peito, havia apenas a sinistra intenção de desforra, que lhe carreava fortes sentimentos negativos. Durante o tempo de procura, arquitetara detalhadamente o plano de vingança contra o oponente que o havia prejudicado e, sob o seu ponto de vista, provocado seu óbito, depois de longa doença contraída no cárcere.

Entre a teoria e a prática, no entanto, Jerônimo esbarrou em alguns obstáculos. O envolvimento do rival, tão bem planejado, não se mostrou tão fácil quanto esperava.

Deparou-se com um opositor expansivo, otimista, descontraído, honesto e trabalhador. Mais do que isso, por mais que procurasse, não encontrava qualquer brecha moral por onde pudesse se insinuar e perpetrar seus mórbidos planos.

O mais estranho é que Fabrício não apresentava qualquer sinal de remorso, característica de quem carrega vasto complexo de culpa. Seu corpo espiritual, inexplicavelmente, encontrava-se em apreciável condição de equilíbrio, sem sinais do mal que se instala nos recessos do espírito de quem o concretiza.

— Será que os iluminados tinham razão e Fabrício era inocente? — articulava Jerônimo em seus pensamentos. Impossível, ele haverá de pagar por tudo o que me fez!

A alma de Fabrício, todavia, parecia uma armadura indevassável. Era modelo de virtude e de alegria, cumpridor de seus deveres profissionais, marido atencioso e pai extremado.

Resignado, o velho vingador já estava quase desistindo da empreitada maligna, quando aconteceu o desastre: um flagelo destruidor, de largas proporções, com grande número de vítimas.

Os telejornais não falaram de outra coisa por noites seguidas. As manchetes jornalísticas ocuparam os espaços mais nobres. Os comentários das pessoas somente giraram em torno das dores, das mortes e dos sofredores. O desastre ecológico era noticiário em várias partes do mundo e as pessoas foram cedendo ao bombardeio das sombras, da angústia e da tristeza. E Fabrício contraiu o vírus da amargura.

Levado pela enxurrada da tormenta provocada por inúmeras pessoas lacrimosas e desavisadas, Fabrício acusou o golpe e adquiriu, da noite para o dia, a fragilidade emocional que caracteriza os incautos e invigilantes. Um prato cheio para o obsessor que o aguardava, pacientemente, para lhe incutir suas sugestões macabras.

O fiel trabalhador, que agora era um trapo velho em pessoa, tornou-se extremamente vulnerável aos ataques de Jerônimo, que se preparava para desferir o golpe fatal, com a profundidade desejada.

Foi nessas condições que Fabrício adentrou os portais de sua residência, cabisbaixo, triste, negativo e choroso. E então aconteceu o milagre. Esperava-o a amiga e esposa Márcia, mãe dedicada, com o evangelho na mão, para, ao lado de seus filhinhos, realizarem a oração semanal.

Jerônimo ainda esboçou alguma reação, tentando desfazer aquele círculo de luz que se formava no lar de Fabrício, mas era tarde demais. As nuvens escuras que haviam sido cuidadosamente arquitetadas pelo obsessor começaram a se desfazer, como por encanto.

E o pior aconteceu para Jerônimo: a oração inicial do evangelho no lar, proferida por doce criança de apenas sete aninhos, era dirigida aos sofredores da tragédia acontecida e para os infelizes desencarnados. Aquela família estava orando por ele!

Agora fora a vez de Jerônimo acusar o golpe. Mas, diferentemente de seu ataque, era um golpe de luz, de que se utilizaram os protetores daquele abençoado lar para envolvê-lo e, finalmente, fazê-lo entender que sua luta era injusta.

Estranhamente, Jerônimo não se apressou em dali fugir, ao sentir as cálidas vibrações que o envolviam e o faziam sentir-se, depois de muitos anos, pela primeira vez, em paz.

A lição da noite falou do combate à tristeza, aos pensamentos negativos e da incessante luta contra as raízes da amargura do coração. E foi assim, nesse diapasão de harmonia, que Jerônimo se deixou conduzir pelas iluminadas entidades ali presentes, rumo a um novo destino que ali se iniciava.

Fiquemos com Neio Lúcio:

A projeção destrutiva do ódio morrera, afinal, ali, dentro do lar humilde, diante da força infalível e sublime do amor.

Exibições: 202

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 25 março 2019 às 22:17

Vacinação. Desafio de urgência.

(...) Estabelecer um serviço de imunização infantil eficaz e permanente é, para qualquer país, dar um passo adiante no sentido do desenvolvimento social e econômico; estabelecer-se uma campanha nacional permanente de evangelização infanto-juvenil é anunciar a era nova. É lançar as bases para que o país venha a assumir o seu destino de coração do mundo, verdadeiro celeiro de amor. Reformador (FEB), 99 (1823): 61-64, fevereiro, 1981. (38 anos atrás)

http://www.aeradoespirito.net/ArtigosLCF/VAC_DESAF_DE_URGENCIA_LCF....

 

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

É sempre tempo de receber visitas

Por Jane Maiolo

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26

 …

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

Em geral o Espiritismo não trabalha com datas predefinidas para acontecimentos.

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Desde que o mundo é mundo o homem busca, por meio das previsões, antecipar-se…

Reflexões sobre ações e críticas

            Você já se perguntou o que é a verdade? Jesus ao ser indagado por P Pilatos, na descrição do Evangelho segundo João, capítulo XVIII, respondeu com o maior silêncio que a humanidade já ouviu. Tenho me perguntado por que Ele adotou tal postura?   

            Neste…

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Espiritualidade em comportamento de crise

Por Jane Maiolo

 

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis…

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
"Dupla Renovação" - Evangelho na Rede com Carla Fabres assista pelo youtube https://t.co/LskC5XrOtb https://t.co/WRRLex2Tvw
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Energia Mental e Saúde Espiritual - Estudo Reflexivo com Alírio de Cerqueira Filho assista pelo youtube… https://t.co/pPiCsHzZuv
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Tempos de mudanças - Carlos Alberto Braga assista pelo youtube https://t.co/Azxrat1eNP https://t.co/pGtwvic8ME
Twitter16 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
O Espiritismo - Palestra com Revair Lopes assista pelo youtube https://t.co/zsWPOFdU2n https://t.co/cO7HS642Ol
Twitter16 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Onde está o teu coração, aí está o teu tesouro - Hélio Tinoco assista pelo youtube https://t.co/CzSYpcJ024 https://t.co/bqR774JCaV
Twitter16 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"A herança do pecado" - Mauro Rodrigues assista pelo youtube https://t.co/ceDagqztEt https://t.co/phVohEizh0
Twitter16 horas atrás · Responder · Retweet
Diovani Souza curtiu a postagem no blog ACEITAÇÃO de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
16 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog Esquecimento do passado e consciência de PATRIZIA GARDONA
16 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog SUA FÉ SUPORTA AS TEMPESTADES DA VIDA ? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
16 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog Como os Espíritos nos Influenciam? de PATRIZIA GARDONA
16 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Tempos de mudanças - Carlos Alberto Braga assista pelo youtube https://t.co/Azxrat1eNP https://t.co/PHqtzba1Xc
Twitter17 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
"SUA FÉ SUPORTA AS TEMPESTADES DA VIDA ?": https://t.co/00TpXxpWb2
Twitter18 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI

SUA FÉ SUPORTA AS TEMPESTADES DA VIDA ?

Então Jesus entrou na barca, e seus discípulos o acompanharam. E eis que houve grande agitação no mar, de modo que a barca estava sendo coberta pelas ondas. Jesus, porém, estava dormindo. Os discípulos se aproximaram e o acordaram, dizendo: - Senhor, salva-nos, porque estamos afundando!Jesus respondeu:- Por que vocês tem medo, homens de pouca fé?E, levantando-se, ordenou os ventos e o mar, e tudo ficou calmo. Os homens ficaram admirados e disseram:- Quem é esse que até os ventos e o mar lhe…Ver mais...
18 horas atrás
Ícone do perfilSusana Schulz e claudia martins entraram em RAE
18 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Como os Espíritos nos Influenciam?" : https://t.co/QKfn2ID0oj
Twitter18 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Como os Espíritos nos Influenciam?

Primeiro, porque estão ao nosso lado e vêem tudo o que fazemos. Não existe um segredo que possamos esconder deles – mesmo aqueles que escondemos de nós mesmos.Além disso, existem os espíritos que conhecem também os atos que praticamos em outras vidas e dos quais, momentaneamente, não nos lembramos.É muito mais fácil esconder algo de pessoas vivas do que dos…Ver mais...
18 horas atrás
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão RESILIÊNCIA – Espiritismo e Espírita de Feeak Minas
19 horas atrás
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão RESILIÊNCIA – Espiritismo e Espírita de Feeak Minas
19 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Onde está o teu coração, aí está o teu tesouro - Hélio Tinoco assista pelo youtube https://t.co/CzSYpcJ024 https://t.co/gXckUhco85
Twitter20 horas atrás · Responder · Retweet
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Amigo Pimentel, peço ao amigo que me indique como abrir novo tópico, q não mais encontro as instruções para isso."
20 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço