Vade retro obsessor ou baldios “descarregos”? (Jorge Hessen)

Jorge Hessen

jorgehessen@gmail.com

 

De A a Z ou seja de  “Abaddon” da mitologia cristã a “Zulu Bangu” da mitologia africana há mais de 200 codinomes para designar os “demônios”. Entretanto, sabemos que  os “demônios”,  como são caracterizados pela  teologia decrépita,  não são criaturas reais.  Conforme o senso comum, a expressão “demônios” significa seres essencialmente perversos e seriam, como todas as coisas, criação de Deus. Ora, Deus que é soberanamente justo e bom não poderia ter criado Espíritos predispostos ao mal para toda a eternidade.

O Espiritismo nos faz distinguir a natureza e a origem desses “demônios”, a partir do princípio de que todos os seres humanos foram criados simples e ignorantes, portanto, imperfeitos, sem conhecimentos e sem consciência do bem e do mal. Pela Lei de evolução todos nós, sem qualquer exceção, conseguiremos alcançar a relativa perfeição e gradualmente desenvolveremos virtudes, a fim de avançarmos na hierarquia espiritual até alcançarmos a plena felicidade na “angelitude”.

Além disso, sobre os famigerados “coisas-ruins”, o Codificador do Espiritismo nos ensina que eles [os “demônios”] são nossos irmãos , porém são Espíritos que ainda se encontram moralmente nas classes inferiores, todavia, chegará um dia em que se cansarão dos sofrimentos e compreenderão a necessidade de bancarem o bem.

Os “demônios” devem, portanto, ser entendidos como referentes aos Espíritos impuros, que frequentemente não são melhores que os designados por esse nome, mas com a diferença de serem os seus estados tão-somente transitórios. Na verdade  eles são os Espíritos imperfeitos que resmungam contra as suas provações e por isso as sofrem por mais tempo, entretanto chegarão livremente  à perfeição, quando se dispuserem a isso.  

Se existissem “demônios”, eles seriam criação de Deus, ora,  o Senhor da vida seria justo e bom se tivesse criado seres devotados eternamente ao mal e infelizes? Se há “demônios”, descreveram os Benfeitores do além  a Allan Kardec,  “eles habitam em teu mundo inferior e em outros semelhantes. São esses homens hipócritas que fazem de um Deus justo, um Deus mau e vingativo e crêem lhe serem agradáveis pelas abominações que cometem em seu nome”.[1]

O vocábulo demônio não implica na ideia de Espírito mau senão na sua acepção contemporânea, porque a terminologia grega Daimon, da qual se origina, significa, “Deus”, “poder divino”, “gênio”, “inteligência”, e se utiliza para indicar os seres incorpóreos, bons ou maus, sem distinção. Porém, há pessoas que acreditam no poder maléfico do “Príncipe das Trevas” e até o enaltecem em suas igrejas. Não me surpreenderia se fossem fechadas muitas igrejas se os seus dirigentes deixassem de acreditar em Satanás. (Pasme!)

Os antigos e modernos sacerdotes fizeram e fazem com os “demônios” o mesmo que com os “anjos”. Do mesmo modo que arquitetaram a imagem de seres perfeitos desde toda a eternidade, construíram igualmente os Espíritos inferiores por seres perpetuamente maus. Os partidários da “doutrina dos demônios” se apóiam nas cridas repreensões do Cristo. Chegou-se ao absurdo de criar o instituto do exorcismo para afugentamento de tais entidades.

Amparados no alarido beneditino “vade retro Satã! ”, os exorcistas exortam os espíritos demoníacos a saírem do corpo dos possessos, valendo-se igualmente da invocação do nome de Deus, de Cristo e todos os anjos. E ao final dos extenuantes berreiros e invocações, sempre sob o arrimo da “reza brava” e “água benta”, o resultado aparentemente surge de forma rápida, mas sem sustento duradouro.

Inexplicavelmente há instituições “espíritas” que promovem sessões de “desobsessão” (ou seria exorcismos?), que consideram mais “fortes” e com efeitos “imediatos”, conforme garantem seus realizadores, contudo lamentavelmente nesses estranhos “tratamentos espirituais” (ou descarrego?) são normatizados exclusivamente um procedimento coercivo, o “banimento” instantâneo e transitório do obsessor. Mas será que esse rápido afastamento espiritual é possível? Ora, é obvio que não, pois é impossível “rebentar, de um instante para outro, algemas [mentais] seculares forjadas nos compromissos recíprocos da vida em comum?”[3]  Impossível, mesmo!

Os espíritas compreendem que os cognominados, “capetas”, “coisa-ruim”, “lúcifer”, “diabo”, “satanás”, “satã”, “cão”, “demo”, “besta” e outros “demônios” que reverberam na mente do povo, não são seres votados por Deus à prática do mal, e sim seres humanos desencarnados que se desequilibraram em atitudes infelizes perante a vida. “Na raiz do problema encontramos a necessidade de considerar os chamados “espíritos das trevas” [demônios] por irmãos verdadeiros, requisitando compreensão e auxílio, a fim de se remanejarem do desajuste para o reequilíbrio neles mesmos.” [2]

 

Referência bibliográfica:

[1]        KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos, questão 131, RJ: Ed. FEB, 2001

[2]        XAVIER Francisco Cândido. Caminhos de Volta, ditado por espíritos diversos, SP: edição GEEM, 1980

[3]        XAVIER, F. C. Missionários da Luz, pelo Espírito André Luiz. 8. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1970.

Exibições: 141

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Colavida e a perseverança na divulgação

A perseverança de Fernández Colavida na divulgação do espiritismo na Espanha

Simoni Privato Goidanich

A escassez de material de estudo e de divulgação do espiritismo era uma limitação importante na Espanha.…

Educação para quê? Por Jane Maiolo

Educação para quê?

Por Jane Maiolo

 

A EDUCAÇÃO, SE BEM COMPREENDIDA, É A CHAVE DO PROGRESSO MORAL¹

 

A humanidade é, genuinamente, produtora de conhecimentos, desde os primórdios o…

Últimas atividades

SHISLENE DE FÁTIMA TEIXEIRA curtiram o evento “A maturidade do senso moral”, com Delane Alves de Carlos Pretti - SCEE
20 minutos atrás
Carla Rezende curtiu a postagem no blog Mediunidade e Ciências Biomédicas de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
3 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"VITÓRIA SOBRE A DEPRESSÃO": https://t.co/ExvTQHjqGp
Twitter6 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por ANA MARIA TEODORO MASSUCI
6 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Mediunidade e Ciências Biomédicas": https://t.co/DTeMXYyikI
Twitter7 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA

Mediunidade e Ciências Biomédicas

Um cientista pode ser também médium? Pasteur, que visualizou “o mundo invisível” dos micróbios, era médium?Perguntas foram feitas, em 1998, ao Núcleo Espírita Universitário. Já se passaram mais de 20 anos e estamos voltando ao assunto. Uma delas foi sobre a utilização de instrumentos cirúrgicos por médiuns, não médicos. (1)Ainda neste milênio, a medicina será exercida por…Ver mais...
7 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog O PERISPÍRITO E SUAS MODELAÇÕES de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
19 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog O ESPÍRITO DA MALDADE de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
19 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog REFLEXÕES SOBRE A HUMILDADE de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
19 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Vacina contra a Obsessão – por Sidney Fernandes de PATRIZIA GARDONA
19 horas atrás
Gilberto Gonzaga Pereira curtiram a página Regras de Conduta de Amigo Espírita
20 horas atrás
Maria Fernanda Franco A.Pessanha curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
20 horas atrás
Maria Fernanda Franco A.Pessanha curtiu o vídeo de Carlos Pretti - SCEE
20 horas atrás
Gilberto Gonzaga Pereira curtiu a postagem no blog REFLEXÕES SOBRE A HUMILDADE de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
20 horas atrás
Gilberto Gonzaga Pereira curtiu a postagem no blog REFLEXÕES SOBRE A HUMILDADE de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
20 horas atrás
Ícone do perfilRafael Gurgel Valente Papa, Wellington Oliveira Silva, Antonio Carlos Campos e mais 2 pessoas entraram em RAE
20 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
"Vacina contra a Obsessão – por Sidney Fernandes": https://t.co/FGOu4cAWM2
Twitter20 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Vacina contra a Obsessão – por Sidney Fernandes

Vacina contra a Obsessão – por Sidney FernandesFinalmente Jerônimo encontrou seu velho inimigo, Fabrício, depois de décadas de procura, e agora iria se vingar do mal que ele causara, em vida anterior.Lembrava-se muito bem dos longos anos que passara na prisão, determinada por Fabrício, ao decretar a longa pena, oriunda de processo criminal.De nada adiantaram os…Ver mais...
20 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Intuição - Palestra com Marco Sá assista pelo youtube https://t.co/6mTzJ3BLRJ https://t.co/jcH5JpV1Dr
Twitter20 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Afeições no além túmulo - Qs 294 a 297/Livro dos Espíritos com Carlos Alberto Braga / assista no youtube… https://t.co/FkxfAMMtLD
Twitter21 horas atrás · Responder · Retweet

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço