Segundo Allan Kardec, todos as misérias morais da Humanidade têm origem em dois vícios capitais: O Orgulho e o Egoísmo. Lembra o codificador do Espiritismo, que esses defeitos estão na base de todos os vícios morais da criatura. O ciúme, a inveja, a vaidade, a cupidez, o personalismo são, em última instância, filhos do Egoísmo ou do Orgulho.
Kardec define o Egoísmo como sendo "O interesse pessoal exacerbado"; é aquela condição que leva o indivíduo a pensar em si mesmo, nos seus interesses, nos seus prazeres, preterindo todos as outras pessoas.
Segundo o dicionário, egoísta "é aquele que tem um amor exclusivo ou preponderante a sua pessoa ou aos seus interesses".O orgulho, por sua vez, é definido como sendo "o conceito muito elevado que alguém faz de si mesmo."Consiste no estado de exaltação da personalidade que leva o homem a considerar-se acima dos outros. A importância que o indivíduo atribui a si mesmo faz com que ele se julgue com direitos superiores.
Os vícios morais que derivam do orgulho e do egoísmo são:
• AVAREZA: Apego exagerado ao dinheiro e aos objetos materiais.
• CIÚME: Estado de intranqüilidade em decorrência do medo de perder o que tem.
• PREGUIÇA: Pouca disposição para o trabalho.
• NEGLIGÊNCIA: Descuido com as próprias obrigações.
• VAIDADE: Desejo de merecer a aprovação dos outros e de se destacar.
• INVEJA: Desgosto ante a prosperidade e o sucesso de outrem ou desejo de possuir ou gozar algum bem que outrem possua ou desfrute.
• MALEDICÊNCIA OU CALÚNIA: Uso inadequado na conversação oral ou escrita com o fim de depreciar ou reduzir a importância de outrem.
• MÁGOA: Ausência do perdão.
• VINGANÇA: Desejo de ir à forra.
• CULPA NEURÓTICA: Emoção destrutiva e estática de auto-cobrança diante de um erro sem nada fazer para repará-lo.
• PERSONALISMO: Conduta daquele que refere a si próprio.
• MELINDRE: Capacidade de se ofender ou irritar com as mínimas coisas.
• IMPACIÊNCIA: Pouca capacidade de esperar.
• INTOLERÂNCIA: Pouca capacidade de aceitar ou conviver com o defeito dos outros.


Como Combater o Egoísmo:

1. Procurar o serviço ao próximo, com os próprios meios, empregando forças, inteligência e habilidade para realizar nossos propósitos generosos;
2. Trabalhar sem remuneração para os mais carentes, dedicando algumas horas semanais em atividades assistenciais;
3. Repartir do nosso guarda-roupa ou objetos de uso pessoal, que não nos é mais útil, ou que tenhamos em excesso;
4. Procurar inteirar-se das amarguras de alguém no sincero propósito de amenizar sua dor;
5. Dedicar nossa assistência aos serviçais e subalternos que convivem conosco;
6. Olhar, ouvir, falar, acariciar com o coração pleno de amor, os familiares que nos são confiados;
7. Interessar-se pelas pessoas recém apresentadas;
8. Ajudar com delicadeza nos transportes ou na rua às criaturas em dificuldades, cedendo lugar, facilitando passagem, carregando volumes.

Como Combater o Orgulho:

1. Ouvir com atenção e paciência as emoções e não revidando todas as vezes que formos por alguém criticados;
2. Não aceitar provocações, esquecendo as ofensas;
3. Não menosprezar nenhuma pessoa, por mais ignorante que seja;
4. Ser submisso às ordens de seus superiores;
5. Procurar o lado mais simples de todas as coisas, combatendo o supérfluo;
6. Procurar exercer as funções mais modestas;
7. Evitar a ostentação e a espera do reconhecimento por algo que tenha feito;
8. Não criticar;
9. Não falar excessivamente de si mesmo;
10. Não se queixar;
11. Controlar os impulsos de impaciência;
12. Aceitar as opiniões, idéias, pensamentos e convicções dos outros;
13. Fazer o bem sem comentários, ou quaisquer referência ao nosso gesto;
14. Dissimular o benefício quando prestado a alguém para não embaraçá-lo;
15. Não nos referirmos a exemplos próprios de boa conduta para recomendar procedimentos aos outros.


(Do Livro Manual Prático do Espírita, de Ney Prietro Peres)

Exibições: 8827

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Marlene Pizoni Teixeira em 30 outubro 2014 às 17:01

 Cristo .

  A Lei de Deus é reta é imutável .Nela concentra  toda Bondade e Paz .

 

 

Comentário de TIAGO MISTIERI MARTINS em 30 outubro 2014 às 9:08

Que possamos combate-lo..

obrigado irmã

Comentário de Sonia Gallego em 29 outubro 2014 às 23:42

Enquanto não forem encontradas as forças para nos conhecermos a si mesmo.

    Na busca constante da reflexão, que nos autoavalia, no confronto com o nosso "Eu".

     Reproduzido negativamente ou assertivamente,  frente as nossas atitudes consigo mesmo ou na inter-relação com os demais irmãos.

    Desta forma, estaremos estagnados no patamar da Evolução de Transformação  Interior.

    Devemos, sem postergar, valorar as mudanças de comportamentos necessários.

     Aquelas que habilitam os seres humanos cada vez mais iluminado por suas vontades, pensamentos, comportamentos  explícitos de Espírito Evoluído, isto é semelhante ao nosso Pai, Deus.

    Para tanto, oremos uma Prece com todo amor do mais profundo do coração, elevando nossos pensamentos em comunhão ao nosso Pai, Deus, em nome de Jesus, para que encontremos as Forças que iluminem as nossas ações conectadas com as leis de Deus.

    Antes de nos lamentarmos da nossa sorte, perguntemos se ela é a nossa própria obra; a cada desgraça que nos atinja, verifiquemos se não poderíamos tê-la evitado; repitamos a nós mesmos que Deus nos deu a inteligência para sairmos do atoleiro, e que de nós depende aplicá-la bem.

    Desde que a lei do trabalho condiciona a vida do homem na terra, dai-nos a coragem e a força de cumpri-la; dai-nos também a prudência e a moderação, a fim de não pormos a perder os seus frutos.

    Dai-nos, pois, Senhor, o pão nosso de cada dia, ou seja, os meios de adquirir pelo trabalho as coisas necessárias, pois ninguém tem o direito de reclamar o supérfluo.

    Se estivermos impossibilitados de trabalhar, que confiemos na vossa divina providência.

    Se estiver nos vossos desígnios provar-nos com as mais duras privações não obstante os vossos esforços aceitamo-lo como uma justa expiação das faltas que tivermos podido cometer nesta vida ou numa vida anterior, porque sabemos que sois justo, e que não há penas imerecidas, pois jamais castigais sem causa.

    Preservai-nos, ó Senhor, de conceber a inveja contra os que possuem aquilo que não temos, ou mesmo contra os que dispõem do supérfluo, quando nos falta o necessário. Perdoai-lhes, se esquecem da lei de caridade e de amor ao próximo, que lhes ensinastes.  Fonte: Livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, codificado por Allan Kardec, CAP. XXVIII, Coletânea de Preces Espíritas, p. 306.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Ana Rogéria Feitosa de Morais curtiram a discussão Coleção Emmanuel - Livros para download de Amigo Espírita
ontem
ORSON PETER CARRARA agora é amigo de Walter Luiz Figuerêdo Carvalho, julio cezar murari, Celso Marcos Gomes e 12
sábado
Joao Iudes Nodari curtiram a discussão O MAIOR DESAFIO de Egdemberguer Magalhaes
sábado
Goliveira Goncalves curtiram o perfil de Monica lucio
sábado
Goliveira Goncalves e Monica lucio agora são amigos
sexta-feira
maria de fatima cerqueira cerque curtiu a postagem no blog Epítome descritivo sobre o cenário e a vida além da sepultura (Jorge Hessen) de os pae
sexta-feira
Elizete Lima Morgado entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
quinta-feira
ANTONIO CARLOS DA CUNHA curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
quinta-feira
Thaynah Paloma e Suzana Paula Andrade agora são amigos
quinta-feira
Rosana Andrade curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
quinta-feira
Rosana Andrade curtiram a discussão HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier de Amigo Espírita
quinta-feira
Amigo Espírita adicionou uma discussão ao grupo Artigos Espíritas
Miniatura

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me…Ver mais...
quinta-feira

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço