CUIDEMOS DAS CRIANÇAS - PARTE 1 - Estudo do livro Vereda Familiar - cap 11

11. CUIDEMOS DAS CRIANÇAS



Fenômenos preocupantes se generalizam, em toda parte, na esfera educacional, quando percebemos o quanto os veículos de informação de massa, na sua múltipla variedade, têm conseguido influir na forma de se conduzir a prole.

Pouco são os pais, na estrutura social da atualidade, que se têm detido a meditar sobre os caminhos educacionais em que trafegam seus filhos.

Bem poucos, ainda, hão se preocupado em desenvolver uma normativa comportamental que os norteie perante a necessidade de orientarem seus filhos.

Grande número mesmo apóia-se na moda em vigor.

Se na televisão aparece, os pequenos fazem e usam.

Se no rádio anuncia, os rebentos compram ou recebem.

Se as revistas, ilustram, é porque é bom... e assim por diante.

De outro modo, os vizinhos orientam dessa ou daquela maneira os seus, assim, igualmente, conduziremos os nossos, para que eles não fiquem diferentes.

Levemos nossos pequenos, de acordo com a moda e, o que é mais grave, com a moda dos outros, como se aos outros devêssemos imputar as responsabilidades que são nossas.

Parece óbvio que ninguém precisará manter-se na “idade da pedra”, relativamente a vários usos sociais.

Ninguém estará impedido de acompanhar uma ou outra moda, em qualquer época, contudo, quando pensamos em educação, não podemos admitir que ela possa ser feita longe dos processos de análise das coisas, daquilo que serve ou não, que nos compete ou não.

Grave é que em tudo isso a criança torna-se a grande vítima da incoerência dos adultos, que bastas vezes, se deseja realizar, de modo doentio, através das crianças.

Urge um pouco mais de atenção, quando envolvidos nos compromissos educacionais.

Nossos pequenos têm sido submetidos a programações picantes, a filmes violentos, sem qualquer opção, assimilando com se fossem coisas normais ou naturais, passando a absorver tais conteúdos, sem qualquer defesa, sem qualquer análise.

Parece que tudo está correto, tamanha é a acomodação de vasto número de pessoas, com relação aos pequenos.

Poucas são as crianças que se utilizam dos brinquedos de crianças.

Diminuem os grupos de crianças que conversam como crianças.

Não apologiamos o atraso, a decadência, o imprestável. Tampouco cremos que a prostituição da mente infantil ou o abandono moral da criança seja progresso ou canal de progresso.

Acompanhamos grupos infantis, e notamos o quanto agem mal uns com outros, segundo os exemplos dos maiores; o quanto as suas conversas repetem as do vídeo ou dos diálogos dos adultos; sua malícia tem o toque da instigação dos mais velhos, e por aí se vai...

No campo biológico, anotamos casos sempre crescentes de crianças carregando o corpo marcado pelos sinais secundários da sexualidade, demonstrando que as glândulas amadurecem, prematuramente, ante os impactos do psiquismo que assimila as cenas libidinosas, ao vivo, ou nas películas ou, ainda, nas novelas de romances candentes que adentram os lares, sem qualquer nobre orientação, explicação ou acompanhamento dos pais.

Tornam-se crianças sexuais, iniciando muito cedo tais experiências, antes de saberem conduzir tais forças genésicas. Em conseqüência, envelhecem precocemente, pelos desgastes impostos ao organismo, à mente.

Aí deparamos fenômenos sociomorais, ou psicossociais dos mais preocupantes: o exacerbamento do sexo solitário, anciedade pelas experiências heterossexuais, nas faixas da imaturidade, sem atender, portanto, às suas finalidades, além do desinteresse pelo sexo, ou, ainda, a busca de experiências homossexuais por avidez de novas experimentações, uma vez que tudo tem parecido muito normal para os pequenos que padecem a ausência de cuidadosa condução.

Classificação:
  • Atualmente, 5/5 estrelas.

Exibições: 194

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de Deivid Moraes em 17 junho 2014 às 12:49
  • presciso de videos e textos q falem de crianças mais ou menos 5 anos,...em relação ao libido

Comentário de elza Barbosa em 9 abril 2012 às 11:39

Excelente.

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

A convivência familiar na pandemia.

A convivência familiar na pandemia.

 

A impermanência das situações existenciais necessita estar em  nossas reflexões .

Por quê?

Simples, porque as mudanças são uma realidade tão palpável quanto a morte.

De um momento para o outro, por exemplo, podemos ter as nossas rotinas capturadas pelos mais variados motivos.

E o ano de 2020 escancarou…

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Últimas atividades

LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA respondeu à discussão VIROSES - Conheça a melhor terapia para vencê-las por Divaldo Franco de Amigo Espírita no grupo Joanna de Ângelis e Divaldo Franco
"“PsicoImunologia”.  Soluções Mágicas e Problemas Psicológicos https://juli.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=7032117"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
ontem
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Então, chega para lá

Certa feita há muitos anos, conversávamos com uma das grandes figuras femininas do movimento espírita da cidade de São…Ver mais...
ontem
Hilton Cesar respondeu à discussão Mediunidade - dom ou castigo? de Bárbara Martins de Castro
"Médiuns somente os são, os que possuem a faculdade de sentir a influência do mundo espiritual, de forma nítida e ostensiva. O Livro dos Médiuns » Segunda parte - Das manifestações…"
segunda-feira
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Quando o bom não é tímido pode ser reprovado, mas constrói o passado para ser lembrado com profundo respeito. Parabéns Brasílio Marcondes Machado. A tese de Machado foi apresentada no dia 29 de agosto de…"
segunda-feira
Luciano Franco Ramos entrou no grupo de Amigo Espírita
Miniatura

Joanna de Ângelis e Divaldo Franco

Grandes Ensinamentos que iluminam e esclarecem.Grupo destinado aos ensinamentos do médium Divaldo Franco e da Benfeitora Joanna de Angelis. Ver mais...
segunda-feira
MARIO FONTES respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
"Excelente descrição João Nodari"
domingo
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Médiuns. 171. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“Sandálias Douradas”.  Credibilidade é fundamental. Alguns médiuns ganham credibilidade, mas são infectados pelo orgulho e/ou vaidade. Fator complicador - obsessão. A entidade passa a exercer…"
sábado
Antonio Carlos G. Sarmento e Edileuza R. Rodrigues agora são amigos
sábado
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
" Sincera solidariedade agrega, solidariedade forçada segrega. O humanista de boutique precisa do preconceito. É o oxigênio vital dele, diz jornalista em Hipocrisia in…"
6 Ago
augusta curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Ago
augusta curtiram o perfil de Nadia Rosangela
3 Ago

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço