REDE AMIGO ESPÍRITA

Divulgando, Instruindo e Unificando!!!

Olá pessoal do rede amigo espírita.

      Faz alguns dias que estou com uma ideia me perturbando e gostaria se saber a opinião de vocês.

      Lembrei-me da passagem "Reconhece-se o verdadeiro Espírita pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações.(Allan Kardec, ESE., XVII, 4)" e me fiz a seguinte indagação: ainda que eu faça um grande esforço para conter minhas imperfeições e isto de certa maneira é fácil quando pensamos no campo físico, como conter as imperfeições no campo mental?

      Coloquemos uma situação: Você acordou num mal dia. Chega ao trabalho e a última coisa que você quer fazer é dar bom dia, mas ainda assim você faz com toda delicadeza. Apesar do seu grande esforço em conter o mal humor e apesar de cumprimentar os colegas, mentalmente você os repulsa.
      Até que ponto a luta entre conter os impulsos e a REAL satisfação de conseguir seu intento não se anulam?
      A partir de que momento, comportamento, sentimento podemos realmente nos considerar verdadeiros espíritas?

Exibições: 1875

Responder esta

Respostas a este tópico

   boa   tarde        nao he    façil     conviver    com    uma    pessoa    que  nosso   intimo    nao    aceita    mas    ai    esta   nossa  reforma    intima    todos   os    dias    tentar   deixar   um  pouco    para   traz   esses    sentimentos    ai    ta   amiga    tente   Jesus    te   ajude

Vos sois Deuses.

 

Nós somos seres divinos, nós fomos criados pelo mesmo poder que criou o Universo, vos sois deuses, nós podemos tudo, estamos reencarnados no mundo terra para evoluir e VENCER as nossas imperfeições morais.

Nenhum espírito se reencarna no mundo terra predestinado a ser fraco, covarde, medroso, viciado ou um derrotado, isso não existe, estamos no plano material, para VENCER a matéria e nos espiritualizar.

O ser humano é um espírito encarnado é no espírito que reside as nossas faculdades morais e intelectuais, o espírito é o ser pensante, a matéria física ou carnal não pensa e nem sente, portanto, nós somos seres espirituais em evolução nos mundos matérias.

Como diz a Maçonaria, buscai a Luz e santificai-vos nas sagradas virtudes, tu foste criado pelo mesmo PODER DIVINO  que criou o Universo, somos deuses e coorientadores na Obra divina, somos luz e não escuridão, somos virtudes e não impurezas, somos força e não fraqueza, somos divinos e não carne.
Sois deuses, podemos tudo e tudo podemos nas virtudes divinas, nós criamos a luz e a escuridão e glorificamos a Luz e repreendemos a escuridão.
Ordem no caos.

Devemos criar Templos para as Virtudes e masmorras para os vícios, temos que travar uma grande batalha espiritual pela nossa evolução.

Pelo pensamento entramos em sintonia com o plano astral e atraímos bons ou maus espíritos, conforme o padrão moral desses pensamentos, somos o que pensamos, tudo se baseia na força mental.

Disse Jesus, o ser conforme pensar assim será.

Pelos pensamentos elevados, positivos e firmes no Bem criamos ESCUDOS PSÍQUICOS contra a influencia nociva dos maus espíritos, eles se aproximam pela sintonia mental.

Não adianta usar amuletos, talismã, velas, roupas brancas, imagens de santos ou de Jesus, tudo depende da nossa forma de pensar, sentir e agir, colhemos o que plantamos, essa é a Lei.

Pessoas fracas, viciadas, com maus desejos, maus pensamentos, são um alvo fácil para os maus espíritos.

Todo fraco será influenciado e dominado, essa é a Lei.

O forte controla o fraco.

Deus o Grande foco não cria nenhum espírito para ser fraco, derrotado, viciado, malandro, não existe predestinação para o mal ou para as fraquezas.

Tu foste criado pelo mesmo Poder Divino que criou o Universo, tu podes e deve superar a si mesmo, vencer seus medos, vencer os maus pensamentos, vencer os vícios, vencer os maus desejos, vencer sua pobreza mental, VENCER A SI MESMO.

Tu foste criado para ser Forte, para ser Luz, para ser Divino, para ser UM DEUS.

Com a força invencível dos seus pensamentos ( pensamentos puros e elevados) você pode naturalmente afastar os maus espíritos.

O Bem e o mal são incompatíveis, possuem densidades diferentes como a água e o azeite, se repelem.

O Calor repele o frio, essa é uma Lei da física, no campo espiritual temos outra Lei das afinidades morais, o bem repele o mal por falta de afinidade.

O Bem tem afinidade com o Bem.

O mal tem afinidade com o mal.

Seja forte e poderoso, tu foste criado para ser um DEUS, tu é um ser DIVINO criado pelo mesmo poder que criou o Universo matéria e espiritual, tu foste criado pelo DEUS VIVO para ser um Vencedor.

Deus não cria nenhum espírito para ser um fraco, um derrotado, um mimado, um viciado, a derrota e o fracasso quem cria é a própria pessoa com seus pensamentos de fraqueza e medo, somos o que pensamos.

Vamos concluir caro discípulo, que a proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, pelos seus pensamentos, sentimentos e atitudes.

Todo Mestre antes de ser um Mestre já foi um discípulo e todo discípulo vai evoluir e vencer a si mesmo e se tornar um Mestre.

Portanto, tu foste criado para ser um MESTRE da Luz, da Virtude, da Justiça, da Caridade, tu foste criado para a gloria divina.

Nós somos seres DIVINOS, vos sois deuses.

 

Wilson Moreno na busca da verdade.

 

    Penso que a transformação moral é um processo que deve acontecer no campo consciencial, e isto abrange não só o físico, como o mental, pois há um antigo ditado que diz "estado de consciência é estado de vida". 

    Todo processo de transformação deve ser de dendro para fora e, não é exatamente a repressão das atitudes, que transforma as ações internas ou externas, mas consciência ou melhor, aquela condição de percepção de que tal ou tal atitude ou tal ou tal pensamento nos é nocivo, contrário a nossa natureza evolutiva e, como tal, em desarmonia com as Leis Morais conforme definidas no Livros dos Espíritos.

     Por outro lado, o fato de não conseguirmos atingir os objetivos que nos impomos, para a transformação necessária para sermos reconhecidos espíritas, não nos deve ser um tormento. Faz parte do caminho os tropeços, as dificuldades e, acima de tudo,  as particularidades do processo evolutivo de cada um. Lembremos que nas palavras de Kardec  "...e pelos esforços que faz para domar as más inclinações". Podemos deduzir que esse é um processo contínuo e, cada indivíduo que está neste plano, está aqui porque necessita desses esforços para conseguir a condição moral devida, para os outros patamares evolutivos.

     Seus questionamentos são francos. Isso é muito bom. Só não se condene ou se ache incapaz. Você não deixa de ser verdadeira espírita por causa dessa dicotomia ( pensamento x comportamento). O que a torna verdadeira espírita é, em primeiro lugar, reconhecer o problema, estar ciente da inconveniência dele e se esforçar para mudar. 

     Humildemente, pois ainda luto muito contra minhas más tendências e, não sou exemplo de nada, recomendo inicialmente, a oração constante. Depois a leitura atenta do Livro " Reforma Íntima sem lágrimas" de Ermance Dufaux. Ainda sugiro que se informe sobre os ciclos biológicos do corpo humano ( Biorritmo - físico, intelectual e emocional), pois eles nos explicam que essa é uma lei natural da vida e como tal age em nós.

     Obrigado pela oportunidade de reflexão. um forte abraço 

“Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração” Mateus 6.21

Ainda somos imperfeitos e, assim, nem sempre conseguimos coadunar nosso comportamento com nossos pensamentos. Muitas e muitas vezes, na maioria dos nossos relacionamentos sociais mantemos atitudes e comportamentos cordiais ditados pelas regras de convivência e nem sequer nos damos conta. É um automtismo. A transformação inicia-se quando buscamos nos conscientizar sobre nossos comportamentos.Neste momento começamos a perceber nossos sentimentos em relação a cada comportamento que adotamos frente às situações que se nos apresentam no cotidiano. Inicia-se, então, uma luta interna do ser novo que surge contra o ser velho que não mais agrada. E nesta luta, para vencermos, a disciplina é indispensável. É pela disciplina que implantamos novos hábitos em nossa vida.

Essa questão é muito importante pois são fatos que ocorrem na vida de todos. então o que pensar? como agir?

Caminhamos dos instintos para a angelitude, assim toda ação, ato, atitude, desejo, intenção, vontade, passa do conhecimento para automatização ou seja tomamos conhecimento, aprendemos e passamos a praticar. Dessa maneira agimos como nos ensinou nosso Mestre Jesus; Faça aos outros o que gostaria que os outros fizessem por você.

Vamos exercitando, aperfeiçoando até chegar o momento de ser espontâneo em nós, dessa maneira nos aperfeiçoamos e contribuímos com a jornada evolutiva dos nossos irmãos em caminhada. Brilhe a vossa luz; paz e luz sempre. 

Antes de qualquer coisa, a respeito do assunto "Reforma íntima", tenho de deixar uma questão: - o espirito não retrograda moralmente; sendo assim, como veio a se "deformar intimamente" para q, agora, tenha de fazer uma reforma íntima?

de fato a barreira mais difícil ha ser ultrapassada é o controle do nosso pensamento., que nos faz ser testados em todos os momentos.

Procuro nestes momentos é desviar o pensamento para uma faixa de pensamento elevado imediatamente.

devemos ao acordar antes de ir ao trabalho praticar as orações com o pensamento elevado aos espiritos mais elevados e tentar colocar em pratica..tentando todos os dias e em todos os momentos necessarios.

a  prática leva á perfeição

      Meus amigos, quem pode ajudar a esclarecer?

      - se todos os efeitos têm suas causas, qual é a causa que tem como efeito o fato de nós, espíritos, nos deformarmos intimamente?

      - se só necessita de reforma íntima aquilo q foi e agora está deformado intimamente, o que foi que produziu a nossa deformação íntima?

      - se o espírito não retrocede moralmente, como se explicar que, antes sem imperfeições, depois se torne carregado da mais abjetas e monstruosas imperfeições, para q, agora necessite de fazer uma reforma íntima, se isso, sem dúvida significa q retrocedeu moralmente?

      Para Adilson Amadei,

      Essa barreira é, sim, dificílima de ultrapassar.

      - primeiro pq não temos comando sobre nossos pensamentos; são eles que nos comandam e não nós a eles e, por isso, cometemos os absurdos que vemos no mundo.

      - segundo, pq os pensamentos não são verdadeiramente nossos, pois não se originam de nosso íntimo mas, sempre, de ações e eventos de fora de nós, que nossos sentidos objetivos e/ou nossa sensibilidade além dos sentidos (paranormais), captam/percebem fora de nós.

Mônica,

Penso que Kardec salientou a questão moral, ou seja, somente após atingirmos um determinado nível de evolução é que teremos a condição de praticarmos os preceitos ditados por Jesus sem nenhum outra manifestação.

isso não significa dizer que não sejamos espíritas de coração.

 

 

 

 

Responder à discussão

RSS

ASSOCIE-SE E COLABORE

Últimas atividades

MARCOS GOMES DOS SANTOS deu um presente para Lilia de Lima Andrade
3 horas atrás
NILO DAMASCENO REZENDE curtiram o evento Mediunidade de Amigo Espírita
3 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Adicionei um vídeo a uma playlist @YouTube https://t.co/53uUbdl69wé, Esperança e Caridade - 33º Estudo das Cartas de Paulo
Twitter4 horas atrás · Responder · Retweet
simplicio da fonseca deu um presente para gilda aparecida augusto
4 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Vem ouvir o meu novo áudio: Estudo (33) - Fé Esperança e Caridade https://t.co/f6IAH9unpn on #SoundCloud
Twitter5 horas atrás · Responder · Retweet
EliethTavares Castro deu um presente para PATY GARDONA
5 horas atrás
EliethTavares Castro deu um presente para 20 membros
5 horas atrás
Ícone do perfilRede Amigo Espírita via Facebook
Miniatura

José

Agora ao vivo

Facebook6 horas atrás · Responder
luis conforti junior respondeu à discussão Quando indagado sobre sua religião, o que você responde? O que você considera seja o Espiritismo? de Jandyra Helena
7 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
7 horas atrás
Ícone do perfilRede Amigo Espírita via Facebook
Miniatura

Fé - Esperança e Caridade - Estudo (33) Cartas de Paulo Carlos Alberto Braga Costa

Fé - Esperança e Caridade - Estudo (33) Cartas de…

Ver mais...
Facebook7 horas atrás · Responder
Rosangela Araujo Pereira respondeu à discussão Quando indagado sobre sua religião, o que você responde? O que você considera seja o Espiritismo? de Jandyra Helena
7 horas atrás
Lucila está participando do evento de Amigo Espírita
Miniatura

3º Encontro Espírita de Inverno em Poços de Caldas/MG em Teart Maison

23 junho 2017 às 20 a 25 junho 2017 às 12:30
7 horas atrás
Rosangela Araujo Pereira respondeu à discussão FACULDADE DE FILOSOFIA ESPÍRITA de MARIO FONTES
7 horas atrás
Janete Brasil curtiram o perfil de Janete Brasil
8 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Comecei uma transmissão ao vivo em @YouTube: https://t.co/8os7z0g6HY
Twitter8 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfilRede Amigo Espírita via Facebook
Miniatura

No dia 22 de abril registramos alguns momentos da peça teatral "Morrendo e Aprendendo" com os atores: Fábio de Luca, Sidney Grilo, Jean Rizo e Alex Moczydlower e o diretor Fabio Oliviere. O evento fez parte do 1º…

Ver mais...
Facebook8 horas atrás · Responder
Luiza H.F. Neiva compartilhou um perfil em Facebook
8 horas atrás
Luiza H.F. Neiva curtiram o perfil de José Antonio da Cruz
8 horas atrás
Ícone do perfilWerther Luiz Castilho de Almeida, HELENA MIRANDA 99, anne evelin rospirski e mais 4 pessoas entraram em REDE AMIGO ESPÍRITA
8 horas atrás

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2017   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço