MEDIUNIDADE TORTURADA

Quando estudamos a mediunidade sob a ótica da doutrina espírita, encontramos que, no planejamento das experiencias do espírito aqui na Terra no campo dessa faculdade, existe a mediunidade provacional, aquela que a criatura a traz como instrumento de recuperação moral ante as quedas de outras reencarnações e a mediunidade por conquista evolutiva, em que a faculdade se estabelece pelo aperfeiçoamento espiritual  da alma, como, por exemplo, no caso do grande missionário de Sacramento, MG, Eurípedes Barsanulpho. Ainda no contexto das almas em recuperação de consciencia, surge a mediunidade atormentada, em que graves processos obsessivos  atinge o ser, provocando dilacerantes angústias, dentro de uma estrutura de resgate muito complexa.

A sintomatologia dessa expressão da mediunidade é variada, passando, inclusive, por quadros epilépticos até situações em que a vítima da perseguição atroz é levada às circunstâncias mais constrangedoras, mais amargas. Nesses casos, o tratamento desobsessivo, com a aplicação de passes e acompanhamento paciente e amoroso, incentivando a pessoa ao caminho da renovação íntima, é o tratamento adequado. Claro que nenhum desses tratamentos dispensa a prática da medicina convencional.

A necessidade do evangelho em nossas vidas faz-se mais patente quando se vivencia situação desa natureza,. O desconhecimento dos fatores espirituais contribui, de maneira intensa, para o agravante do quadro. Mais que nunca se faz premente espalhar as luzes esclarecedoras do pensamento imortalista, sobretudo na feição espiritista, a fim de que ofertemos poderoso ferramental de amparo e apoio aos que padecem do problema, alem de ser instrumento preventivo para que não caiamos nas armadilhas das perturbações espirituais.

Muitos trazem o tormento de suas faculdades psíquicas por meio de mentes intrusas, elos que nasceram no passado infeliz. O futuro, porem, nos aguarda à todos. O evangelho reluz, convidando a todos à renovação moral, com transformação efetiva de nosso ser.
O autor: 
Frederico Menezes (PE) -     O publicitário forrmado pela Universidade Federal de Pernambuco, é um dos principais oradores espíritas de Pernambuco. Com variadas faculdades mediúnicas, atua na assistência a pessoas em sofrimento, dirige a Sociedade Espírita Casa do Caminho onde desenvolve um belíssimo trabalho com crianças, faz palestras e se dedica à psicografia e à psicofonia, que renderam livros e CDs. Fred também mantém um blog para discussão de problemas da atualidade.  

Exibições: 4598

Respostas a este tópico

Frederico tudo bem? Espero que sim...Vejo que é grande a quantidade de artigos que descrevem a mediunidade de prova, seus sintomas muitas vezes patológicos, os processos obsessivos, seus percalços e as dívidas do medianeiro perante a justiça divina,mas percebo que são poucos os artigos que explicam o porque após o afloramento mediunico, o medium equilibrado em seu evangelho e reformado como pessoa ainda continua por sofrer assedios de grande escala por assediadores extrafisicos chegando por sofrer ataques mentais de alta frequencia. Poderia comentar em que momento o medium deixa de ser apenas um devedor e passa a ser um canalizador de luz e consequentemente adversario dos espiritos mais trevosos?obrigado

bom dia.

O médium torturado é alguém que trouxe, para junto de si, figuras do passado a quem ele prejudicou, com toda certeza e prejudicou bem, sendo que o médium, por seu arrependimento ou programação de trabalho, ele retorna à matéria em primeiro lugar. Se ele for médium, isto é, se ele tiver dentro de si a capacidade de registrar a presença dos espíritos, inicialmente ou quase sempre inicialmente, ele sintonizará primeiramente com esses espíritos, que lhe sujarão a casa mental, sendo preciso um enorme esforço por parte do médium para sair deste clima. O médium torturado é antigo trabalhador do mal, espíritos torturados, que torturaram companheiros de trabalhos.

Mediunidade existe, mas as criaturas, por força dos erros, das dificuldades pessoais, da descrença, por força das oportunidades perdidas, elas não conseguem ter o crédito ou o merecimento de poderem trabalhar sem grandes obstáculos diante da vida. Compreendeste? Porque o mérito, no campo do trabalho da mediunidade existe; tudo tendo em vista o próprio progresso do homem. A mediunidade não lhe é dada para satisfação e sim para o exercício do bem, pagamentos passados. Se lhe falta a razão, como você vai poder exercer esse pagamento? No caso da moça citada, ela tem, especificamente, a mediunidade que reside nela, mas totalmente incapacitada pela sua falta de razão.

Comprometimento mental. É isso o que acontece. Você terá, no caso, mediunidade torturada porque a própria mente dela atrai maus espíritos ou espíritos em desequilíbrio; não permanentemente, mas ela não terá nenhuma guarda espiritual em torno de si, para protegê-la desses assédios referidos.

Médiuns torturados, no Plano Espiritual pedem uma reencarnação difícil, onde sejam chamados cedo para o trabalho da mediunidade, e onde as dores sejam permanentes, para não haver distrações.

Todos são avisados. Não há um que inicie um trabalho sem que tenha feito um compromisso com os planos que o dirigem. Não há um.

O médium torturado, ele traz o estigma da mediunidade e o estigma da perturbação mental e o médium auto-obsidiado, nem sempre o espírito auto-obsidiado, será um médium de trabalho. O mecanismo é simples de distinção. O médium torturado terá uma tarefa, virá reencarnado para uma tarefa, com o problema específico de desenvolver um nível de trabalho. Ao reencarnar, por força de seus débitos do passado, ele trará a mediunidade extremamente, ou estreitamente, ligada a espíritos que o perturbam, perseguem antigos comparsas ou comparsas antigos. Retornam e todo o seu gênero de atividades, todo o seu gênero de trabalho mediúnico sofrerá muito em função do trabalho que ele deveria desempenhar bem e não desempenha, por causa das companhias espirituais. Já a criatura que se auto-obsidia, pode-se dizer que ela não vem com uma tarefa específica da mediunidade. Ela se auto-obsidia por um processo assemelhado da autopunição. O que eu quero dizer é que médium torturado é todo aquele que vem com uma tarefa de trabalho específico e está mal acompanhado, e os outros estão mal acompanhados sem virem com uma tarefa específica.

Nesse caso, esse mecanismo da autopunição o princípio é o mesmo do sentimento de culpa, é o mesmo princípio. O sentimento de culpa fá-lo alimentar todo o processo, e ele precisa da companhia desses espíritos que o fazem lembrar, porque ele precisa sentir-se culpado. É um processo de autoflagelação.

Está é uma orientação espiritual do guia espiritual da nossa casa.

abraços fraternos

RSS

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Goliveira Goncalves respondeu à discussão PSICOGRAFIA DIGITADA - O que você acha sobre isso? de Marcelo Pimentel
"Amigo, boa noite. Esses posts não são novos, mas resolvi participar mesmo assim.....Creio que precismos educar o nosso olhar para não nos perdermos nesse mar de coisas negativas, correndo o risco de deixar passar um oceano de…"
10 horas atrás
Goliveira Goncalves respondeu à discussão PSICOGRAFIA DIGITADA - O que você acha sobre isso? de Marcelo Pimentel
10 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Teatro. Humor e Reflexão (*) de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"“LOCKDOWN”. Fazendo “ARTE”. Resolvemos explicar como sofrer menos, quando a idade nos coloca no grupo de risco do vírus - codinome COVID 19.  A fórmula foi a “literatura e o cinema”,…"
15 horas atrás
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Teatro. Humor e Reflexão (*) de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"Como dizer, através da Arte, em todos os continentes que “Tudo Passa”? Veja em Criações artísticas. No inicio da Regeneração.  As criações artísticas surpreendem e se…"
20 horas atrás
luis conforti junior comentou a postagem no blog QUEM SÃO AS PESSOAS QUE MAIS SOFREM? de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
"E porq é que sofre toda a criação de seres vivos, se absolutamente todos são criados por Deus?"
ontem
luis conforti junior comentou a postagem no blog Saúde e Paz de PATRIZIA GARDONA
"E como entender isso, que periodicamente, de tempos em tempos, Deus nos manda terríveis pragas, como essa atual pandemia, q fazem q a humanidade inteira sofra cruelmente, se ele é soberano amor?"
ontem
luis conforti junior comentou a postagem no blog Vai, e não Peques mais! de PATRIZIA GARDONA
"Se a recomendação é q não pequemos mais, porq não a obedecemos, pois q isso será melhor para nós?"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Teatro. Humor e Reflexão (*) de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"ARTE É VIDA, O VALIOSO BEM Não pense em desistir da vida ela é o bem mais valioso. Quem pintou esse quadro?  Fotos no Blog do Bruno Tavares. (BBT) disponível provavelmente entre os dias 05-07 de junho de…"
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Teatro. Humor e Reflexão (*) de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
quarta-feira
Codificador do Paracleto curtiu a postagem no blog Deus é um imenso “inexistir”? (Jorge Hessen) de os pae
quarta-feira
Marco Antonio Serra curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
terça-feira
Edson Luís da Silva Macedo curtiram a página Regras de Publicação de Amigo Espírita
30 Maio

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço