Netflix e o "grupelho" Porta dos fundos achincalham o Cristo e os cristãos (Jorge Hessen)

Jorge Hessen

jorgehessen@gmail.com

Brasília-DF

 

Paulo de Tarso escreveu aos Gálatas  "Que ninguém se iluda porque de Deus [e Suas Leis] não se zomba, aquilo que o homem semear ele vai colher."[1] Esse alerta é para o grupelho Porta dos Fundos e a Netflix porque decidiram zombar de Jesus e da religiosidade da grande maioria dos brasileiros.

É o que está ocorrendo atualmente, como o lançamento do filmeco “A Primeira Tentação de Cristo” previsto para a data máxima da cristandade (Natal). Na verdade, trata-se de repugnante “comédia”, para claramente zombar da venerável figura do Cristo.

Alguns “atores-espantalhos” , jugulados por irracionais ideologias avermelhadas, fidedignos “comédias ambulantes” e desajustados consigo mesmos apostam chacotear os consagrados valores éticos, morais e religiosos dos cristãos. Notabilizado por peças de “humor pervertido” que tendem importunar a fé cristã, o tal grupelho Porta dos Fundos nunca disfarçou a aversão contra a estrutura religiosa cristã.

Para o próximo Natal, o repugnante grupelho montou o ignóbil filmeco, que já está disponível no Netflix. Na sinopse desse lixo dito cinematográfico, “José” e “Maria” prepararam uma festa surpresa para “Jesus” , porém “Jesus” aparece na festa acompanhado de seu “namorado”. Na festança um dos convidados revela ser o próprio “Deus” e informa a missão de Jesus, o que parece contrariar os planos de Jesus que deseja gozar a vida.

O lixo cinematográfico expõe “Jesus” corrompido pelo sexo, mostrando um relacionamento homossexual d’Ele e Satanás, além de um triângulo amoroso entre “Deus”, “Maria” e “José”. Inclusive, em alguns trechos do “filmeco”, Jesus aparece tomando chá alucinógeno e se questionando sobre sua própria missão na terra.

Será que a Carta Magna do Brasil afiança esses irresponsáveis autores o direito de se manifestarem com tais insultos? O direito constitucional à liberdade de expressão não justifica agressões morais. A Constituição não é salvo conduto para abusos e atos blasfemos, moralmente condenáveis e absolutamente desrespeitosos.

A atitude do abominável grupelho Porta dos Fundos golpeia a liberdade religiosa e desfigura fortemente o legítimo conceito de arte.  Desde que uma suposta obra dita de arte ofende seriamente a crença de uma admirável e pacata população, há um excesso sujeito à punição, porque injuria a honra da tradição cristã.

É um lixo cinematográfico que promove intolerância religiosa escondido de liberdade de expressão. Além do que, a memória e imagem de Jesus devem ser respeitadas e veneradas no alcance máximo da liberdade humana.

Portanto, é uma agressão brutal e completamente desnecessária como tantos outros desrespeitos já praticados sob a “proteção” da vilipendiada liberdade de expressão, que culmina atingindo o sentimento de todos aqueles que têm Jesus como exemplo de moral, caráter, bondade, amor, humildade.

Que talento desprezível desse “grupelho”! Tratam, o mais supremo dos seres da criação como um "João ninguém".

Estejam cientes, “panelinha do Porta dos fundos”, que os espíritas cristãos assentamos a Mensagem de Jesus na linguagem do amor, com as devidas explicações racionais, filosóficas e científicas, todavia, sem abdicarmos e sem deixarmos de lado o aspecto emocional que é colocado na sua expressão mais alta, tal como o pretendeu Jesus.

Apesar desse desrespeitoso “grupelho”, inobstante não ser a experiência humana uma estação de prazer, ainda assim continuaremos trabalhando no ministério de Jesus, recordando que, por servir ao próximo, com modéstia, sem agressões e arrogâncias, Ele foi tido por insensato e gay (para o grupelho), infrator da lei e opositor da população, sendo indicado por essa mesma turba para receber com a cruz a gloriosa coroa de espinhos, entretanto sob a força do Amor Jesus venceu o mundo!

Uma conveniente atitude cristã seria o boicote à Netflix, que tal?

 

Referência bibliográfica:

[1]       Gálatas 6:7

Exibições: 426

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de André Goes em 16 dezembro 2019 às 16:31

" Alguns “atores-espantalhos” , jugulados por irracionais ideologias avermelhadas, fidedignos “comédias ambulantes” e desajustados consigo mesmos apostam chacotear os consagrados valores éticos, morais e religiosos dos cristãos. Notabilizado por peças de “humor pervertido” que tendem importunar a fé cristã, o tal grupelho Porta dos Fundos nunca disfarçou a aversão contra a estrutura religiosa cristã.

Para o próximo Natal, o repugnante grupelho montou o ignóbil filmeco, que já está disponível no Netflix. Na sinopse desse lixo dito cinematográfico, “José” e “Maria” prepararam uma festa surpresa para “Jesus” , porém “Jesus” aparece na festa acompanhado de seu “namorado”. Na festança um dos convidados revela ser o próprio “Deus” e informa a missão de Jesus, o que parece contrariar os planos de Jesus que deseja gozar a vida.

O lixo cinematográfico expõe “Jesus” corrompido pelo sexo, mostrando um relacionamento homossexual d’Ele e Satanás, além de um triângulo amoroso entre “Deus”, “Maria” e “José”. Inclusive, em alguns trechos do “filmeco”, Jesus aparece tomando chá alucinógeno e se questionando sobre sua própria missão na terra. "


Lendo algumas partes do texto vejo como realmente estamos longe da tão almejada perfeição espiritual.
A sociedade abriu seu coração e mostrou do que realmente ele está cheio, desde a última eleição presidencial até agora.
Como diz nosso grande mestre:

"Raça de víboras, como podem vocês, que são maus, dizer coisas boas? Pois a boca fala do que está cheio o coração.
O homem bom, do seu bom tesouro, tira coisas boas, e o homem mau, do seu mau tesouro, tira coisas más.
Mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado.
Pois por suas palavras você será absolvido, e por suas palavras será condenado".

Mateus 12:34-37

Como podemos nós, quê, em processo de evolução espiritual, aprendendo com o grande mestre Jesus, escrever um texto emitindo um brado de tamanho ódio?

Nós que aprendemos sobre o estado de espírito do "SER" quando encarnado e desencarnado. Que demônios ou satanás é o estado dos espíritos maus e que no reino espiritual não há masculino ou feminino.
Será que não é o momento oportuno de esclarecer essas questão, nós que somos admiradores e estudiosos da doutrina?

 
O Porta do Fundos gritou para chamar a atenção e conseguiu. Mas conseguiu atrair uma atenção antiga, energeticamente parecida com a da época da inquisição. Mas como muita coisa mudou, a guerra hoje é virtual.
Quando esse mundo vai regenerar? Visto que depois de tantos estudos e ensinos, formando o modo de pensar de seus adeptos, continuamos com a mesma energia vingadora de outrora.


O porta dos fundos veio chamar a atenção de vários pontos falhos nas escrituras bíblicas. Assim como vários textos nesse site chamam a atenção para certos equívocos do meio espíritas e do cristianismo, mas que são abafados por um certo sentimentalismo religioso que valoriza mais a emoção do que a razão, esquecendo que o próprio Kardec orientou que tudo passasse pelo crivo da mesma.


Segue dois links para verificação:
SE A BÍBLIA FOSSE A PALAVRA DE DEUS, ELA NÃO TERIA ERROS

Equívocos típicos no meio espirita

Só se morre uma vez


Fico a pensar se realmente já foram apurados os valores éticos e morais da estrutura Cristã.
Será que ser homofóbico, machista e preconceituoso são valores morais?
Sem sombra de dúvida quê, se Jesus fosse representado por uma mulher teria a mesma repercussão.
Com certeza se Jesus fosse uma mulher sua mensagem teria sido abafada, imagine se fosse homossexual.
Mas suas palavras chegou a tempos longínquos e temos posse delas.
Será que o sexo de Jesus é mais importante do que as palavras de vida eterna?


Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 12 dezembro 2019 às 21:58

 “Especial de Natal” é Repudiado.

Carta a Revista Semanal de Divulgação Espírita. O Consolador

Até Muçulmanos repudiam o “especial de Natal” do Porta dos Fundos e anunciam processo

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/17728/ate-muculman...

A liberdade religiosa está no cerne da problemática dos direitos humanos fundamentais. Não existe plena liberdade cultural, nem plena liberdade política sem liberdade religiosa.

Alguns autores vão mesmo ao ponto de ver na luta pela liberdade de religião a verdadeira origem dos direitos fundamentais. Não se trata aí apenas da ideia de “Ética da Tolerância” como a declinamos para os Núcleos Espíritas Universitários, mas da concepção da liberdade de religião e crença, como direito inalienável do homem, tal como veio a ser proclamado nos modernos documentos constitucionais.

Toda a doutrina, leis, declarações de direito internacional, julgados, pareceres, notícias apontam para o respeito e a proteção à liberdade de religião e crença como requisitos para o exercício pleno da democracia e cidadania e ainda como meios de combater a discriminação e a intolerância religiosa e de crença. Na aplicação, o exercício dessa liberdade não pode prescindir do princípio da igualdade, pois está calcada na ideia da dignidade da pessoa humana e necessita do reconhecimento de sua importância pelo poder político. Esta liberdade já despontava em nossas Constituições desde 1824. Pode ser utilizada como termômetro para avaliação do grau de democracia e cultura de um povo.

https://blogdobrunotavares.wordpress.com/2016/09/05/roustaing-o-ter...

O Bispo de Palmares (PE), Dom Henrique Soares da Costa afirmou que o filme é “debochado e desrespeitoso ao extremo” com a fé cristã. O Prelado lamenta que, “em pleno tempo de preparação para o Natal do Senhor, a Netflix deu um bofetão no rosto de todos os cristãos; cuspiu na nossa cara, zombando da nossa fé”. Afirmou que o “ideal” é promover uma “ação judicial”. “O Deus dessa turma é o dinheiro.”

O Bispo pergunta: “para onde vai uma sociedade que desrespeita a religião e a sensibilidade das pessoas?” Como construiremos um espaço de tolerância e respeito deste modo? É positivo zombar dos valores religiosos caros à grande maioria de uma sociedade, divertir-se fazendo chacota com realidades que são sagradas para muitos? Foi uma “falta de respeito pela religião dos demais”.

Segundo o Bispo de Palmares, “não devemos permitir que se desrespeite os valores e legítimos sentimentos religiosos ou morais das pessoas, sejam a que religião pertençam... Vivemos num mundo de intolerância; somente o respeito gera compreensão e tolerância”

https://www.acidigital.com/noticias/bispo-brasileiro-netflix-da-bof...

A ética da Tolerância é questão de inteligência espiritual, de educação, conscientização e não pode ser regida por um modelo autoritário de fidelidade ideológica.  Importante enfatizar que não pode ser instituída por decreto. Por outro lado, não existem direitos fundamentais absolutos, nele encontramos a liberdade de expressão, com semeadura aparentemente livre.

https://blogdobrunotavares.wordpress.com/2017/01/11/diferentes-mas-...

Luiz Carlos Formiga.

 Professor Aposentado

 

Comentário de Casa de Jaco - Lar do idoso em 12 dezembro 2019 às 16:17

Até Muçulmanos repudiam o ‘especial de Natal’ do Porta dos Fundos e anunciam processo
12/12/2019 às 06:45


A Associação Nacional dos Juristas Islâmicos (Anaji), divulgou nota repudiando o filme “especial de natal” lançado pelo canal do Youtube Porta dos Fundos.

Na nota, a Anaji afirma que “não se permite que uma pessoa intolerante possa agredir qualquer outra, motivada apenas pela sua ignorância e falta de compreensão básica de respeitar a religião alheia, ultrapassando assim os limites da lei”, e que entrará com processo judicial contra o canal, em nome da liberdade religiosa.


A Anaji demonstrou total apoio aos cristãos, e ainda pediu para que as pessoas “denunciem os vídeos, independente da religião, pois a liberdade deve ser para todos sem exceção, pois amanhã os injustiçados seremos nós”.

O abaixo assinado que pede o “impedimento do filme de Natal da Netflix e Porta dos Fundos por ofender gravemente os cristãos” passou de 700 mil assinaturas, ultrapassando a meta inicial de 500 mil. A lista foi criada por cristãos que se ofenderam com o filme.

O filme distorce a imagem do cristianismo, mostrando supostamente ‘Jesus’ como homossexual, tendo uma relação com ‘Satanás’. E mostra Deus, Maria e José em um triângulo amoroso.

Agora a meta dos organizadores é chegar a 1 milhão de assinaturas.

Comentário de Alexandre Nunes em 12 dezembro 2019 às 10:52

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

COLABORE COM A RAE

PRÓXIMOS EVENTOS AO VIVO

Artigos Espíritas

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ? - Nelson Xavier

HÁ AMOR NO QUE VOCÊ FAZ?

“Quanto mais eu escrevo, mais as palavras aparecem. Quanto mais eu vivo, mais a vida me esquece.

Quanto mais eu choro, mais as lágrimas descem. Quanto mais eu amo,…

Reflexões sobre as Leis Naturais.

Reflexões sobre as Leis Naturais.

 

Quando se inicia o estudo da Lei Divina ou Natural, que consta em O Livro dos Espíritos, percebe-se que Kardec, na elaboração das perguntas aos Espíritos, objetiva eliminar as contradições…

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro... (Artigo de Jane Maiolo)

E quando o desequilíbrio da saúde mental destrói o futuro...

 por Jane Maiolo

Por que estamos nós…

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

Por que nos sentimos mal em determinados ambientes?

 

Wellington Balbo – Salvador BA

 

Você já esteve em ambientes em que se sentiu mal, constrangido, pouco à…

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Por que estudar O livro dos médiuns?

Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do…

Últimas atividades

Ori Pombal Franco curtiram o evento Votação para escolha do Projeto Médicos do Bem no Prêmio Euro de Marcílio Dias Henriques
ontem
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
ontem
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Não temos para onde fugir de Nilton Cardoso Moreira
ontem
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Os “bons” são tímidos (LE q. 932) até na Universidade de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"DEPOIS DA MORTE Em 1965, Yvonne Pereira diz que “o Evangelho é imortal, uma vez que sempre existirão cérebros e corações necessitados de renovação." Ela fala também sobre “uma…"
quarta-feira
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
segunda-feira
Mauro Araújo Matoso de Lima curtiu a postagem no blog Angústias De Um Dirigente Espírita de PATRIZIA GARDONA
segunda-feira
Helena Padilha de Meneses curtiram o perfil de Helena Padilha de Meneses
segunda-feira
Ícone do perfilNilton Cardoso deu um presente para José Ricardo Fernandes
4 Jul
Nilton Cardoso e José Ricardo Fernandes agora são amigos
4 Jul
LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA comentou a postagem no blog Hanseníase. Você o conhece? de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
"  N.F.P, 23, noiva, não consegue sentir mais os pés, (...) e sua sensibilidade totalmente debilitada. Ela tem hanseníase, doença mais conhecida como lepra. Sua primeira atitude foi querer se suicidar, mas agora,…"
4 Jul
José Ricardo Fernandes curtiu a postagem no blog Amor antigo - Alma afim. de Nilton Cardoso
3 Jul
José Ricardo Fernandes curtiram o perfil de Nilton Cardoso
3 Jul

Regras de uso e de publicação

 

 

© 2020   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço