Um “médium curador” [não espírita] e o rebuliço na mídia global (Jorge Hessen)

 

 

Jorge Hessen

jorgehessen@gmail.com

 

A TV Globo entrevistou mulheres que acusaram o “médium” [não espírita] João de Deus sobre as violações sexuais que teriam sofridos quando elas buscaram o tratamento espiritual na “Casa Dom Inácio de Loyola”, localizada em Abadiânia, Goiás. As acusações são de três brasileiras que pediram para não serem identificadas e da coreógrafa holandesa Zahira Lieneke Mous, a única que aceitou mostrar o rosto na televisão.

Será que estamos diante de crimes análogos ao cometido pelo médico “Roger Abdelmassih” ? Hum! Será ?

Em nota enviada à TV Globo a assessoria de imprensa do “médium” [não espírita] afirmou que as acusações são "falsas e fantasiosas" e questiona o motivo pelo qual as vítimas não procuraram as autoridades. Ainda afirma que a situação é lamentável, uma vez que o Médium [não espírita] João é uma pessoa de “índole ilibada"(sic).

Após a difusão da sinistra notícia (de repercussão nacional), a Federação Espírita Brasileira emitiu uma pequena nota sobre atuação de médiuns curadores, declarando que o Espiritismo orienta que o serviço espiritual não deve ocorrer isoladamente, em face disso, não recomenda a atividade de médiuns que atuem em trabalho individual, por conta própria. Esclarece ainda que tais médiuns “curadores” [dentre eles o (não espírita) “João de Deus”] não estão vinculados ao Movimento Espírita, nem seguindo sua recomendação. (1) “Oh, meno male!”

Há 5 anos, após leitura de reportagem da Revista VEJA, resolvemos refletir e contextualizar alguns trechos da matéria publicada. O título da reportagem era exatamente: “A face humana do mais endeusado médium brasileiro” (2), a Revista VEJA destacou a capacidade do médium [não espírita] João de Deus de atrair gente do mundo inteiro para um município próximo do Distrito Federal. Afirma a reportagem que o “santificado médium” vive o cotidiano sob o manto da contradição entre o “espírito e a carne”, a “cura e a doença”, o “desprendimento e a vaidade”, os gestos de “generosidade, os arroubos de cólera” e os negócios terrenos (3) [é milionário], os amores [tem onze filhos com dez mulheres diferentes]. (grifei) A cada dois anos o “curandeiro-endeusado do cerrado” troca a frota de carros da família. O dele era um Mohave Kia, avaliado em 2013 em 170 000 reais” [cento e setenta mil reais]. (4)

Sabemos que a mediunidade não guarda relação com a retidão moral do medium; seu funcionamento independe das qualidades de honradez. O fato é que os médiuns de tais “cirurgiões do além” sempre seduzem grande número de fregueses, estabelecendo, não raro, com a mediunidade, um negócio rendoso, uma polpuda fonte de captação de dólares e reais.

Em 2013 a instituição dirigida por tal “deus da mediunidade de cura” “ teve um faturamento de aproximadamente 7,2 milhões de reais (isso mesmo! sete milhões e duzentos mil reais), levando-se em conta somente a venda de passiflora, preparado à base de maracujá, produzido ali mesmo, comercializado à época a bagatela de 50 reais o frasco e receitado a uma média de 3.000 visitantes semanais.”. (5)

É lamentável que os médiuns invoquem "Espíritos" para que lhes sirvam  como “cirurgiões do além” a fim de retalhar e perfurar corpos físicos em nome de “operações espirituais”, que lhes prescrevam placebos.

É constrangedor essa tendência de subestimar a contribuição da medicina humana, entregando nossas enfermidades aos Espíritos “curandeiros do além” (preferencialmente com nome de santos, ou com sotaque germânic ou hindu) para que "curem" doenças. Lembremos que precisamos "aproveitar a moléstia como período de lições, sobretudo como tempo de aplicação de valores alusivos à convicção religiosa. A enfermidade pode ser considerada por termômetro da fé”. (6)

Não desconhecemos a possível intervenção dos desencarnados nos processos terapêuticos na Terra, mas não se pode dar prioridade a esse tipo de trabalho, na suposição de curas ou na falsa ideia de fortalecimento do Espiritismo por esses meios. Lembramos que certa vez o Espírito do “Dr. Fritz” quis operar Chico Xavier, em 1965, através do médium [não espírita] Zé Arigó: - "Eu te ponho bom desse olho. Faço-te a cirurgia agora! Pronunciou Arigó, e Chico Xavier respondeu-lhe: - "Não, isso é um reflexo do passado. Eu sei que o senhor pode consertar o meu olho. Mas como o compromisso do passado continuará, vai aparecer-me outra doença. Como eu já estou acostumado com essa, eu a prefiro. Por que eu iria querer uma doença nova?.

Os Espíritos não estão à disposição para promover curas de doenças que não raro representam providências corretivas para nosso crescimento espiritual no buril de reparação moral. Por tudo isso, é urgente não abrirmos mão da precaução! Ainda mesmo que o excesso em tudo seja ruinoso. Contudo, Kardec endossa nossa atitude dizendo que “vale mais pecar por excesso de prudência do que por excesso de confiança". (7)

 

Referências bibliográficas:

[1]           Disponível em http://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/feb-esclarece-sobre-at...    acesso 08/12/2018

[2]          Disponível em http://vejabrasil.abril.com.br/brasilia/materia/joao-do-ceu-e-da-te... acesso em 14/09/2013

[3]          Suas economias vêm do garimpo. Ele é dono de fazendas na região, é proprietário de apartamentos em Brasília, Goiânia, Anápolis e Abadiânia, segundo a Revista Veja

[4]          Disponível em http://vejabrasil.abril.com.br/brasilia/materia/joao-do-ceu-e-da-te... acesso em 14/09/2013

[5]          Idem

[6]          VIEIRA, Waldo. Conduta Espírita, Ditado pelo Espírito André Luiz, Cap.35. RJ: Editora FEB, 1977-5ª edição

[7]          KARDEC, Allan. Viagem Espírita-1862, Brasília, Ed. Edicel, 2002, pág. 33

 

Exibições: 5476

Comentar

Você precisa ser um membro de RAE para adicionar comentários!

Entrar em RAE

Comentário de André Goes em 14 janeiro 2019 às 14:33

Inacreditável ver o título do texto tratando joão de deus como não espírita.
Ele é espírita sim!!

Todos que acreditam na comunicação com espíritos são espíritas.
Não importa se são umbandista, kardecista e outros ...distas existentes. 

Comentário de DAVIDR REIMER em 13 janeiro 2019 às 6:36

João de Deus - Forum Espirita

  • João de Deus by dOM JORGE em 12 Jan, 2019 11:16
  •                                                               VIVA JESUS!




                 Bom-dia! queridos irmãos.





                         
     
    João de Deus



    Não estamos aqui para julgar João de Deus. Compete à Justiça Divina e dos homens fazê-lo.

    Infelizmente, as acusações e os relatos detalhados e muito similares levam a crer que os fatos realmente aconteciam com frequência.

    Amigos de outras religiões, alguns por educação e respeito, silenciam. Outros aproveitam a ocasião para, com aquele sorrisinho de mofa, tentar nos provocar a nós espíritas, como que dizendo:

    - Viu? Eu não acredito em Espíritos e nem na sua ação boa ou má, e está provado que essas curas são sempre produto de charlatanice e de manipulação da fragilidade das pessoas.

    Sim, cada um tem o direito de acreditar no que quer, mas não tem o direito de generalizar, ou seja, porque um prevaricou e procedeu de forma não condizente com a moral e ética, não significa, de forma alguma, que todos sejam iguais.

    Ataca-se agora o Espiritismo com uma ferocidade, em forma até de vingança pela sua expansão, aproveitando-se de fatos que, se comprovados, são terríveis, criminosos e quem os praticou deverá ser sujeito à penalidade máxima.

    Tudo o que envolve pessoas vulneráveis, crianças, idosos, pacientes com doenças terminais, em que o seu emocional se encontra abalado e que procuram uma ajuda no sentido de prolongar a vida, quando até mesmo já desenganados pela medicina tradicional e, aproveitando-se destas circunstâncias, alguém usa seu ascendente para fins libidinosos e satisfação de seu prazer sexual doentio, ou financeiro, há, sem dúvida, um crime a ser duramente penalizado pelas leis dos homens, porque pela Lei de Deus o castigo já está sendo grande e irreparável.

    Há indícios e processos anteriores que já caracterizam este tipo de procedimento há anos e que me pergunto como foram “abafados”? E aí vem o vil metal responder em parte a esta questão. A cidade vive em função do João de Deus e da peregrinação de milhares de pessoas procurando ajuda e que deixam diariamente um pagamento sob outras formas (compra do líquido inócuo e a preço exorbitante – casca de maracujá - para curas inexistentes; a recomendação do próprio Médium de que o paciente deverá voltar uma, duas, três vezes ou mais – não deixa de ser um “comércio”, alojamentos, transportes, agentes de viagens, compra de recordações simbólicas, ônibus para trazer e levar os peregrinos, enfim um “entourage” onde o dinheiro flui facilmente).

    O poder de persuasão de João de Deus é grande – o mesmo poder e influência existiam em Grigori Rasputin, que exerceu o mesmo tipo de fascínio começando pela família do Czar Nicolau II. Com João de Deus a pessoa já o procura acreditando em possível cura. Muitos já vêm desenganados pelos seus oncologistas ou médicos tradicionais. Ao adentrar quem procura ajuda sente uma paz inefável. É um lugar místico. É João de Deus? Não o creio. São centenas de trabalhadores que acreditam na sua missão de ajuda ao próximo, que dedicam suas horas de descanso em oração, em prece. E sempre que existe a prece verdadeira e autêntica no coração dos homens, a vibração muda, a energia que flui nesse local é diferenciada, porque sempre que existe o BEM o ser humano se sente melhor. Por isso, muitas pessoas acreditam e voltam.

    O que nos choca é que, apesar de processos correndo em segredo de justiça, com alguns anos já, como que “engavetados”, não tiveram andamento e parece que as autoridades, em vez de cumprir o seu papel de defensores da Lei, se omitiram. Isto também deve ser averiguado exaustivamente, porque quem compactua com determinadas situações é conivente e merece a penalidade apropriada também.

    Entendo que mulheres, seres que são sempre desacreditadas pelos fortes sistemas machistas, não foram ouvidas quando procuraram ajuda, algumas até passaram por mentirosas perante a própria família e foram desmoralizadas, vivendo anos, imagino, em uma tormenta emocional terrível e se sentindo desvalorizadas e traumatizadas, estigmatizadas, para o resto de suas vidas. Para essas minhas irmãs, vai meu forte e fraternal abraço de solidariedade e de uma compreensão grande pelo que a vida faz conosco, mulher que sou também.

    Mas sempre chega a hora certa e esperada. A uma ação sempre corresponde uma reação que às vezes tarda, mas sempre chega.

    Penso também que até agora, no auge do trabalho de João de Deus, apareceram inúmeras reportagens nacionais e internacionais em que o Médium se apresenta como Médium Espírita. Agora, de repente, deixou de ser considerado espírita pela Federação Espírita Brasileira. Parece-me, com todo o respeito, que a FEB precisa e deve valer-se de uma fiscalização, de um controle - ou como queiram mais adequadamente chamar, mais atuante nestes casos - em defesa do verdadeiro e autêntico Espiritismo com base nos ensinamentos de Allan Kardec. Há Centros que desvirtuam a Doutrina Espírita, um verdadeiro balaio de gatos e, no entanto, ostentam a designação Centro Espírita e isto ocorre por anos e anos, sem que haja qualquer inibição ou advertência.

    Ocorrendo isto, estamos contribuindo para o enfraquecimento da verdadeira Doutrina Espírita e para o descrédito.

    Onde existe o HOMEM existem fatos similares aos que agora vêm ao conhecimento do público. Veja-se na internet a quantidade de casos que infelizmente envolvem padres, pastores, e homens em geral sem qualquer ligação religiosa, em todas as raças, novos ou já velhos, ricos ou pobres, em todas as profissões, com notoriedade pública ou no dia a dia, para sempre “abafados”, na maior parte das vezes até pela própria família.

    Então, está na hora de, em vez de tentarmos achincalhar uns aos outros em nome de uma religião – que nada vale se o coração não estiver 100% devotado ao bem -, nos darmos as mãos no combate a esse tipo de coisa. Se nós Espíritas sentimos vergonha neste momento, sim, acredito que a maioria sente vergonha e profunda tristeza, sim! Não porque somos Espíritas, mas porque dentro de nós há uma repulsa feroz quando estas coisas acontecem seja por membros de nossos Centros, seja por membros de outras religiões, que nos merecem o nosso mais profundo respeito.

    Então, irmãos de Doutrina, aguardemos com calma o desfecho destes tristes episódios que, se devidamente comprovados, merecem a penalidade máxima de nossas leis. Que isto sirva de alerta para que, ao vermos qualquer coisa de errado, tenhamos a coragem para falar e corrigir o que deve ser corrigido, sem medos de sistemas, sem medo de dirigentes que se importam, às vezes, mais com seus egos inflados e sua pretensa autoridade.

    E continuemos Espíritas, fazendo o bem, jamais cobrando o que quer que seja pelo nosso trabalho, mas sendo prudentes também porque, infelizmente, até nisso precisamos ter cuidado quando hoje praticamos a Caridade.

    Que a Paz e o amor ao próximo se instale em nossos corações.

    E, vamos em frente, na nossa Fé, sempre vigiando nossa própria conduta e lembremos que “por morrer uma andorinha, não acaba
Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 13 dezembro 2018 às 8:10

O espírita “verdadeiro” não está isento de falhas, mas, pelo menos, está mais perto da verdade.

Só nos resta aprender.  Médium “Cuidado Perigo!”

Médium que diz já saber tudo, não estuda e nem se esforça por dominar suas inclinações menos éticas pode acabar virando notícia triste de jornal!

http://www.espiritualidades.com.br/Artigos/F_autores_FORMIGA_Luiz_textos/FORMIGA_Luiz_tit_Medium_cuidado.htm

“O primeiro indício da falta de bom-senso está em crer alguém infalível o seu juízo.” Allan Kardec.  Reynaldo Leite, foi vítima? Foi mediunidade ou psicopatia?

https://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2017/05/mediunidade-ou-sur...

Esta lição sabemos de cor, só nos resta aprender.

http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2018/12/lenha-na-retorica.html

 

Comentário de Márcio em 12 dezembro 2018 às 23:50
Muita ênfase para o “não espírita”. Como se o fato de ser espírita livrasse-nos de toda possibilidade de errarmos.
Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 12 dezembro 2018 às 22:07

Prisão preventiva. Informando sem julgar.

Quando é conveniente desvendar o mal e divulgar a imperfeição do próximo?

A prisão preventiva é medida útil para o bom andamento da instrução criminal e deve ser proporcional à complexidade da instrução criminal, sem ultrapassar as fronteiras a partir das quais fica configurada a antecipação de pena.

Pessoas são aprisionadas para diminuir as facilidades que possuem para interferir no “processo”. Alguns mesmo presos são muito engenhosos e recebem ajuda dos que estão do lado de fora, geralmente bem remunerados. Imaginem numa complexa “Operação”.  Essas pessoas em liberdade poderiam sumir com provas, fugir para o exterior, interferir politicamente no processo e protelar depoimentos e testemunhos.

Quando é conveniente desvendar o mal e divulgar a imperfeição do próximo?

O Evangelho Segundo o Espiritismo (ESE), cap. X, item 21, diz que “se as imperfeições de uma pessoa só a ela prejudicam, nenhuma utilidade haverá em divulgá-la. Se, porém, podem acarretar prejuízo a terceiros, deve-se atender de preferência ao interesse do maior número. Segundo as circunstâncias, desmascarar a hipocrisia e a mentira pode constituir um dever.”

 

Comentário de Carlus Martel em 12 dezembro 2018 às 21:35

Ministério público pede a prisão preventiva do médium;

https://br.yahoo.com/noticias/ministerio-publico-pede-prisao-preven... 

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 12 dezembro 2018 às 20:36

O Espiritismo não veio para curar corpos.

Um paciente, após ser submetido a uma cirurgia espiritual, com espírito materializado, não apresentou mudança de comportamento, diante da cirurgia cardíaca inusitada.

De nada adiantou ser curado!

http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2014/10/cirurgias-materiali...

 

Comentário de Casa de Jaco - Lar do idoso em 12 dezembro 2018 às 9:39

Recebemos de um amigo o seguinte recado:  como o tema está em efervescência no Brasil , a respeito dos “trabalhos mediúnicos” com presença de “espíritos” cirurgiões e curandeiros que infelizmente ainda permanecem nalgumas casas “espíritas”, informo (para quem não sabe) que a nossa primeira providência doutrinária ao assumir a direção da instituição  foi encerrar os atendimentos ao público com trabalho de “cura” através de “médicos incorporados”. Atualmente o tratamento físico espiritual oferecido pela "casa" para o público é realizado de forma coletiva, sem psicofonias, sem protagonismos e endeusamentos de “médiuns” supostamente curadores.
TODOS (isso mesmo!!!!) TODOS! somos médiuns respeitáveis e importantes quando nos dispomos trabalhar COLETIVAMENTE no bem.
Sigamos Kardec e Jesus e continuemos em paz e felizes.

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 12 dezembro 2018 às 7:32

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/12/12/f...

A Lei pode ser considerada cruel, desumana ou degradante, como alguns se referem a do projeto de lei  em tramitação no Senado (552/2007). Nele se prevê acréscimo ao Código Penal, art. 216-B, redação: “Nas hipóteses em que o autor dos crimes tipificados nos arts. 213, 214, 218 e 224 for considerado pedófilo, conforme o Código Internacional de Doenças, fica cominada a pena de castração química.” https://visaoespiritabr.com.br/moral-crista/sexo-e-pedofilia

 

Comentário de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA em 11 dezembro 2018 às 13:24

Bezerra de Menezes diz:

“As responsabilidades no plano terrestre nos convocam ao trabalho árduo, no que se refere à implantação das ideias libertadoras da Doutrina Espírita.”

“Não podemos nos isolar em qualquer ponto de vista, sejam eles quais forem. Nem segregação na cultura acadêmica, nem reclusão nas afirmativas do sentimento.”

“Deveremos estudar todos os temas da humanidade e ajustar-nos ao progresso irreversível.”

“A civilização, para sobreviver, terá que alçar o coração ao nível do cérebro. A afetividade não pode ser sufocada pelas aventuras da inteligência.”

“Jesus na Revelação e Kardec no esclarecimento resumem para nós códigos numerosos de orientação e conduta”.

Mensagem completa em http://www.oespiritismo.com.br/mensagens/ver.php?id1=445

 

APLICATIVO RAETV

Nosso aplicativo para download gratuito no Google Play

ASSOCIE-SE E COLABORE

Artigos Espíritas

Chico Xavier - O servidor

Compartilhamos com os amigos da RAE este belo artigo.

Sds



Atribuem a Mark Twain a citação da seguinte frase: “Não gosto de elogios.
Nunca acho que falaram o…

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

O custo do abandono emocional 

 

  

 

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”.…

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

 

 

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim;…

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

Pedagogia do silêncio ou talking cure? 

 

 

 

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre…

Vaidade ou inveja? (Por Vladimir Alexei)

Vaidade ou inveja?

Vladimir Alexei

Belo Horizonte das Minas Gerais,

15 de fevereiro de…

Últimas atividades

Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Muito simples. Deus não fez bons ou maus. Ele nos fez filhos à sua imagem e semelhança.  Ser bom ou mal, calmo, paciente, pacifico, bom-caráter, honestos ou nervosos impacientes, violentos, mau-caráter,…"
8 minutos atrás
luis conforti junior respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Logo, é exatamente Deus que nos faz todos desiguais; está aí a explicação para o porq uns são calmos, pacientes, pacíficos, bom-caráter, honestos, e outros são nervosos, impacientes,…"
3 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Absolutamente TODAS as criaturas de Deus sofrem, sem qq exceção, e muitas durante a vida inteira. Ninguém conseguirá apontar nem uma só, uma única, q não sofra; e pior, para ninguém o…"
4 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Pois é, como entender isso, pois vc diz, e repete dezenas de vezes, q "o problema é do ego", e é Deus o criador dos egos de cada um dos seres vivos animais?!"
4 horas atrás
luis conforti junior respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Mas é Deus o criador do ego! É ele q concede um ego a cada ser vivo humano e não-humano!"
4 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog Um Leão por Dia de PATRIZIA GARDONA
7 horas atrás
Ori Pombal Franco curtiu a postagem no blog CONTINGENCIAMENTOS, FINS E MEIOS. de LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA
8 horas atrás
Posts no blog por LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA

CONTINGENCIAMENTOS, FINS E MEIOS.

Ao Materialismo, o Espiritismo prova a existência da alma. Destruindo-o, elimina a maior chaga social. Podemos contribuir para o progresso. (1, 2)Na Tchecoslováquia os regimes políticos materialistas acabaram com o Espiritismo, o que sobreviveu ao Nazismo foi destruído pelo Comunismo.Na resistência, Vlado nunca abandonou o ideal, mas os comunistas enlouqueceram sua esposa…Ver mais...
10 horas atrás
Amauri A. L. Silva curtiu a postagem no blog Um Leão por Dia de PATRIZIA GARDONA
11 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog O PERISPÍRITO, SUBSISTE ALÉM DO TÚMULO ( Emmanuel ) de Jocélia Quintiliano Maurício
19 horas atrás
Diovani Souza curtiu a postagem no blog BÊNÇÃOS E MALDIÇÕES - POR RICHARD SIMONETTI de ANA MARIA TEODORO MASSUCI
19 horas atrás
Ícone do perfilSAMANTA VIANA GARCIA, Thiago Barbosa, carla vinagre e mais 2 pessoas entraram em RAE
20 horas atrás
Posts no blog por PATRIZIA GARDONA

Um Leão por Dia

Conta-se que um experiente caçador se encontrava em caça, quando uma situação inusitada se deu.Seguindo a pista de um leão, apartou-se do seu grupo de caçadores e embrenhando-se na vegetação acabou por alcançar uma pequena clareira na qual, coincidentemente, o leão também adentrou, porém, em posição diametralmente oposta à sua.Sozinho…Ver mais...
23 horas atrás
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão Cientistas comprovam reencarnação (?) de carlos alberto freire de souza
"Dizer que o problema é o ego não é dizer que o problema é Deus. O ego é responsável por suas decisões egoístas."
ontem
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Não. O problema é do ego."
ontem
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Errado. Não é "absolutamente todas as criaturas sofrem", mas sim, relativamente as criaturas sofrem."
ontem
Marco Túlio Ferreira Silva respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Sim. Isso mesmo."
ontem
luis conforti junior respondeu à discussão DEVE-SE PUBLICAR TUDO? E DIVULGAR TUDO QUE SE PUBLICA? de Amigo Espírita
"Se no princípio, éramos absolutamente iguais, porq nos tornamos tão imensamente desiguais? O q é q, no princípio, surge e destrói aquela perfeita igualdade original? Pois, se é a diferente identidade…"
ontem
luis conforti junior respondeu à discussão SUGADORES DE ENERGIA de Amigo Espírita
"Mas, se Deus é justo e bom, porq é q absolutamente todas as suas criaturas sofrem?"
ontem
luis conforti junior respondeu à discussão "QUANDO NÃO APRENDE ATRAVÉS DO AMOR, APRENDE-SE ATRAVÉS DA DOR" de rosyres mendes
"Como dizer q o problema está no ego, se o ego é atributo da criação de Deus? Sendo assim, o problema é de Deus???"
ontem

Regras de uso e de publicação

 

 

Badge

Carregando...

© 2019   Criado por Amigo Espírita.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço